Atividade Inovativa nas Empresas Paulistas: um estudo a partir da PAEP – 2001

Sérgio Kannebley Junior, Beatriz Selan

Resumo


Este trabalho se propõe a estudar a relação existente entre os insumos da atividade inovativa e os resultados obtidos pelas empresas em tal atividade. O objeto de estudo é o conjunto das empresas industriais paulistas inovadoras em produto, segundo informações da Pesquisa de Atividade Econômica Paulista no período de 1999 a 2001 (PAEP-2001). Para a distinção entre empresas que inovam apenas para a própria empresa e aquelas que inovam para o mercado, foram utilizadas variáveis como produtividade do trabalho, origem estrangeira do capital e efeitos setoriais. Observou-se que, além das características específicas das empresas, a interação entre fontes de informação e resultados é o principal indicador das estratégias tecnológicas e competitivas das empresas, sendo o esforço inovador não apenas dependente da estratégia adotada, mas também dos condicionantes competitivos das empresas.

Palavras-chave


Inovação Tecnológica; Árvores de Classificação; Regressão

Texto completo:

PDF


##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Este obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 3.0 Brasil

UNICAMP 

ISSN Eletrônico: 2178-2822
ISSN Impresso: 1677-2504
Revista Brasileira de Inovação - Departamento de Política Científica e Tecnológica/Instituto de Geociências - UNICAMP
Caixa Postal 6152 - CEP 13083-870 - Campinas - SP - Brasil - rbi@ige.unicamp.br - Tel (19) 3521-5167 / Fax (19) 3521-4555