Núcleos de Inovação Tecnológica: Barreiras no Processo de Transferência de Tecnologia

  • Paulo Aparecido Tomaz
  • Bruno Brandão Fischer
Palavras-chave: Interação Universidade-Empresa; Inovação; Sistema de Inovação, University-Industry Interaction; Innovation; Innovation System.

Resumo

O objetivo desta pesquisa foi identificar e analisar as principais barreiras encontradas pelos Núcleos de Inovação Tecnológica – NITs das Instituições de Ensino e Pesquisa brasileiras no processo de transferência de tecnologia. Para se alcançar este objetivo, foi realizada uma análise bibliográfica sistemática, utilizando a base de dados Scielo e o portal de periódicos da CAPES. Feito o levantamento bibliográfico, foram apresentados os resultados  e  discussão  dos   achados,  os  quais  levaram  em consideração fatores internos, relacionados à oferta, e externos, relacionados à demanda.  Além disso, procurou-se analisar se há variáveis que estabelecem relação com os arranjos contratuais de transferência de tecnologia ou com as redes sociais e contatos informais. Os resultados mostraram que questões burocráticas, de pessoal e financeiras aparecem como os principais entraves na relação universidade-empresa. Outras questões como distanciamento da universidade com o setor produtivo, pouca autonomia dos NITs e falta de cultura inovativa também foram apontadas como barreiras relevantes.

 

ABSTRACT – This article aims at identifying and analyzing the main barriers faced by Technology Transfer Offices (TTOs) linked to Brazilian universities in the process of technology transfer. The methodological approach consisted in a systematic literature review using the Scielo database and the CAPES journal portal. After the bibliographic survey, results were presented and the discussion of the findings was performed, which took into consideration internal factors, related to supply, and external factors, related to demand. In addition, we sought to analyze whether there are variables that are related to contractual technology transfer arrangements or to social networks and informal contacts. Main findings highlight that bureaucratic, personnel and financial issues appear as the main obstacles in the university-business relationship. Other issues such as institutional voids between universities and industry, lack of autonomy of TTOs and lack of an innovative culture were also identified as significant barriers.

Publicado
2020-08-18
Seção
ST-01 Sistemas territoriais de inovação, inclusão e sustentabilidade