Inovação inclusiva na Universidade Federal de Pernambuco: um mapeamento a partir de iniciativas extensionistas

  • Carolina Valente Santos
  • Ana Cristina Fernandes
Palavras-chave: inovação inclusiva; universidade; extensão., inclusive innovation; universities; extension.

Resumo

À natureza das universidades públicas brasileiras, é assegurada a responsabilidade de envolvimento com demandas e questões do âmbito social, princípio que atribui às ações de inovação inclusiva grande potencial estratégico nas instituições universitárias. Dessa maneira, e a partir da compreensão do contexto em que a inovação inclusiva se encontra no Nordeste brasileiro e no estado de Pernambuco, foi realizado levantamento de dados sobre ações de inovação inclusiva na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), para se compreender quão maduro este conceito se encontra na comunidade universitária. Para tanto, além da busca por referenciais teóricos e conceituais nas temáticas de inovação, inovação inclusiva, tecnologias sociais e extensão, foram utilizados dados da Pró Reitoria de Extensão, uma vez que a extensão possui uma natureza alinhada à das ações de inovação inclusiva, e foram, também, levantados dados no âmbito da pesquisa na temática de inovação inclusiva, em buscas no Banco de Teses e dissertações da UFPE. Os resultados obtidos sustentam a hipótese de que a universidade ainda não possui mapeamentos e compreensão detalhada acerca de suas ações com direcionamento para demandas sociais (institucionalizadas no âmbito da extensão), o que restringe o potencial de planejamento e organização de ações para tal objetivo; do mesmo modo, ainda não possui compreensão e atuação estrategicamente alinhada ao conceito de inovação inclusiva.

 

ABSTRACT – Considering the dynamics of Brazilian public universities, there should be assured the responsibility for institutional involvement with social demands, which is a principle that gives to the inclusive innovation concept an important role in university institutions. Thus, and once it is better comprehended the context in which inclusive innovation finds itself in the Northeast of Brazil and in the Pernambuco state, for the current research there was held data collection on inclusive innovation actions at the Federal University of Pernambuco (UFPE) in order to understand how mature this concept currently finds itself in this environment. Therefore, in addition to the search for theoretical and conceptual frameworks on innovation, inclusive innovation, social technologies and extension, there was also held data collection from the extension activities in the university, once those can be considered institutional actions related to social demands (which has similarities with the inclusive innovation concept). There was also held a search in the UFPE Database for Thesis and Dissertations. The obtained results support the hypothesis that UFPE still does not support detailed understanding towards its actions directed to social demands (which are institutionalized in the scope of extension), which restricts the potential of institutional planning and organization of actions for this purpose. Likewise, it still lacks understanding and action strategically aligned with the concept of inclusive innovation.

Publicado
2020-08-18
Seção
ST-03 Universidades e parques tecnológicos como estratégias de desenvolvimento