Evolução morfológica no corredor fluvial do Rio Paraguai entre a Baía da Palha e o Sadao em Cáceres-MT

Autores

  • José Lourenço Alves da Silva Universidade do Estado de Mato Grosso
  • Célia Alves de Souza Universidade do Estado de Mato Grosso

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.1788

Palavras-chave:

Canais Fluviais. Sedimentação. Migração de Canais

Resumo

 O estudo teve por objetivo avaliar a evolução de feições morfológicas ocorridas no corredor fluvial do rio Paraguai entre a Baía da Palha e a baía do Sadao no período de1975 a 2016. Foram realizados trabalhos de caráter bibliográfico, foi confeccionado um mapa de evolução da planície através da ferramenta ArcGis 10.2.1, foram escolhidas dois períodos distintos, 1975 e 2016.  As feições que corresponderam ao ano de 1975, foram vetorizadas a partir da carta topográfica do Exército brasileiro, e as feições que se referem se ao ano de 2016 foram vetorizadas a partir da imagem de Satélite Landsat 8 OLI. A análise espaço-temporal demonstrou que o trecho estudado sofreu mudanças em suas características morfológicas ao longo desses 41 anos: 03 lagoas e 01 baía evoluíram para canais secundários, surgiram 03 novas lagoas, 01 nova baía e 06 barras de sedimentos.

Biografia do Autor

José Lourenço Alves da Silva, Universidade do Estado de Mato Grosso

Mestrando em Geografia pela Universidade do Estado de Mato Grosso PPGGEO -UNEMAT-jose.geo.alves@hotmail.com

Célia Alves de Souza, Universidade do Estado de Mato Grosso

Professora  Doutora do Programa de Mestrado em Geografia pela Universidade do Estado de Mato Grosso PPGGEO-UNEMAT

Referências

Allen, J. R. L. Studies in fluviatile sedimentation: six cyclotems from the Lawer Old Red Sandstone, Anglo-Wesh Basin. Sedimentology, 3, p. 163-198. 1964.

BARROS, A. M.; SILVA, R. H.; CARDOSO, O. R. F. A.; FREIRE, F. A.; SOUZA JUNIOR, J. J.; RIVETTI, M.; LUZ, D. S.; PALMEIRA, R. C. B.; TASSINARI, C. C. G. Geologia. In: BRASIL. Ministério das Minas e Energia. Secretaria Geral. Projeto RADAMBRASIL. Folha SD. 21 – Cuiabá; Geologia, Geomorfologia, Pedologia, Vegetação e Uso potencial da terra. Rio de Janeiro, 1982. p. 25 –192.

BINDANDI, N. M. Evolução da navegação, morfologia e sedimentação no rio Paraguai no município de Cáceres, Mato Grosso, Brasil. 2014. 125 f.

Dissertação(Mestrado em Ciências Ambientais) - Instituto de Ciências Naturais e Tecnológicas,Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT, Cáceres - MT, 2014.

BÜHLER, B. F. Qualidade da água e aspectos sedimentares da bacia hidrográfica do rio Paraguai no trecho situado entre a baía do Iate e a região do Sadao, município de Cáceres (MT), sob os enfoques quantitativos e perceptivos. 2011. 140 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) - Instituto de Ciências Naturais e Tecnológicas, Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT, Cáceres - MT, 2011.

CHRISTOFOLETTI, A. Geomorfologia Fluvial. São Paulo: Editora. Edgard Blücher. 1981.

CLARKE, R. T; TUCCI, C. E. M; COLLIISHONN, W. Variabilidade Temporal no Regime Hidrológico da Bacia do Rio Paraguai. RBRH - Revista Brasileira de Recursos Hídricos Volume 8 n.1 Jan/Mar 2003, p. 201-211.

LEOPOLD, L.B.; WOLMAN, M.G.; River meanders. Bull. Geol. Soc. Am., 71: p. 769 -794, 1960.

OLIVEIRA, V. A.; AMARAL FILHO, Z. P.; VIEIRA, P. C. Pedologia: levantamento exploratório de solos. In: BRASIL. Ministério das Minas e Energia. Secretaria Geral. Projeto RADAMBRASIL. Folha SD. 21 – Cuiabá: Geologia, Geomorfologia, Pedologia, Vegetação e Uso potencial da terra. Rio de Janeiro, 1982. p. 257 - 400.

ROCHA, P. C. Geomorfologia e Áreas Inundáveis na Planície Fluvial do Alto rio Paraná. Rev. Geogr. Acadêmica v.5, n.1, 2011, p. 98-117.

SANTOS, M. L.; FERNANDEZ, O. V. Q.; STEVAUX, J. C.; Aspectos Morfogenéticos das Barras do Canal Rio Paraná, Trecho de Porto Rico, PR. Boletim de Geografia -UEM- Ano 10- número 01. Ano 1992, p. 11-24.

SILVA, A.; FILHO, S. E. E.; NEVES, S. A .M, S,; Erosão marginal e sedimentação no rio Paraguai no município de Cáceres (MT). Revista Brasileira de Geociências 41(1): p. 76-84, março de 2011.

SILVA, E. S. F. Dinâmica fluvial do rio Paraguai no segmento entre furado do Touro e passagem Velha, Cáceres- Mato Grosso, Brasil. 2012. 113 f.

Dissertação(Mestrado em Ciências Ambientais) - Instituto de Ciências Naturais e Tecnológicas, Universidade do Estado de Mato Grosso - UNEMAT, Cáceres - MT, 2012.

SILVA, E. S. F.; SOUZA, C. A.; LEANDRO, G. R. S.; ANDRADE, L. N.P.S.; GABIATI, C.; Evolução das feições morfológicas do rio Paraguai no Pantanal de Cáceres - Mato Grosso. Revista Brasileira de Geomorfologia, v.13, n.4, (Out-Dez) p.435-442, 2012.

SOUZA, C. A. Dinâmica do corredor fluvial do rio Paraguai entre a cidade de Cáceres e a Estação Ecológica da ilha de Taiamã-MT. 2004. 173 f.

Tese (Doutorado em Geografia) - Centro de Ciências Matemáticas e da Natureza, Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ, Rio de Janeiro, 2004.

SOUZA, C. A.; SOUZA, J. B.; CABRAL, I. L. L. PIERANGELI, M. A. P.; MIRANDOLA, P. H.; Ambiente do corredor fluvial do rio Paraguai entre a cidade de Cáceres e a Estação Ecológica da Ilha de Taimã. (Org.). In: SOUZA, C. A. Bacia Hidrografica do rio Paraguai – MT: Dinâmica das águas, uso e ocupação ambiental. São Carlos. Editora Cubo, 2012, p. 23-37.

SOUZA, C. A.; VENDRAMINI, W. J.; SOUZA, M. A.; Assoreamento Na Baía do Sadao no rio Paraguai Cáceres – Mato Grosso. Cadernos de Geociências, v. 9, n. 2, novembro 2012, 85-93.

SUGUIO, K.; BIGARELLA, J.J. Ambientes Fluviais. Florianópolis: Editora da UFSC e Editora da UFPR, 1990, p. 183.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Bacias Hidrográficas e Recursos Hídricos: Análise, Planejamento e Gestão