Análise geomorfológica e limnológica do Córrego do Cedro, Presidente Prudente, São Paulo, Brasil

Autores

  • Paulo Roberto Vagula Universidade Estadual Pulista
  • Bruna Dienifer Souza Sampaio Universidade Estadual Paulista

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.1822

Palavras-chave:

Limnologia. Geomorfologia Fluvial. Recurso Hídrico. Presidente Prudente. Córrego do Cedro

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar as características hidráulicas e limnológicas do Córrego do Cedro, afluente do Rio Santo Anastácio, no município de Presidente Prudente - SP. O trabalho busca relacionar as análises das variáveis com a bibliografia especializada. A metodologia baseou-se no aporte teórico, utilização do Oxímetro, pHmetro, Tubidímetro, Condutivímetro, régua e fita métrica para obtenção das variáveis físico-químicas: Temperatura, Turbidez, Condutividade, Ph, Oxigênio Dissolvido e das variáveis hidráulicas: Profundidade média, Largura total, área e vazão. Conclui-se que o córrego está diretamente sujeito às intervenções decorrentes das atividades na bacia. 

Biografia do Autor

Paulo Roberto Vagula, Universidade Estadual Pulista

Pós graduando em Geografia, Faculdade de Ciências e Tecnologia, UNESP

Bruna Dienifer Souza Sampaio, Universidade Estadual Paulista

Pós graduando em Geografia, Faculdade de Ciências e Tecnologia, UNESP

Referências

BRAGA, L. D. S. Análise da qualidade da água através da Metodologia BMWP aplicada a macroinvertebrados no córrego do Cedro. Monografia de Bacharelado em Engenharia Ambiental, Presidente Prudente, 2011. 58p.

CHRISTOFOLETTI, Antonio. Geomorfologia. Editora Edgard Blucher Ltda, São Paulo, 1974

_______________________. Geomorfologia Fluvial. Editora Edgard Blucher Ltda, São Paulo, 1981.

DIBIESO, E. P.. Planejamento ambiental e gestão dos recursos hídricos: estudo aplicado à bacia hidrográfica do manancial do alto curso do Rio Santo Anastácio/SP. Tese (Doutorado em Geografia), Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Programa de Pós-Graduação em Geografia, 2013. 283 f. Tese (doutorado).

GUIMARÃES, L. R. P. Dinâmica Sedimentológica e Processos de Assoreamento no Córrego do Cedro – Presidente Prudente/SP. Monografia de Bacharelado em Geografia, Presidente Prudente, 2009. 96p.

JUNK, W. J.; BAYLEY, P. B; SPARKS, R. E.. The flood pulse concept in river – foodplain systems. Canadian Fishery Aquatic Science. In: Dodge, D.P. (ed). Proceedings of the International Large River Symposium. Can. Spec. Publ. Fish. Aquat. Sci., 106: 110-127, 1989.

ROCHA, P. C. Geomorfologia e Conectividade em Ambientes Fluviais do Alto Rio Paraná, Centro-Sul do Brasil. Boletim de Geografia de Maringá, v.28, n.2, p. 157-176, 2010.

TUNDISI, J.G; TUNDISI, T.M. Limnologia: São Paulo, Oficina de Textos, 2008.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Bacias Hidrográficas e Recursos Hídricos: Análise, Planejamento e Gestão