As transformações no uso e cobertura da terra e suas consequências nas inundações na bacia hidrográfica do Rio Mataruna em Araruama/RJ

Autores

  • Maria Catarina da Silva Azevedo Universidade Federal Fluminense
  • Vinicius de Amorim Silva Universidade Federal do Sul da Bahia- UFSB

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.1842

Palavras-chave:

Bacia hidrográfica. Inundações. Uso e cobertura da terra

Resumo

O objetivo principal deste trabalho consiste em identificar na bacia hidrográfica do rio Mataruna, por meio das imagens de satélite, as mudanças no uso e cobertura da terra e sua influência em eventos de inundações. Para analisar a dinâmica no uso e cobertura da terra na bacia hidrográfica do rio Mataruna, foram adquiridas as imagens do satélite Ikonos (2002 e 2016) e interpretadas em ambiente SIG (Sistema de Informações Geográficas) com uso do software ArcGis 10.3. As classes de uso e cobertura utilizadas foram: área urbana, pastagem, vegetação secundária e florestas. Foram realizadas pesquisas bibliográficas e trabalhos de campo. A bibliografia contou com o documento - Plano Diretor e de Saneamento Básico de Araruama, além de publicações sobre a história local. Os resultados permitiram identificar as transformações na paisagem decorrentes do uso e cobertura da terra e sua influencia nas inundações. 

Biografia do Autor

Maria Catarina da Silva Azevedo, Universidade Federal Fluminense

Mestranda do Programa de Pós Graduação em Geografia/Instituto de Ciências da Sociedade e Desenvolvimento Regional, Universidade Federal Fluminense

Vinicius de Amorim Silva, Universidade Federal do Sul da Bahia- UFSB

Professor do Programa de Pós Graduação em Geografia/Instituto de Ciências da Sociedade e Desenvolvimento Regional, Universidade Federal Fluminense e do Centro de Formação em Tecno-Ciências e Inovação-CF-TI/Instituto de Humanidades Artes Ciências- IHAC- Campus Jorge Amado -CJA, Universidade Federal do Sul da Bahia- UFSB

Referências

BARBIERE, E. B. – “Ritmo Climático e Extração de Sal em Cabo Frio” - São Paulo,

Dissertação de Mestrado, USP, Departamento de Geografia, 1974. Publicado na

Revista Brasileira de Geografia, 1975.

CANHOLI, Aluísio P. Drenagem urbana e controle de enchentes. São Paulo: Oficina de textos, 2005.

IBGE. Resultados do Universo. Censo Demográfico 2010. Rio de Janeiro. 2011.

GALVÃO, R. S. Gestão de bacias hidrográficas em áreas urbanas: Niteroi (RJ). Tese (Doutorado em Ordenamento Territorial Ambiental). Universidade Federal Fluminense, Niterói. 2014.

PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARUAMA. Plano Diretor de Araruama. Lei Nº 008/95. 42p. 1997.

PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARUAMA (2016) Plano Municipal de Saneamento Básico de Araruama. Serenco Em Engenharia/INEA. (versão preliminar) 142 p. 2016.

PESQUISA DA PECUÁRIA MUNICIPAL. Disponível em http://www2.sidra.ibge.gov.br.

SILVA, J.R.S. Estudo do Levantamento Aerogeofísico do Estado do Rio de Janeiro na Região dos Lagos. Tese de Doutorado. Observatório Nacional, Rio de Janeiro. 2007.

TUCCI, E.M. Água no meio urbano. In: Águas doces do Brasil. p.399-431. 2010.

VIEIRA, V. T. Efeitos do crescimento urbano sobre os canais: drenagem do rio Paquequer, Teresópolis – RJ. Rio de Janeiro: UFRJ/ PPGG – Dissertação de Mestrado. 101 p.2003.

REDE INTERTV. http://g1.globo.com/rj/regiao-dos-lagos/rjintertv-2edicao/videos/t/edicoes/v/defesa-civil-fica-em-estado-de-atencao-apos-chuva-deixar-2-500-desalojados-em-araruama/4855345/.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Bacias Hidrográficas e Recursos Hídricos: Análise, Planejamento e Gestão