Urbanização e a problemática socioambiental na baixada de Jacarepaguá: estudo da bacia hidrográfica do Rio das Pedras

Autores

  • Adão Osdayan Cândido de Castro Universidade Federal Fluminense
  • Lucas Rodrigues Dias Universidade Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.1918

Palavras-chave:

Urbanização. Degradação ambiental. Enchentes urbanas

Resumo

O presente trabalho aborda a problemática ambiental envolvendo as bacias hidrográficas em áreas urbanas, principalmente relacionadas às modificações dos padrões geomorfológicos. Na bacia hidrográfica do rio Das Pedras, Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro, a dinâmica da ocupação acarretou alterações na morfologia dos canais fluviais, através de obras de retificação e canalização, além da ocupação da planície de inundação, o que potencializou os fenômenos de enchentes e inundação. Mediante esta problemática, este trabalho tem como principal objetivo avaliar os impactos da urbanização na dinâmica ambiental da bacia hidrográfica do rio Das Pedras, principalmente a partir da década de 1960, período em que as alterações geomorfológicas foram mais intensas. Para a elaboração deste trabalho foram utilizadas técnicas de sensoriamento remoto, análise de cartas temáticas, mapas, imagens e fotografias aéreas, além de trabalhos de campo na bacia para a coleta de dados e compreensão da problemática local.

Biografia do Autor

Adão Osdayan Cândido de Castro, Universidade Federal Fluminense

Programa de Pós Graduação em Geografia, Universidade Federal Fluminense

Lucas Rodrigues Dias, Universidade Federal Fluminense

Programa de Pós Graduação em Geografia, Universidade Federal Fluminense

Referências

ARAÚJO, R. E. T. Urbanização na Baixada de Jacarepaguá, Degradação dos Corpos Hídricos e Saúde Pública: Os casos de Hepatite A, da Leptospirose e da Esquistossomose. Dissertação de Mestrado, Niterói: UFF/PPGEO, 2007.

ASSUMPÇÃO, A. P & MARÇAL, M. S. Retificação dos canais fluviais e mudanças geomorfológicas na planície do rio Macaé (RJ. ) Rev. Geografia. Vol. 29, No 3 (2012): Revista de Geografia (Recife).

BOTELHO, Rosângela G, M. Bacias Hidrográficas Urbanas. In: Geomorfologia Urbana, Guerra. A. J. T. (Org.). – Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2011.

COELHO, M. C. N. Impactos Ambientais em Áreas Urbanas – Teorias, Conceitos e Métodos de Pesquisa. In: Impactos ambientais urbanos no Brasil. Guerra, A.J.T. & Cunha, S.B. (orgs.) 6ª Ed. Rio de Janeiro: Editora Bertrand, 2010.

COSTA, H. Enchentes no Estado do Rio de Janeiro – Uma Abordagem Geral / Rio de Janeiro: SEMADS 2001. 160p

GUERRA, A. J. T. & MARÇAL, Mônica dos Santos. Geomorfologia Ambiental. 3ª ed – Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2010.

TUCCI, C. E. M. Controle de Enchentes, in: Hidrologia, ciência e aplicação. Porto Alegre, Ed. Da Universidade ABRH. Cap 16, p 621-558, 1993.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Bacias Hidrográficas e Recursos Hídricos: Análise, Planejamento e Gestão