Análise do uso e ocupação das terras em pequenas bacias hidrográficas do semiárido alagoano: riachos da Torta e do Mel no alto curso do Rio Traipú

Autores

  • Denize dos Santos Universidade Estadual de Alagoas
  • Cícero Bezerra da Silva Universidade Estadual de Alagoas
  • Jailma Ferro Cabral Universidade Estadual de Alagoas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.1919

Palavras-chave:

Bacia Hidrográfica. Uso da Terra. Semiaridez

Resumo

A análise de bacias hidrográficas é fundamental na compreensão da dinâmica das águas, principalmente em áreas semiáridas onde a questão hídrica encontra-se no limiar de escassez qualitativa e quantitativa mediante o mau uso que se faz dos elementos naturais. Assim, esse trabalho objetiva a realização do mapeamento de uso e ocupação das terras da sub-bacia dos riachos da Torta e do Mel, contribuintes da rede de drenagem do rio Traipú, no sertão alagoano.  A metodologia empregada no desenvolvimento do trabalho refere-se a análise bibliográfica e ao uso de técnicas de geoprocessamento em conjunto com os trabalhos de campo.  Os resultados obtidos mostram que o uso das terras ao longo da sub-bacia são caracterizados em três classes principais: a pastagem, a caatinga semi densa e a caatinga densa.  Além disso, foi possível identificar muitas manchas de solos expostos resultantes dos processos de degradação e também da fragilidade natural da sub-bacia.

Biografia do Autor

Denize dos Santos, Universidade Estadual de Alagoas

Doutorana do Programa de Pós-Graduação em Geografia – PPGEO/UFS; Departamento de geografia, Universidade Estadual de Alagoas  - UNEL

Cícero Bezerra da Silva, Universidade Estadual de Alagoas

Departamento de geografia, Universidade Estadual de Alagoas  - UNEL

Jailma Ferro Cabral, Universidade Estadual de Alagoas

Departamento de geografia, Universidade Estadual de Alagoas - UNEAL

Referências

BOTELHO, Rosangela Garrido Machado. Planejamento Ambiental em Microbacia Hidrográfica. In: GUERRA, Antonio José Teixeira; SILVA, Antonio Soares; (org.). Erosão e Conservação dos Solos: conceitos, temas e aplicações. 7 ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2012.

CHRISTOFOLETTI, Antonio. Geomorfologia. 2 ed. São Paulo: Edgard Blucher, 1980.

COELHO NETTO. Hidrologia de Encostas na Interface Com a Geomorfologia. In: CUNHA, Sandra Baptista da; GUERRA, Antonio José Teixeira (org.). Geomorfologia: exercícios, temas e aplicações. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1996.

CUNHA, Sandra Baptista da; GUERRA, Antonio José Teixeira (orgs.). Degradação Ambiental. In: Geomorfologia e Meio Ambiente. 11 ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2012.

______; Geomorfologia Fluvial. In: GUERRA, Antonio José Teixeira; CUNHA, Sandra Baptista da (org.). Geomorfologia: uma atualização de bases e conceitos. 13 ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2015.

MOREIRA, Ruy. Sociedade e Espaço Geográfico no Brasil. São Paulo: Contexto, 2015.

NEVES, Karina Fernandes Travagim Viturino. Os trabalhos de campo no ensino de geografia: reflexões sobre a prática docente na educação básica. Ilhéus - BA: Editus, 2010.

NOVO, Evlyn Márcia L. de. Ambientes Fluviais. In: FLORENZANO, Teresa Gallotti (org.). Geomorfologia: conceitos e tecnologias atuais. São Paulo: Oficina de Textos: 2008.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATISTICA - IBGE. Manual Técnico em Geociências. 2 ed. Rio de Janeiro: IBGE, 2007.

INSTITUTO DE MEIO AMBIENTE DE ALAGOAS - IMA. Dawnlod de dados vetoriais. Disponível em: ˂ http://www.ima.al.com.br/dwloddedadosvetoriais ˃. Acesso em: Ago. de 2015.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Bacias Hidrográficas e Recursos Hídricos: Análise, Planejamento e Gestão