Análise preliminar da suscetibilidade à erosão laminar na bacia do Córrego da Porteira, Aquidauana/MS

Autores

  • Elisângela Martins de Carvalho Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Emanuella Amábyle Arruda Sá Pereira Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Emerson Figueiredo Leite Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Jarisson Lucas da Costa Silva Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.1927

Palavras-chave:

Bacia hidrográfica. Erosão laminar. SIG

Resumo

A erosão é um processo de desgaste do solo que acontece naturalmente, entretanto a fragilidade natural dos terrenos, manejo inadequado e a não utilização de técnicas conservacionistas, pode acelerar os processos erosivos. Nesse contexto, o objetivo desta pesquisa é realizar uma análise preliminar da suscetibilidade natural à erosão laminar, considerando a erodibilidade dos solos e a declividade dos terrenos, na Bacia Hidrográfica do Córrego da Porteira, Aquidauana/MS, utilizando como referência a metodologia de Salomão (2005). Para tanto foi criado um banco de dados no software spring 5.1.8., onde foram elaborados os mapas de solos e declividade. Posteriormente foi realizada uma programação utilizando o LEGAL: (Linguagem Espacial para Geoprocessamento Algébrico), para gerar o mapa de Suscetibilidade à Erosão Laminar. A partir da espacialização das informações observou-se que 63% da área da bacia apresentou baixa suscetibilidade à erosão, enquanto que, áreas com restrições de uso correspondem a 23,5% da área.

Biografia do Autor

Elisângela Martins de Carvalho, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campus de Aquidauana

Emanuella Amábyle Arruda Sá Pereira, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campus de Aquidauana

Emerson Figueiredo Leite, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campus de Aquidauana.

Jarisson Lucas da Costa Silva, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campus de Aquidauana

Referências

CÂMARA, G. Anatomia de Sistemas de Informações Geográficas: visão atual e perspectivas de evolução. In: ASSAD, E., SANO, E., ed. Sistema de Informações geográficas: aplicações na agricultura. Brasília, DF: Embrapa, 1993.

CAPPI, N.; SANTOS, T.M.B.; PINTO, A.L.; SILVA, J.F.S. Carcterísticas físico-químicas de águas de poços da bacia do Córrego Porteira, Aquidauana/MS. In: ZOOTEC’ 2005, Campo Grande. Anais... Campo Grande, 2005.

CARVALHO, E.M; PINTO,A.L.; SILVA, P.V. A evolução do uso e ocupação do solo na bacia do córrego Porteira, Aquidauana/MS. In: 1° SIMPÓSIO DE GEOTECNOLOGIAS NO PANTANAL, CAMPO GRANDE. Anais....Campo Grande, 2006.

GUERRA, A. J. T; BOTELHO, M. G. R. Geomorfologia do Brasil. In: CUNHA, S. B da; GUERRA A. J. T. (Org.). Erosão dos Solos. Rio de Janeiro: Editora Art Line, 2001. Cap 5.

LEPSCH, I. F., Bellinazi Jr., R., Bertolini, D., Espíndola, C. R. Manual para levantamento utilitário do meio físico e classificação de terras no sistema de capacidade de uso. Campinas: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 1991. 175p.

PCBAP – Plano de Conservação da Bacia do Alto Paraguai (Pantanal). Ministério do Meio Ambiente, dos Recursos Hídricos e da Amazônia Legal. Brasília, 1997.

SALOMÃO, F. X. de T. Controle e prevenção dos processos erosivos. In: GUERRA, A. J. T.; SILVA, A. S. BOTELHO, R. G. M. (Org.). Erosão e Conservação dos Solos: conceitos, temas e aplicações. Rio de Janeiro: Editora Bertrand Brasil, 2005. Cap 7.

SILVA, R. M. da. Introdução ao geoprocessamento: conceitos, técnicas e aplicações. Novo Hamburgo: Feevale, 2007.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Solos e Paisagens