Análise da variação espacial da densidade aparente e CTC de materiais superficias em vertente do Córrego do Glória Uberlândia-MG

Autores

  • Fabiana Cristina dos Santos Universidade Federal de Uberlândia
  • Sílvio Carlos Rodrigues Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.1934

Palavras-chave:

Atributos físico-químicos. Geoquímica. Geomorfologia

Resumo

A distribuição dos materiais superficiais nas vertentes do ambiente de Cerrado possui particularidades intrínsecas, que são relacionadas com o posicionamento topográfico, com o formato das vertentes e com escoamento superficial da água. Todos estes aspectos também são relacionados com a sazonalidade climática, típica deste ambiente. Os atributos físicos e químicos dos materiais superficiais relacionam-se fortemente com as características geomorfológicas, influenciadas em sua variabilidade espacial, exercendo papel preponderante na qualidade destes ecossistemas. A unidade de estudo está localizada no município de Uberlândia, na região sudeste do Triângulo Mineiro.A metodologia baseou-se na análise das propriedades físico-químicas e foram avaliados os parâmetros Densidade Aparente (Da), textura e Capacidade de Troca Catiônica (CTC). Os atributos físico-químicos apresentaram dependência espacial e correlacionaram-se respectivamente, com a textura  e topografia e ganha importância à medida que tenta caracterizar a sua espacialização, dinâmica e explicação das relações dos materiais superficiais com a paisagem, uma vez que traz a tona as possibilidades da evolução do relevo, assunto de interesse geomorfológico tanto para a academia quanto para os setores de planejamento.

Biografia do Autor

Fabiana Cristina dos Santos, Universidade Federal de Uberlândia

Doutoranda em Geografia do IG/PPGEO/ Universidade Federal de Uberlândia - UFU

Sílvio Carlos Rodrigues, Universidade Federal de Uberlândia

Prof. Dr. do IG/PPGEO/ Universidade Federal de Uberlândia - UFU

Referências

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA (Embrapa). Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Manual de métodos de análise de solo. 2. Ed. Rio de Janeiro: Embrapa CNPS, 1997. 212 p.

EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Sistema brasileiro de classificação de solos. 2. ed. Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 2006. 306 p.

FONTENELE, W. Indicadores Físicos e Hídricos da Qualidade de um Latossolo Amarelo Distrófico Sob Diferentes Sistemas De Manejo no Cerrado Do Piauí. 2006. 52. f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Piauí, Teresina, 2006.

RAWLS, W. J.; Pachepsky, Y. A. Using field topographic to estimate soil water retention. Soil Science, v.167, p.423-435, 2002.

REINERT, D. J.; REICHERT, J. M. Propriedades físicas de solos em sistema plantio direto irrigado. In : CARLESSO, R. ; PETRY, M. ; ROSA, G.; CERETTA, C. A. Irrigação por Aspersão no Rio Grande do Sul, Santa Maria, 2006. p. 114-131.

SANTOS, F. C.; RODRIGUES, S. C. Caracterização físico-química de materiais superficiais de cerrado em estágio de recuperação: Bacia do Córrego do Glória no Município de Uberlândia – MG. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE GEOMORFOLOGIA, 11, 2016, Maringá. Anais... Maringá: Departamento de Geografia-DGE, 2016. p. 1-7.

SANTOS, F. C.; RODRIGUES, S. C. Variabilidade espacial físico-química de materiais superficiais sob uma vertente de Cerrado em estágio de recuperação. Caderno de Geografia, Belo Horizonte, v.27, n.48, p. 200-209, jan/mar. 2017. Disponível em http://periodicos.pucminas.br/index.php/geografia/article/view/12255/10924>. Acesso em: 14 mar. 2017.

SILVA, V. R., REINERT, D. J.; REICHERT, J. M. Densidade do solo, atributos químicos e sistema radicular do milho afetados pelo pastejo e manejo do solo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v.24, p.191-199, 2000a.

SOUZA. J., et al. Contribuição dos constituintes da fração argila de solos subtropicais à área superficial específica e à capacidade de troca catiônica. Rev. Bras. Ciênc. Solo, Viçosa, v.31, n.6, p.1355-1365, Dez. 2007.

Disponível em:<http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010006832007000600014&lng=en&nrm=iso>. Acesso em 05 Jun. 2016.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Solos e Paisagens