Uso e ocupação da terra no entorno da área florestada da Serra do Lopo (SP)

Autores

  • Dimas Antônio da Silva Secretaria de Meio ambiente - SP
  • Mônica Pavão Secretaria de Meio ambiente - SP
  • Ciro Koiti Matsukuma Secretaria de Meio ambiente - SP
  • Andressa Almeida Costa Secretaria de Meio ambiente - SP

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.1942

Palavras-chave:

Uso da terra. Unidade de conservação. Planejamento ambiental

Resumo

Este trabalho tem como objetivo realizar o diagnóstico do uso da terra no entorno da Área Florestada da Serra do Lopo, de modo a subsidiar a conservação desta paisagem serrana. Foi executado com base em revisão bibliográfica e cartográfica, interpretação de ortofotos digitais e trabalhos de campo. A atividade econômica predominante no entorno da Área Florestada da Serra do Lopo é a agropecuária. Todavia, os empreendimentos imobiliários, a silvicultura e a expansão urbana alteram significativamente a paisagem local e comprometem a vida útil do reservatório Jaguari-Jacareí. Aliado ao baixo índice de cobertura vegetal nativa, a Serra do Lopo e seu entorno imediato requer atenção, não apenas quanto à segurança do abastecimento hídrico, mas também quanto ao cumprimento da legislação ambiental vigente, como por exemplo, APAs Sistema Cantareira e Piracicaba/Juquerí-Mirim Área II, e o Novo Código Florestal Brasileiro.

Biografia do Autor

Dimas Antônio da Silva, Secretaria de Meio ambiente - SP

Instituto Florestal

Mônica Pavão, Secretaria de Meio ambiente - SP

Instituto Florestal

Ciro Koiti Matsukuma, Secretaria de Meio ambiente - SP

Instituto Florestal

Andressa Almeida Costa, Secretaria de Meio ambiente - SP

FUNDAP

Referências

ANDERSON, R. A et al. Sistema de classificação do uso da terra e do revestimento do solo para utilização com dados de sensores remotos. Tradução de H. Strang. Rio de Janeiro: IBGE, 1979. 78 p.

CÂMARA MUNICIPAL DE JOANÓPOLIS. Disponível em: <http://www.camarajoanopolis.sp.gov.br/historiacidade>. Acesso em: 01 de set. de 2015

EMPLASA - Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano. Ortofotos digitais do Projeto de Atualização Cartográfica do Estado de São Paulo - Mapeia São Paulo. 2010/11.

FADINI, A. A. B. et al. Turismo em Vargem (SP): os desafios da sustentabilidade. Revista Brasileira de Ecoturismo, v. 4, n. 1, p. 123-140, 2011.

FLORENZANO, T. G. Imagens de satélite para estudos ambientais. São Paulo: Oficina de Textos, 2002. 97 p.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATISTICA - IBGE. Cidades. Disponível em:<http://www.cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?lang=&codmun=350450>. Acesso em 11 de Abril de 2014.

------. Folha SF-23-Y-B-4. Camanducaia. Rio de Janeiro, 1972. Escala 1:50.000.

------. Folha SF-23-Y-B-IV-3. Extrema.Brasil. Rio de Janeiro, 1972. Escala 1:50.000.

------. Manual técnico de uso da terra. Rio de Janeiro, 2013. 171 p. (Série Manuais Técnicos de Geociências n.7) Disponível em: <ftp://geoftp.ibge.gov.br/documentos/recursos_naturais/manuais_tecnicos/manual_uso_da_terra.pdf>. Acesso em: 23 de março de 2014.

INSTITUTO DE PESQUISAS TECNÓLOGICAS DO ESTADO DE SÃO PAULO - IPT. Mapa Geológico do Estado de São Paulo. São Paulo: IPT, 1981a. 126 p. (Série Monografias n. 6, v.1).

------. Mapa Geomorfológico do Estado de São Paulo. São Paulo: IPT, 1981b. 94 p. (Série Monografias n. 5, v.1).

------. Carta Geotécnica do Estado de São Paulo, escala 1:500.000. São Paulo: IPT, 1994. 22 p. 2 v.

JENSEN, J. R. Sensoriamento remoto do ambiente: Uma perspectiva em recursos terrestres. Tradução de J. C. N. Epiphanio. São José dos Campos: Parênteses, 2009. 598 p.

OLIVEIRA, J. B. de et al. Mapa pedológico do Estado de São Paulo: legenda expandida. Campinas: Instituto Agronômico; Rio de Janeiro: EMBRAPA. 1999. 64p.

OLIVEIRA, P. E. et al. Análise da evolução da paisagem no entorno da represa dos rios Jaguari e Jacareí, Estado de São Paulo, com base em sensoriamento remoto e SIG. UNESP. [Editorial]. Geociências: v. 27, n. 4, p 527-539, 2008.

PORTAL DO GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO. Estâncias. Disponível em: <http://www.saopaulo.sp.gov.br/conhecasp/estancias>. Acesso em: 09 abr. 2014.

ROSS, J. L. S.; MOROZ, I. C. Mapa Geomorfológico do Estado de São Paulo. São Paulo: FFLCH-USP/IPT/FAPESP, 1997. 64 p.

SARTORELLO, Ricardo. Interações em estudos para conservação: conceitos e técnicas para análises geográficas e ecológicas da paisagem. 2014. 273 f. Tese (Doutorado em geografia) - FFLCH/USP, São Paulo, 2014.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Uso e ocupação das terras e legislação ambiental