Identificação de geomorfossítios na microrregião de Picos-PI

Autores

  • José Francisco de Araújo Silva Universidade Federal do Piauí
  • Híkaro Kayo Brito Nunes Universidade Federal do Piauí
  • Claudia Maria Sabóia Aquino Universidade Federal do Piauí
  • Gláucia Lopes Araújo Universidade Estadual do Piaui

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.1951

Palavras-chave:

Geodiversidade. Potencial. Geomorfossítio. Microrregão. Picos

Resumo

Apesar de já figurar no meio científico há mais de duas décadas, temáticas tais como geodiversidade e demais a ela relacionadas ainda são consideradas bastante recentes, principalmente quando comparadas a outras como biodiversidade há muito mais tempo alvo de estudos e discussões. Hoje, torna-se praticamente imperativo preencher a lacuna relacionada aos estudos da vertente abiótica da natureza, uma vez que esta, representada pela geodiversidade, seus elementos e processos, são suporte para a sobrevivência das espécies, em especial a humana, além de serem fontes essenciais para o entendimento da origem e evolução do planeta. A porção da geodiversidade que apresenta valores excepcionais (científico, turístico, ou outro) tem sido alvo de variadas pesquisas, em muitas das quais é realizada a sua avaliação. Neste estudo foram indicados sete geomorfossítios na microrregião de Picos-PI, aos quais se infere valores, especialmente didático, turístico, cultural, estético e econômico.

Biografia do Autor

José Francisco de Araújo Silva, Universidade Federal do Piauí

Mestrando em Geografia, Universidade Federal do Piauí

Híkaro Kayo Brito Nunes, Universidade Federal do Piauí

Mestrando em Geografia, Universidade Federal do Piauí

Claudia Maria Sabóia Aquino, Universidade Federal do Piauí

Profª. Dra. em Geografia, Universidade Federal do Piauí

Gláucia Lopes Araújo, Universidade Estadual do Piaui

Graduada em Geografia, Universidade Estadual do Piauí

Referências

AGUIAR, R. B.; GOMES, J. R. C. (Orgs.). Projeto cadastro de fontes de abastecimento por água subterrânea, estado do Piauí. Fortaleza: CPRM, 2004.

ARRUDA, K.E.C. Geodiversidade no município de Araripina-PE, Nordeste do Brasil. 2013, 171 f. Dissertação (Mestrado em Geociências). Universidade Federal de Pernambuco - Recife, 2013.

BRILHA, J. Patrimônio geológico e geoconservação: a conservação da natureza na sua vertente geológica. Braga: Palimage, 2005. 190 p.

BRILHA, J. Inventory and quantitative assessment of geosites and geodiversity sites: a review.

Geoheritage, 2015. p. 1-16.

DAMASCENO, E. Morro do Leme em Oeiras-PI. Disponível em <http://www.panoramio.com/photo/26081984> Acesso em: 25 de jan. 2017.

EMBRAPA SOLOS. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Solos. Mapa exploratório-reconhecimento de solos do Piauí, PI. Recife, 1983. Disponível em <http://www.uep.cnps.embrapa.br/solos/index.php?link=pi> Acesso em: 25 de jan. 2017.

GOOGLE (Image DigitalGlobe Europa Technologies Image 2014 TerraMetrics). Google Earth. Disponível em: <http://www.google.com.br>. Acesso em: 25 de jan. 2017.

PEREIRA, P. J. S. Patrimônio geomorfológico: conceptualização, avaliação e divulgação - aplicação ao Parque Nacional de Montesinho. 2006, 395f. Tese. (Doutorado em ciências – Geologia) Universidade do Minho. Portugal, 2006.

PEREIRA, R.G.F.A. Geoconservação e desenvolvimento sustentável na Chapada Diamantina (Bahia – Brasil). 2010. 295 f. Tese (Doutoramento em Ciências) Universidade do Minho, Portugal, 2010.

RODRIGUES, M. L.; FONSECA, A.. A valorização do geopatrimónio no desenvolvimento sustentável de áreas rurais. In: COLÓQUIO IBERICO DE ESTUDOS RURAIS, 7. 2008, Coimbra. Anais... Coimbra, Portugal, 2008.

SILVA, C. R; et al.. Começo de Tudo. In: SILVA, C. R. Geodiversidade do Brasil: conhecer o passado, para entender o presente e prever o futuro. Rio de Janeiro: CPRM, 2008.

VIDAL, C. L. R. Disponibilidade e gerenciamento sustentável do Aquífero Serra Grande no município de Picos – Piauí. 2003. 208f. Tese (Doutorado em Recursos Minerais e Hidrogeologia) – IGC/Universidade de São Paulo, São Paulo. 2003.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Geodiversidade, Geoarqueologia e Patrimônio Natural