Chapadão do Diamante, Serra da Canastra – MG: um olhar sobre a geodiversidade

Autores

  • Thallita Isabela Silva Martins Nazar Universidade Federal de Uberlândia
  • Giliander Allan da Silva Universidade Federal de Uberlândia
  • Silvio Carlos Rodrigues Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.1977

Palavras-chave:

PARNA Canastra. Paisagem quartzítica. Relevo Serrano

Resumo

Este trabalho objetiva apresentar uma síntese da caracterização da geodiversidade do Chapadão do Diamante (ChD), tendo como base os aspectos litológicos e geomorfológicos, bem como, os aspectos bióticos, na busca de uma maior valorização e entendimento da área. Foram realizados diversos trabalhos de campo e feita revisão teórica pertinente para a caracterização e levantamentos de dados do ChD. A área corresponde à superficie da Serra da Canastra em sua porção oriental, e faz parte do Parque Nacional da Serra da Canastra. Apresenta beleza cênica de grande exuberância, estruturada pelos quartzitos do Grupo Canastra, que formam escarpas abruptas nas bordas e um relevo diversificado em seu interior. Observa-se diferentes padrões de paisagem, que podem ser definidos de forma geral a partir dos aspectos topográficos, de materiais superficiais e tipos de vegetação. 

Biografia do Autor

Thallita Isabela Silva Martins Nazar, Universidade Federal de Uberlândia

Programa de Pós-Graduação em Geografia, Instituto de Geografia da Universidade Federal de Uberlândia - UFU

Giliander Allan da Silva, Universidade Federal de Uberlândia

Programa de Pós-Graduação em Geografia, Instituto de Geografia da Universidade Federal de Uberlândia - UFU

Silvio Carlos Rodrigues, Universidade Federal de Uberlândia

Professor Dr. do Programa de Pós-Graduação em Geografia, Instituto de Geografia,  Universidade Federal de Uberlândia - UFU

Referências

MMA/IBAMA. Plano de Manejo da Serra da Canastra. 2005. Disponível em: <http://www.icmbio.gov.br/portal/images/stories/imgs-unidades coservacao /PM _PNSC_ Resumo_Executivo.PDF>. Acesso em: 20 mai. 2012.

NOVAIS, G.T. Caracterização climática da mesorregião do Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba e do entorno da Serra da Canastra, MG. 2011. 175 f. Dissertação (mestrado). Universidade Federal de Uberlândia. Programa de Pós Graduação em Geografia. Uberlândia, 2011.

SIMÕES, L. S. A.; MARTINS, J. E. S.; VALERIANO, C. M.; GODOY, A. M.; ARTUR, A. C. Folha Vargem Bonita: SF.23-V-B-I. Programa Mapeamento Geológico do Estado de Minas Gerais. Projeto Fronteira de Minas Gerais. CODEMIG. UFMG. Ago/2015.

SOUZA, D. A.; RODRIGUES, S. C. Aspectos Morfoestruturais e Morfoesculturais da Serra da Canastra e Entorno (MG). Revista do Departamento de Geografia –USP, v. 27, p. 47-66, 2014.

TOMAZZOLI, E. R. A evolução geológica do Brasil-Central. Revista Sociedade e Natureza, Ano 2, n. 3, p. 11-26, Junho 1990.

VALERIANO, C. M.; DARDENE, M. A.; FONSECA, M. A.; SIMÕES, L. S. A.; SEER, H. J. A evolução tectônica da Faixa Brasília. In:

MANTESSO-NETO, V. et al. (Org.). Geologia do continente sul-americano: evolução da obra de Fernando Flávio Marques de Almeida. São Paulo: Beca, 2004. p. 575-592.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Geodiversidade, Geoarqueologia e Patrimônio Natural