Dinâmica da planície costeira nos limites da praia de Atalaia Nova, Barra dos Coqueiros/SE

Autores

  • Lucas Silva Leite Universidade Federal de Sergipe
  • Neise Mare de Souza Alves Universidade Federal de Sergipe

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.1988

Palavras-chave:

Praia de Atalaia Nova. Planície Costeira. Processos costeiros. Paisagem

Resumo

Os ambientes costeiros são dinâmicos e estão submetidos à atuação de processos de diferentes origens, naturais e antrópicos. A interferência humana costuma desencadear alterações no sistema ambiental. O objetivo deste trabalho é analisar a dinâmica da Planície Costeira nos limites da praia de Atalaia Nova, com base nos princípios sistêmicos que permitem a análise integrada da paisagem. Para isso, foram utilizados os seguintes materiais e procedimentos: pesquisa bibliográfica, fotointerpretação de aerofotos e imagens de satélite, análise e confecção de mapas temáticos e trabalhos de campo. Os estudos realizados revelaram que os processos oceanográficos, fluviais e eólicos atuantes na Planície Costeira resultaram na elaboração de terraços marinhos, cordões litorâneos e dunas frontais, no setor de abrangência da praia. Entretanto, os tipos de uso e intervenções – construção de molhe na desembocadura do rio Sergipe, extração de areia e a especulação imobiliária – vêm concorrendo para a alteração dessas morfologias, descaracterizando a paisagem.

Biografia do Autor

Lucas Silva Leite, Universidade Federal de Sergipe

Departamento de Geografia, Universidade Federal de Sergipe

Neise Mare de Souza Alves, Universidade Federal de Sergipe

Departamento de Geografia, Universidade Federal de Sergipe

Referências

Sergipe – diagnóstico como subsidio ao ordenamento e gestão do território. 2010. 348 f. Tese (Doutorado em Geografia) – Núcleo de Pós-Graduação em Geografia, Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão.

ALVES, N.M.S.; SILVA, D.B.; FONTES, A.L. XIII Congresso da Associação Brasileira de Estudos do Quaternário e III Encontro do Quaternário Sulamericano - O Quaternário Sul Americano: Desafios e Perspectivas, 2011, Armação dos Búzios - Rio de Janeiro. Anais eletrônicos... Armação dos Búzios - Rio de Janeiro: ABEQUA, 2011. ISSN: 2318-0986. Disponível em :<http://www.abequa.org.br/trabalhos/BARRA_DOS_COQUEIROS.pdf>. Acesso em 13 de dezembro de 2016.

BERTRAND, G. Paisagem e geografia física global: esboço metodológico. R. RA´E GA, Curitiba, n. 8, p. 141-152, 2004. Editora UFPR.

BEZERRA, M. F. L.; SODRÉ, M. L. S.; BRITO, J. V. S. Catadoras de mangaba de Barra dos Coqueiros: Mães e filhas do fruto dessa terra. In: SEMINÁRIO SOBRE ALIMENENTOS E MANIFESTAÇÕES CULTURAIS TRADICIONAIS, 1, 2012, São Cristóvão – Sergipe. Anais eletrônicos... São Cristóvão – Sergipe: GRUPAM, 2012.

Disponível em: http://m.grupam.net/anais-do-i-seminario-sobre-alimentos-e-manifesta%c3%a7%c3%b5es-culturais-tradicionais/. Acesso em: 01/02/2017.

BITTENCOURT, A.C.S.P.; MARTIN, L.; DOMINGUEZ, J.M.L.; FERREIRA, Y. de A. 1983. Evolução paleogeográfica quaternária da costa do estado de Sergipe e da costa sul do estado de Alagoas. Revista Brasileira de Geociências, v.13, p. 93-97.

BITTENCOURT, Abílio ; OLIVEIRA, Marta Becker de ; DOMINGUEZ, José Maria Landim . Erosão e Progradação do Litoral Brasileiro- Sergipe. In: Dieter Muehe. (Org.). Erosão e Progradação do Litoral Brasileiro. 2ed.Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 2006, v. , p. 213-218.

BOMFIM, L.F.C.; COSTA, I.V.G.da; BENVENUTI, S.M.P. Projeto Cadastro da Infra-Estrutura Hídrica do Nordeste: Estado de Sergipe. Diagnóstico do Município de Barra dos Coqueiros. Aracaju: CPRM, p.12, 2002.

BRASIL. Ministério das Minas e Energia. Projeto RADAMBRASIL: folha SC.24/25 Aracaju/Recife: geologia, geomorfologia, pedologia, vegetação, uso potencial da terra. Rio de Janeiro, 1983. 851 p. (Levantamento de Recursos Naturais,30

CEHOP. Companhia Estadual de Habitação e Obras Públicas; Terra Viva Consultoria em Meio Ambiente e Geologia. RIMA – Relatório de Impacto Ambiental. Projeto de Urbanização da Orla de Atalaia Nova trechos V, VI, VII e VIII.. Aracaju, 2009. Relatório.

COSTA, J. J.; SANTOS, M. A. ; SILVA, R. R. S. . Erosão Costeira: Estudo de Caso nas Praias de Atalaia Nova e Coroa do Meio - Sergipe/BRASIL. In: 12 Encuentro de Geógrafos de América Latina, 2009, Montevideo. Anais..... Montevideo: Editora do Egal, 2009. v. 7. p. 01-15.

HOEFEL, F. G. Morfodinâmica de Praias Arenosas Oceânicas: uma revisão bibliográfica. Itajaí: Editora da Univale, 1998.

IBGE. Cidades. Sergipe: Barra dos Coqueiros. 2016. Disponível em: <http://cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?lang=&codmun=280060&search=||infogr%E1ficos:-informa%E7%F5es-completas>. Acesso em 15 de dezembro de 2016.

MELLO, J. R. C.; PONÇANO, W. L.. Obras Marítimas. In: OLIVEIRA, A. M. S.; BRITO, S. N. A. de. (Org.). Geologia de Engenharia. 1ed. São Paulo: ABGE - Associação Brasileira de Geologia de Engenharia, 1998, v. 1, p. 457-467.

MENDONÇA, J.U. de; SILVA, M.L.M.C (Org.). Sergipe Panorâmico. 2. Ed. Aracaju: UNIT, 2009, p.79-84.

MUEHE, D. Definição de limites e tipologias da orla sob os aspectos morfodinâmico e evolutivo. In: MORAES, C. R de; ZAMBONI, A. (org.). Projeto Orla subsídios para um projeto de gestão, 2004, pp.13-32, Ministério do Meio Ambiente (MMA) e Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPO), Brasília, DF, Brasil. Disponível em:<http://www.mma.gov.br/estruturas/orla/_arquivos/11_04122008110506.pdf>. Acessado em 09/11/2016.

RODRIGUES, T. K. Análise das mudanças da linha de costa das principais desembocaduras do estado de Sergipe, com ênfase no rio Sergipe. 2008. 91 f. Dissertação (Mestrado em Geologia) – Curso de Pós-Graduação em Geologia, Instituto de Geociências, Universidade Federal da Bahia, Salvador.

SANTANA, L. B. de. Análise Geoambiental dos municípios costeiros de Barra dos Coqueiros e Pirambu (SE). 2008. 111 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Núcleo de Pós-Graduação em Geografia, Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão.

SANTOS, M. A. ; FONTES, A. L. ; SANTOS, C. O. dos ; COSTA, J. J. . Abordagem Preliminar dos Condicionantes Geomorfológicos da Zona Costeira do Município de Itaporanga d'Ajuda - Sergipe / Brasil: contribuições à gestão ambiental. In: VII Simpósio Nacional de Geomorfologia - SINAGEO - II Encontro Latino-Americano de Geomorfologia, 2008, Belo Horizonte - MG. Anais.... Belo Horizonte: Editora do UFMG, 2008. p. 1-10.

SANTOS, P. P.; VILAR, J. W. C. A segunda residência no litoral de Sergipe (Brasil): entre os “velhos” e os “novos” territórios. In: CONGRESO IBEROAMERICANO DE ESTUDIOS TERRITORIALES Y AMBIENTALES, 6, 2014. Anais eletrônicos... São Paulo: USP, 2014. Disponível em: http://6cieta.org/anais/eixo1/. Acesso em 06/06/2016.

SANTOS, R. A. dos, org. et al. Programa Levantamentos Geológicos Básicos do Brasil –PLGB. Geologia e recursos minerais do Estado de Sergipe. Escala 1:250.000. Texto explicativo do Mapa geológico do Estado de Sergipe. SANTOS, R. A. dos;

MARTINS, A. A. M.; NEVES, J. P. da; LEAL, R. A. (Orgs.). – Brasília: CPRM/DIEDIG/DEPAT; CODISE, 1998.

SOUZA, C.R. de G; SOUZA FILHO, P.W.M. e; ESTEVES, LS.; VITAL, H; DILLENBURG, S.R; PATCHINEELAM, S.M.; ADDAD, J.E. Praias arenosas e erosão costeira. In: SOUZA et al. Quaternário do Brasil. Ribeirão Preto: Holos, Editora, 2005.

VILLWOCK, J. A. LESSA, G. C. SUGIO, K. ÂNGULO, R. J. DILLENBURG, S. R. Geologia e geomorfologia de regiões costeiras. In: SOUZA et al. Quaternário do Brasil. Ribeirão Preto: Holos, Editora, 2005.

WANDERLEY, L.L. Paisagem da janela: Esse nosso Inconstante Rio Sergipe e a Evolução de sua Foz. In: Alves J.P.H. (ed.) Rio Sergipe: importância, vulnerabilidade e preservação. São Cristóvão: Editora UFS, 2006, p.: 165-194.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Dinâmica e Gestão de Zonas Costeiras