Complementaridade entre campo e laboratório como recurso didático na geografia: experiência a partir de um mapeamento pedológico

Autores

  • Jocasta Fernandes Magalhães Pontifícia Universidade Católica de Campinas
  • Danilo Mangaba de Camargo Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
  • Estéfano Seneme Gobbi Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.1998

Palavras-chave:

Solos. Paisagem. Mapeamento pedológico. Ensino de Geografia

Resumo

Campo e gabinete são etapas complementares e intrínsecas ao trabalho do geógrafo de modo que, na formulação do conhecimento sobre as relações entre os diversos componentes da paisagem, essas etapas devem ser vivenciadas desde os primeiros anos de sua formação na graduação. Dentro desse contexto o presente trabalho objetiva uma reflexão acerca das atividades externas e de laboratório na formação do geógrafo. Para tanto o artigo apresenta uma sucinta revisão sobre a importância do trabalho de campo na Geografia brasileira seguido de um relato de experiência a partir de um exercício de mapeamento pedológico em uma área do município de Morungaba, SP. Observou-se que tais recursos didáticos atuam diretamente no treinamento de exercícios que são atribuídos ao Geógrafo no mercado de trabalho, bem como, a importância do mapeamento de detalhe como fonte para estudos e pesquisas ambientais.

Biografia do Autor

Jocasta Fernandes Magalhães, Pontifícia Universidade Católica de Campinas

Geografia

Danilo Mangaba de Camargo, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Pós-Graduação em Geociências e Meio Ambiente

Estéfano Seneme Gobbi, Universidade Estadual de Campinas

Pós-Graduação em Geografia

Referências

CAMARA MUNICIPAL DE MORUNGABA. Disponível em:

http://morungaba.sp.gov.br/Content/Legislacao/Lei_organica_Morungaba_mai_2008.pdf acesso: 18 de junho de 2016

CAMPOS, R. R.; PLÁCIDO, V. L. S. O trabalho de campo como uma proposta de ensino de Geografia. Revista Geográfica de América Central, Costa Rica, p. 1-21, II semestre 2011.

CANTÃO, C.M. Programa - Tipo de excursões geográficas para fins didáticos. Boletim Geográfico/IBGE, Rio de Janeiro, nº 134, p. 503, 1956.

EMBRAPA, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. SISTEMA BRASILEIRO DE CLASSIFICAÇÃO DE SOLO. 2ª edição: Brasília-DF. 2006.

FUNDAÇÃO SEADE, 2010. Disponível em: <http://www.seade.gov.br/banco-de-dados/>. Acesso em 20 de setembro de 2015.

GUIMARÃES, E. M. A. Trabalhos de campo em bacias hidrográficas: os caminhos de uma experiência em educação ambiental. Campinas: Unicamp. 1999. 172 p. Dissertação de mestrado – Pós-Graduação em Geociências, Depto. De Geociências aplicadas ao ensino, Unicamp, Campinas, 1999.

Instituto Agronômico de Campinas (IAC). Cambissolos. S/d, acesso ao link: http://www.iac.sp.gov.br/solossp/pdf/Cambissolos.pdf. Acessado em, 20 de fevereiro de 2016.

LEMOS, R. C.; SANTOS, R. D. Manual de Descrição e Coleta de Solo no Campo 1984.

MUGGLER, C. C.; CARDOSO, I. M.; REZENDE, M.; FONTES, M. P. F.; ABRAHÃO, W. A. P.; CARVALHO, A. F.; Conteúdos básicos de Geologia e Pedologia para as disciplinas de Sol 213, sol 215 e sol 220.

ROSS, J. L. S. MOROZ, I. C. Mapa Geomorfológico do Estado de São Paulo, 1997.

POLIDORO, J. C.; MENDONÇA-SANTOS, M. de L.; LUMBRERAS, J. F.; COELHO, M. R.; CARVALHO FILHO, A. de; MOTTA, P. E. F. da; CARVALHO JUNIOR, W. de; ARAUJO FILHO, J. C. de; CURCIO, G. R.; CORREIA, J. R.; MARTINS, E. de S.; SPERA, S. T.; OLIVEIRA, S. R. de M.; BOLFE, E. L.; MANZATTO, C. V.; TOSTO, S. G.; VENTURIERI, A.; SA, I. B.; OLIVEIRA, V. A. de; SHINZATO, E.; ANJOS, L. H. C. dos; VALLADARES, G. S.; RIBEIRO, J. L.; MEDEIROS, P. S. C. de; MOREIRA, F. M. de S.; SILVA, L. S. L.; SEQUINATTO, L.; AGLIO, M. L. D.; DART, R. de O. Programa Nacional de Solos do Brasil (PronaSolos). EMBRAPA. Rio de Janeiro, 2016 54p.

VENTURI, L. A. B. O papel da técnica no processo de Produção Científica. In: VENTURI, L. A. B. (Org). Praticando Geografia: técnicas de campo e laboratório. São Paulo: Oficina de Textos, 2005.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Geografia Física: Currículo, Formação e Práticas de Ensino