Práticas em biogeografia como alternativa para ações de educação ambiental

Autores

  • Naijara Klafke Dalla Lana Universidade Federal de Santa Maria
  • Cibele Stefano Universidade Federal de Santa Maria
  • Mauro Kumpfer Werlang Universidade Federal de Santa Maria

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2004

Palavras-chave:

Biogeografia. Educação ambiental. Rio Grande do Sul

Resumo

O trabalho relata o desenvolvimento de um projeto de extensão visando promover práticas em Educação Ambiental. Para a aplicação da atividade foi designada uma turma do Colégio Técnico Industrial da Universidade Federal de Santa Maria, no Município de Santa Maria, no Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. A atividade foi realizada através de uma aula expositiva com cerca de cinquenta espécies ameaçadas de extinção no estado do Rio Grande do Sul, apresentando seus habitats naturais e peculiaridades. A proposta buscou estimular os estudantes à visualização, identificação, reflexão, discussão e sensibilização perante a temática da natureza, onde se procurou promover uma atitude reflexiva e crítica sobre ameaças aos ecossistemas. A partir dessa reflexão, delineou-se uma relação de interdependência entre os seres vivos e a natureza.  Após essa atividade foi elaborada uma trilha, onde os estudantes tiveram oportunidade de visualizar algumas espécies endêmicas e remanescentes da cobertura vegetal original da região.

Biografia do Autor

Naijara Klafke Dalla Lana, Universidade Federal de Santa Maria

Departamento de Geociências

Cibele Stefano, Universidade Federal de Santa Maria

Departamento de Geociências

Mauro Kumpfer Werlang, Universidade Federal de Santa Maria

Departamento de Geociências

Referências

AB’SÁBER, A. N. Os domínios morfoclimáticos na América do Sul: primeira aproximação. Vegetalia: Escritos e Documentos. São José do Rio Preto:IBILCE-UNESP, n. 15 1977a. 17p.

AYOADE, J. Introdução a climatologia dos trópicos. São Paulo: Difel, 1986.

CHRISTOFOLETTI, A. Geomorfologia. São Paulo: Edgard Blücher, 1980.

GUERRA, A. Dicionário geológico-geomorfológico. 4. ed. Rio de Janeiro: IBGE, 1975.

HOLZ, M. Do mar ao deserto: A evolução do Rio Grande do Sul no tempo geológico. 2. ed. Porto Alegre: Ed. da UFRGS, 2003.

LINDMAN,C. A. M. A vegetação do Rio Grande do Sul (Brasil Austral). Porto Alegre: Livraria Universal de Echenique Irmãos & Cia, 1906.

MARCATTO, C. Educação ambiental: conceitos e princípios. Belo Horizonte: FEAM, 2002.

MARCHIORI, J. N. C. Fitogeografia do Rio Grande do Sul. Campos Sulinos. Porto Alegre: EST, 2004.

MARCHIORI, J. N. C. Fitogeografia do Rio Grande do Sul. Campos Sulinos. Porto Alegre: EST, 2004.

MARTINS, M; SANO, P. Biodiversidade Tropical. São Paulo: Ed. da UNESP, 2009, 128 p.

RAMBO, B. A fisionomia do Rio Grande do Sul. Ensaio de monografia natural. São Leopoldo: 3. ed, Ed. da UNISINOS, 1956. 45 p.

RAMBO, B. Viagem ao Sudoeste do Rio Grande do Sul. Santa Maria: Ed. da UFSM, 2014. 200 p.

ROMARIZ, D. A. Biogeografia: temas e conceitos. São Paulo: Scortecci, 2012.

ROOS, J. L. S. Geografia do Brasil. 6. ed. São Paulo: Edusp, v. 1, 1996.

SEARA FILHO, G. Apontamentos de introdução à educação ambiental. Revista Ambiental, ano 1, v. 1, 1987, p. 40-44

TROPPMAIR, H. Biogeografia e o Meio Ambiente. 9. ed. Rio de Janeiro: Technical Books, 2012.

VIEIRA, E. F. Rio Grande do Sul. Geografia física e vegetação. Porto Alegre: Sagra, 1984.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Geografia Física: Currículo, Formação e Práticas de Ensino