Atropelamentos de animais silvestres no semiárido nordestino: estudo de caso da zona rural do município de Assú/RN

Autores

  • Jefferson Jerônimo Ferreira Universidade do Estado do Rio Grande do Norte
  • Ana Luiza Bezerra da Costa Saraiva Universidade do Estado do Rio Grande do Norte
  • Cláudia Câmara do Vale Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2040

Palavras-chave:

Fauna da Caatinga. Atropelamentos de animais. Rodovias

Resumo

Essa pesquisa teve como objetivo principal investigar a ocorrência de atropelamentos de animais silvestres da Caatinga no trecho entre as comunidades rurais de Linda Flor e Poré, localizadas na zona rural do município de Assú-RN, bem como apontar quais as espécies que são atropeladas com maior frequência, quais ás áreas onde o número de atropelamentos mais ocorre, além de apontar medidas mitigadoras que possam minimizar os impactos negativos causados à fauna local pelo deslocamento de veículos. O percurso analisado é equivalente a 11 km de estrada e apresenta larguras entre 10 e 15 m As coletas de dados foram realizadas a partir das 05:00h durante os dias 12/10/2016 à 18/10/2016. Pode-se constatar que o atropelamento de animais silvestres são frequentes na rodovia federal RN 016, destacando as aves e repteis. Faz parte dos objetivos dos autores realizar outros trabalhos envolvendo as problemáticas pesquisadas na mesma área.

Biografia do Autor

Jefferson Jerônimo Ferreira, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Departamento de Geografia

Ana Luiza Bezerra da Costa Saraiva, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Departamento de Geografia

Cláudia Câmara do Vale, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Departamento de Geografia

Referências

AB’SABER, A. N. Os domínios de natureza no Brasil: potencialidades paisagísticas. 3. ed. são paulo: ateliê editorial, 2003.

BARBOSA, J. O. A representação dos fixos e fluxos no circuito superior e circuito inferior na economia brasileira. Anais do VII Congresso Brasileiro de Geógrafos – ISBN: 978-85-98539-04-1. Vitória/ES, Agosto de 2014. Associação dos Geógrafos brasileiros, 2014. 12 p. Disponível em < http://www.cbg2014.agb.org.br/site/anaiscomplementares?AREA= > Acesso em : 13/12/2016.

BRASIL, Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes. Manual rodoviário de conservação, monitoramento e controle ambientais. 2. ed. Rio de Janeiro, 2005. Disponível em: <http://ipr.dnit.gov.br/normasemanuais/manuais/documentos/711_manual_rod_conserv_monit_controle_ambientais.pdf>. Acesso em: 27 mai. 2016.

BRASIL, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística . Regiões de influência das cidades. 2007. IBGE: Rio de Janeiro, 2008. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br/home/geociencias/geografia/regic.shtm?c=7>. Acesso em: 04 nov. 2016.

BRASIL, Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. Atlas da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção em Unidades de Conservação Federais. Brasília, 2011. Disponível em < http://www.icmbio.gov.br/portal/images/stories/documentos/Atlas-ICMBio-web.pdf > acesso em: 08/09/2016.

BRASIL, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis. Instrução normativa 169, de 20 de fevereiro de 2008. Disponível em: <http://www.icmbio.gov.br/sisbio/images/stories/instrucoes_normativas/IN%20n%20169%20manejo%20ex%20situ.pdf>. Acesso em: 23 nov. 2016.

BRASIL, Ministério do Meio Ambiente. Livro vermelho da fauna brasileira ameaçada de extinção. 1.ed. - Brasília, DF : MMA; Belo Horizonte, MG : Fundação Biodiversitas, 2008. Disponível em < http://www.mma.gov.br/publicacoes/biodiversidade/category/55-especies-ameacadas-de-extincao > Acesso em: 13/12/2016.

CBEE. Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas. Sistema Urubu: Ecologia de Estradas. Módulo 1, 2015. Disponível em <http://cbee.ufla.br/portal/index.php>. Acesso em: 05 nov. 2016.

IDEMA. Instituto de Desenvolvimento e Meio Ambiente do RN. Programa Apoio e Análise de Estudos de Alta Complexidade. 2008. Disponível em: < http://adcon.rn.gov.br/ACERVO/idema/DOC/DOC000000000004012.PDF>. Acesso em: 04 dez, 2012.

FERREIRA, J. J. Atropelamentos de animais silvestres: na RN 016 entre as comunidades de Linda Flor e Poré na Zona Rural de Assú/RN. Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Assú. Trabalho de Conclusão Curso (Graduação em Geografia). 2016.

PRADA, C. S. Atropelamento de vertebrados silvestres em região fragmentada do Nordeste do E.stado de São Paulo: quantificação do impacto e análise de fatores envolvidos. Dissertação (Mestrado) São Carlos: UFSCar, 2004. Disponível em: <http://www.procarnivoros.org.br/pdfs/dissertacao_cristiana_prada.pdf>. Acesso em: 27 mai.2016.

Projeto NUROF-UFC nas Nuvens do Núcleo Regional de Ofiologia da Universidade Federal do Ceará. Blog do NUROF-UFC: nome da postgem. Disponível em https://blogdonurof.wordpress.com 2012. Acesso em 08/03/2017.

RIO GRANDE DO NORTE. Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente. Perfil do seu município Assú. Natal, RN – 2008. Disponível em <http://adcon.rn.gov.br/ACERVO/idema/DOC/DOC000000000016656.PDF>. Acesso em: 10 set. 2016.

Wiki Aves - A Enciclopédia das Aves do Brasil. Disponível em < http://www.wikiaves.com/> Acesso em: Acesso em 08/03/2017.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Biogeografia, Manejo de Áreas Naturais e Protegidas: Conservação da Biodiversidade