Análise do comportamento das temperaturas médias e máximas diárias no município de Uberaba – MG, por meio de curvas de permanência no período de 1970 – 2015

Autores

  • Lucas Rafael Tiago Silva Universidade Federal de Uberlândia
  • Luiz Antônio de Oliveira Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2047

Palavras-chave:

Temperatura. Curva de permanência. Tendência. Anomalia. Uberaba

Resumo

O trabalho tem como objetivo identificar e analisar os resultados da curva de permanência, essa que segundo Tucci (2004), relaciona o nível de ocorrência de algum evento e a probabilidade de ocorrer tal evento em igual ou maior intensidade. Foram utilizados dados de temperatura média e máxima da estação convencional do município de Uberaba - MG, compreendendo uma série histórica de 46 anos (1970 a 2015). Os resultados encontrados mostram que os dados seguem uma tendência nos valores de temperatura, onde os dados com o maior valor, ou seja, as anomalias, representam 5% dos dados, enquanto que os demais dados representam os outros 95%. Trabalhos que desenvolvem temáticas de padronizações se tornam cada vez mais úteis para a sociedade, visto que estes podem prever possíveis tendências e anomalias.

Biografia do Autor

Lucas Rafael Tiago Silva, Universidade Federal de Uberlândia

Instituto de Geografia, Universidade Federal de Uberlândia

Luiz Antônio de Oliveira, Universidade Federal de Uberlândia

Instituto de Geografia, Universidade Federal de Uberlândia

Referências

AYOADE, J. O.. Introdução a climatologia para os trópicos. 4. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1996. 332 p.

BDMEP – Banco de Dados Meteorológicos para Ensino e Pesquisa. Disponível em: < http://www.inmet.gov.br/projetos/rede/pesquisa/inicio.php>. Acesso em: 15 de nov. de 2016.

CAMPOS, C. G. C.; BRAGA, H. J.; ALVES, R.. Mudanças climáticas atuais e seus impactos no estado de Santa Catarina. Agropecuária Catarinense, v. 19, p. 31-35, 2006.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br/>, acesso em 12 de nov. de 2015.

INMET – Instituto Nacional de Meteorologia. Disponível em: <http://www.inmet.gov.br/>, acesso em 03 de mar. de 2016.

OLIVEIRA, L. A.; SILVA, L. R. T.. Avaliação do índice de temperatura média e máxima no município de Lavras – MG. Revista Equador (online), v. 4, p. 1112-1119, 2015.

SANTOS, C. A. C. Estimativa e tendências de índices de detecção de mudanças climáticas com base na precipitação diária no Rio Grande do Norte e na Paraíba. Dissertação de Mestrado ─ Campina Grande, 2006.

TUCCI, C. E. M. (Org); da SILVEIRA, A. L. L; LANNA, A. E. L; BIDONE, F; SEMMELMANN, F; A. LOUZADA, J.A; BERTONI, J.C; FILHO, K.Z; BELTRAME, L. F. S; BORDAS, M. P; PESSOA, M. L; CAICEDO, N. L; CHEVALLIER, P; PORTO, R. L; CLARKE, R. T; Hidrologia: Ciência e Aplicação. 3ª Ed. Porto Alegre: Editora da UFGRS/ABRH, 2004. 943p.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Climatologia em diferentes níveis escalares: mudanças e variabilidades