Características fisiográficas da bacia hidrográfica do rio Piracuruca (CE-PI)

Autores

  • Francílio de Amorim dos Santos Instituto Federal do Piauí
  • Lúcia Maria Silveira Mendes Universidade Estadual do Ceará
  • Maria Lúcia Brito da Cruz Universidade Estadual do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2076

Palavras-chave:

Bacia de drenagem. Elementos geoambientais. Variáveis morfométricas

Resumo

Os objetivos deste estudo foram identificar e caracterizar os elementos fisiográficos que compõem a bacia hidrográfica do rio Piracuruca (BHRP), para subsidiar pesquisas futuras voltadas ao planejamento e gestão dos recursos hídricos na referida bacia. A metodologia adotada consistiu no uso de modelo digital de elevação (MDE) para delimitação da bacia e análise de suas variáveis morfométricas. Os resultados evidenciaram que o padrão de drenagem da bacia é dendrítico, com sistema de drenagem de 6ª ordem. A BHRP sofre influência da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), com chuvas concentradas entre janeiro a maio. Observou-se predomínio de Neossolos na BHRP, que apresentam maior suscetibilidade em relação a processos erosivos, caso sejam utilizadas técnicas de manejo inadequadas. Constatou-se que a área possui relativa predisposição a inundações, devido fator forma (Ff) de 0,46, índice de circularidade (Ic) de 0,34, coeficiente de compacidade (Kc) de 1,7 e índice de rugosidade (Ir) que indica baixa predisposição a enchentes abruptas.

Biografia do Autor

Francílio de Amorim dos Santos, Instituto Federal do Piauí

Instituto Federal do Piauí / Campus Piripiri.

Lúcia Maria Silveira Mendes, Universidade Estadual do Ceará

Universidade Estadual do Ceará / Campus do Itaperi.

Maria Lúcia Brito da Cruz, Universidade Estadual do Ceará

Universidade Estadual do Ceará / Campus do Itaperi.

Referências

ALVES SOBRINHO, T. Delimitação automática de bacias hidrográficas utilizando dados SRTM. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v.30, n.1, p.46-57, jan./fev. 2010.

CARELLI, L.; LOPES, P.P. Caracterização Fisiográfica da Bacia Olhos D’água em Feira de Santana/BA: Geoprocessamento Aplicado à Análise Ambiental. Boletim Goiano de Geografia. Goiânia, v. 31, n. 2, p. 43-54, jul./dez. 2011.

CHRISTOFOLETTI, A. Geomorfologia fluvial. Volume 1 - O canal fluvial. São Paulo: Edgard Blücher, 1981.

________. Geomorfologia. 2.ed. rev. e ampl. São Paulo: Edgard Blücher, 1980.

CPRM - Serviço Geológico do Brasil. Ministério de Minas e Energia. Mapas estaduais de geodiversidade: Piauí. Rio de Janeiro: CPRM. 2006. Documento cartográfico em arquivo vetorial. Disponível em http://geobank.sa.cprm.gov.br. Acesso em janeiro de 2014.

DUARTE, C.C.; GALVÍNCIO, J.D.; CORRÊA, A.C.B.; ARAÚJO, M.S.B. Análise fisiográfica da Bacia Hidrográfica do rio Tapacurá- PE. Revista de Geografia, Recife: UFPE – DCG/NAPA, v. 24, nº 2, mai/ago. 2007.

FERREIRA, C.W.S.; LIMA, C.S.; CAVALCANTI, L.C.S.; SANTOS, A.H.O. Caracterização morfométrica da Bacia Hidrográfica do Açude Cachoeira II, no município de Serra Talhada - PE, Brasil. In: VI Seminário Latino Americano de Geografia Física, II Seminário Ibero Americano de Geografia Física. Anais... Universidade de Coimbra, Maio de 2010.

FISTAROL, P.H.B.; BRANDOLFF, R.S.; SANTOS, J.Y.G. Análise Fisiográfica da Bacia do Rio de Ondas - BA. In: XVII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR, INPE, João Pessoa-PB, Brasil. Anais... 25 a 29 de abril de 2015. p.5469-5476.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Malha municipal digital do Brasil: situação em 2014. Rio de Janeiro:

IBGE, 2014. Disponível em: <ftp://geoftp.ibge.gov.br/malhas_digitais/>. Acesso em 04 de abril de 2016.

________. Cidades. Disponível em . Acesso em 10 de setembro de 2016.

PEREIRA NETO, M.C. Análise areal como subsidio aos estudos integrados da Bacia Hidrográfica do rio Seridó (RN/PB). Revista Equador (UFPI), Vol. 5, Nº 4 (Edição Especial 03), p.250-261. 2015.

SANTOS, F.A.; CRUZ, M.L.B. Balanço hídrico climatológico da Bacia Hidrográfica do rio Piracuruca, Nordeste do Brasil. In: I Congresso Internacional da Diversidade do Semiárido - I CONIDIS. Anais... 10 a 12 de novembro, Campina Grande (PB), 2016.

SILVA, J.R.; MOURA, A.C.M. Delimitação automática de sub-bacias hidrográficas no município de Ouro Preto-MG. In: XVI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR, INPE, Foz do Iguaçu, PR, Brasil. Anais... 13 a 18 de abril de 2013. p. 4496-4502.

SOARES, M.R.G.J.; SOUZA, J.L.M. Análise morfométrica da Bacia Hidrográfica do Rio Pequeno em São José dos Pinhais (PR). Geografia (Londrina), Londrina, v. 21, n. 1, p.019-036, jan./abr. 2012.

STRAHLER, A.N. Hypsometric analysis of erosional topography. Geological Society of America Bulletin, n. 63, p.111-1141, 1952.

USGS - United States Geological Service (Serviço Geológico dos Estados Unidos). Earth Explorer - Digital Elevation – SRTM 1 Arc-Second Global. 2015. Disponível em <http://earthexplorer.usgs.gov/>. Acesso em 23 de novembro de 2015.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Geotecnologias e Modelagem Espacial em Geografia Física