Utilização de imagens Landsat 8 (OLI) para mapeamento de áreas cultiváveis com arroz no estado de Santa Catarina – Brasil, safra 2014/2015 e 2015/2016

Autores

  • Miriam Rodrigues da Silva Universidade de Brasília
  • Cristiane Batista Salgado Universidade de Brasília
  • Nickolas Castro Santana Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2078

Palavras-chave:

Arroz. Estimativa. Previsão de safra. Segmentação. Índice Kappa

Resumo

O objetivo principal deste trabalho foi mapear e dar consistência às estimativas e previsões de produção de arroz no Estado de Santa Catarina e acompanhar a expansão ou retração da cultura, por meio das imagens Lansdat 8. A metodologia consistiu nos seguintes procedimentos: seleção de cenas de imagem Landsat 8 (OLI), processamento digital, segmentação, interpretação visual, trabalho de campo e validação dos dados. Foram obtidos dois mapas de ocupação de arroz irrigado, um para o ano safra 2014/2015 e outro para 2015/2016. A validação do mapeamento com o índice Kappa mostrou um alto nível de concordância dos dados. Este mapeamento detectou uma redução no plantio da cultura em relação ao ano anterior, provando ser eficiente porque acompanhou a retração da cultura. A análise temporal do Landsat 8 (OLI) foi essencial para diferenciar a dinâmica das culturas e para interpretar o cultivo do arroz.

Biografia do Autor

Miriam Rodrigues da Silva, Universidade de Brasília

Departamento de Geografia

Cristiane Batista Salgado, Universidade de Brasília

Departamento de Geografia

Nickolas Castro Santana, Universidade de Brasília

Departamento de Geografia

Referências

ANTUNES, A. F. B.; LINGNAU, C. Analise de acuracia de mapa de uso do solo oriundo de classificação de imagem de alta resolução. Boletim de Ciências Geodésicas (Impresso), v. Vol 4, p. 101-113, 2004.

AZAMBUJA, I. H. V.; MAGALHÃES JR, A. M.; VERNETTI JÚNIOR, F. J. Situação da cultura do arroz no Mundo e no Brasil. (Série Culturas, Arroz). 2002.

CAMPOS, P. M.; LIMA, F. A. S.; SOUZA, A. L. F. de; OLIVEIRA, D.; LIMA, F. M.; FERNANDES, L. B.; HANEMANN, L.; PIFFER, T. R. de O. Mapeamento do arroz irrigado no Estado do Rio Grande do Sul - Safra 2013/2014. 2015. In: XVII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, 2015, p. 1463-1469.

CONAB – Companhia Nacional de Abastecimento. Acompanhamento da safra brasileira de grãos. 2016. v. 3 - Safra 2015/16, n. 10 – Décimo levantamento, Brasília, p. 1-179, jul. 2016.

D'ARCO, E.; ALVARENGA, B. S.; RIZZI, R.; RUDORFF, B. F. T.; MOREIRA, M. A.; ADAMI, M. Geotecnologias na estimativa da área plantada com arroz irrigado. Revista Brasileira de Cartografia, v. 58, n.3, p. 247-253, 2006.

ENVI. Tutorial ENVI FX: classificação por regra / segmentação orientada ao objeto. Disponível em: http://xa.yimg.com/kq/groups/17314041/1168582786/name/modulo_envifx_.pdf. Acesso em 10 dez. 2015.

EPAGRI - Empresa de Pesquisa Agropecuaria e Extensao Rural de Santa Catarina. Histórico da produção de arroz irrigado. Disponível em: http://www.epagri.sc.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=84. Acesso em: 10 dez. 2015.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Levantamento sistemático da produção agrícola. Rio de Janeiro v.29 n.06 p.1-79 Junho,2016. Disponível em:http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/indicadores/agropecuaria/lspa/lspa_201606.pdf. Acesso em: 05 jun. 2016.

INSTITUTO CEPA/EPAGRI. Síntese Anual da Agricultura de Santa Catarina. v. 31. p. 82 - 97. Florianópolis, 2010. 10 dez. 2015.

JIN, C., XIAO, X., DONG, J., QIN, Y. E WANG, Z. Mapping paddy rice distribution using multi-temporal Landsat imagery in the Sanjiang Plain, northeast China. Frontiers of Earth Science, v. 10, n. 1, p. 49-62, 2015.

KLERING, E. V.; FONTANA, D. C.; ALVES, R. C. M.; ROCHA, J. V.; BERLATO, M. A. Estimativa de área cultivada com arroz irrigado para o Estado do Rio Grande do Sul a partir de imagens MODIS. Ciência e Natura, v. 35, p. 126-135, 2013.

KLERING, E. V.; GUTTERRES, D.; FONTANA, D. C.; BERLAT, O, M. A. Comparação entre os perfis temporais de arroz irrigado das coleções MODIS V004 e V005 para a região orizícola do Rio Grande do Sul. In: XIV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, Natal, p. 239-245, 2009.

KONTGIS, C.; SCHNEIDER, A.; OZDOGAN, M. Mapping rice paddy extent and intensification in the Vietnamese Mekong River Delta with dense time stacks of Landsat data. Remote Sensing of Environment, v. 169, p. 255-269, 2015.

MOREIRA. M. A.; SOUZA, I. M. Análise de resultados de segmentação por crescimento de regiões em diferentes técnicas de processamento digital dedados do

LANDSAT/TM para mapeamento de áreas cafeeiras. In: X Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, Foz do Iguaçu, p. 21-26, 2001.

MOSLEH, M.; HASSAN, Q.; CHOWDHURY, E. Application of Remote Sensors in Mapping Rice Area and Forecasting Its Production: A Review. Sensors, v. 15, n. 1, p. 769-791, 2015.

NAKAMURA, J. C. S.; NOVO, E. M. L. M. Mapeamento da mancha urbana utilizando imagens de média resolução: sensores CCD/CBERS2 e TM/Landsat5 - estudo de caso da cidade de Rio Branco-Acre. In: XII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, Goiânia. INPE, 2005. p. 3843-3850, 2005.

NASCIMENTO, P. S. R.; ALMEIDA FILHO, R. Utilização da técnica de segmentação em imagens TM/LANDSAT visando otimizar a técnica da interpretação visual. In: Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, Salvador - Ba. Inpe/Selper, 1996.

OZDOGAN, M. The spatial distribution of crop types from MODIS data: temporal unmixing using independent component analysis. Remote Sensing of Environment, vol. 114, p.1190-1204, 2010.

VASCONCELOS, C. H.; NOVO, E. M. L. M. Mapeamento do uso e cobertura da terra a partir da segmentação e classificação de imagens fração solo, sombra e vegetação derivadas do modelo linear de mistura aplicado a dados do sensor TM/LANDSAT5, na região do reservatório de Tucuruí-PA. Acta Amazônica (Impresso), Manaus, v. 34, p. 487-493, 2004.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Geotecnologias e Modelagem Espacial em Geografia Física