Seções - tipo e representação das paisagens no alto sertão sergipano, nordeste brasileiro

Autores

  • Riclaudio Silva Santos Universidade Federal de Sergipe
  • Daniel Rodrigues de Lira Universidade Federal de Sergipe
  • Josefa Eliane Santana de Siqueira Pinto Universidade Federal de Sergipe

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2087

Palavras-chave:

Modelagem espacial. Análise integrada. Semiárido

Resumo

O presente estudo teve como objetivo construir três perfis integrados das paisagens, em municípios localizados no Território do Alto Sertão Sergipano. Por meio do Sensoriamento Remoto e do Geoprocessamento, foram utilizados bancos de dados, além de pesquisas anteriores, para elaborar os perfis que apresentam as características litológicas, pedológicas, geomorfológicas, da topografia e da cobertura vegetal dos municípios pesquisados. A partir da construção dos referidos perfis, foi possível observar as características principais das áreas em estudo, assim como entender a estrutura que reúne os componentes desta paisagem. Para realizar um comparativo entre os municípios, levando-se em conta sua localização geográfica e as características identificadas nas diferentes paisagens. Que contribuiu para o entendimento das interações entre os elementos físicos que compõem o Alto Sertão Sergipano.

Biografia do Autor

Riclaudio Silva Santos, Universidade Federal de Sergipe

Departamento de Geografia Itabaiana

Daniel Rodrigues de Lira, Universidade Federal de Sergipe

Departamento de Geografia Itabaiana

Josefa Eliane Santana de Siqueira Pinto, Universidade Federal de Sergipe

Programa de Pós-Graduação em Geografia

Referências

BERTRAND, Claude & BERTRAND, Georges. O sistema GTP (Geossistema, Território, Paisagem) O retorno do Geográfico? (Cap. IV). In: Uma geografia transversal e de travessias: o meio ambiente através dos territórios e das temporalidades. Organizador: Messias Modesto dos Passos. Maringá: Ed. Massoni, 2009. 360p.

CAPRA, Fritjof. A teia da vida. São Paulo: Cultrix, 1996.

CAVALCANTI, L. C. S. Cartografia de paisagens: fundamentos. São Paulo. Oficina de Textos, 2014.

MANOSSO, Fernando Cesar. ESTUDO INTEGRADO DA PAISAGEM NAS REGIÕES NORTE, OESTE E CENTRO-SUL DO ESTADO DO PARANÁ: RELAÇÕES ENTRE A ESTRUTURA GEOECOLÓGICA E A ORGANIZAÇÃO DO ESPAÇO. Bol. Geogr., Maringá, v. 26/27, n. 1, p.81-94. 2008/2009.

MAGUIRE, D.; GOODCHILD, M.F.; RHIND, D.W. (1993) Geographical Information Systems. Longman Scientific & Technical, Vol. 1 e 2, NY.

ROSA, Roberta. Geotecnologias na Geografia Aplicada. Revista do Departamento de Geografia, 16, p.81-90. 2005.

SANTOS, R. S. Et al. MAPEAMENTO GEOMORFOLÓGICO DO ALTO SERTÃO SERGIPANO, ATRAVÉS DE APLICAÇÕES

GEOTECNOLÓGICAS. In: XI SINAGEO - Simpósio Nacional de Geomorfologia, 2016, Maringá / PR. ANAIS DO 11º SINAGEO, 2016.

______. APLICAÇÃO DO ÍNDICE DA VEGETAÇÃO POR DIFERENÇA NORMALIZADA (NDVI) NA AVALIAÇÃO DO TERRITÓRIO DO ALTO SERTÃO SERGIPANO. In: XXIII ENGA - Encontro Nacional de Geografia Agrária, 2016, Aracaju / SE. ANAIS DO XXIII ENGA, 2016.

Serviço Geológico dos Estados Unidos - USGS. Disponível em: <http://earthexplorer.usgs.gov/>. Acesso em: 20.set.2016.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Geotecnologias e Modelagem Espacial em Geografia Física