Integração de sensores geofísicos e geoestatística para mapear atributos do solo

Autores

  • Hugo Machado Rodrigues Universidade Federal Fluminense
  • Gustavo M. Vasques Embrapa Solos

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2088

Palavras-chave:

Sensoriamento proximal do solo. Pedometria. Geoestatística

Resumo

O conhecimento da variação espacial dos atributos do solo é primordial para o gerenciamento do sistema agrícola. O objetivo do trabalho foi mapear, em uma área de 3,4 ha em Seropédica, RJ, a condutividade elétrica aparente, susceptibilidade magnética e os teores dos elementos radioativos tório e urânio do solo, medidos por sensores geofísicos in situ, e os teores de argila, ferro, carbono orgânico e umidade, e capacidade de troca catiônica do solo, medidos em laboratório, em 130 pontos amostrais. Comparou-se krigagem ordinária com krigagem universal utilizando as coordenadas geográficas x e y e a elevação como covariáveis. Os dois métodos de krigagem produziram mapas com padrão de distribuição espacial e índices de incerteza semelhantes. Outrossim, os padrões de dependência e distribuição espacial foram similares entre os atributos geofísicos e os de laboratório, evidenciando o potencial da geofísica para o mapeamento de atributos do solo. 

Biografia do Autor

Hugo Machado Rodrigues, Universidade Federal Fluminense

Geógrafo, Universidade Federal Fluminense

Gustavo M. Vasques, Embrapa Solos

Pesquisador, da Embrapa Solos

Referências

BRITO, L. DE F.; MARQUES JÚNIOR, J.; PEREIRA, G. T.; LA SCALA JUNIOR, N. Spatial variability of soil CO2 emission in different topography positions. Bragantia, v. 69, p. 19-27, 2010.

CAMARGO, L. A.; MARQUES JÚNIOR, J.; PEREIRA, G. T.; HORVAT, R. A. Variabilidade espacial de atributos mineralógicos de um Latossolo sob diferentes formas de relevo. I - Mineralogia da fração argila. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 32, p. 2269-2277, 2008.

CORWIN, D. L.; LESCH, S. M. Apparent soil electrical conductivity measurements in agriculture. Computers & Electronics in Agriculture, v. 46, p. 11-43, 2005.

EMBRAPA SOLOS. Manual de Métodos de Análise de Solo. 2.ed. rev. Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 2011. (Documentos, 132)

GÓES, M. H. B. Diagnóstico Ambiental por Geoprocessamento do Município de Itaguaí. 1994. 529 f. Tese (Doutorado em Geografia) - Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, Rio Claro. 1994.

MANN, K. K.; SCHUMANN, A. W.; OBREZA, T. A.; HARRIS, W. G.; SHUKLA, S. Spatial variability of soil physical properties affecting Florida citrus production. Soil Science, v. 175, p. 487-499, 2010.

MELLO, G.; BUENO, C. R. P.; PEREIRA, G. T. Variabilidade espacial de perdas de solo, do potencial natural e risco de erosão em áreas intensamente cultivadas. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 10, p. 315-322, 2006.

MELLO, L. C. Geofísica por eletrorresistividade e possibilidades de água subterrânea no assentamento rural Casas Altas-Eldorado, Seropédica, RJ. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS, 10., 1998, São Paulo. Anais... São Paulo: Associação Brasileira de Águas Subterrâneas, 1998.

MINASNY, B., MCBRATNEY, A. B. A conditioned Latin hypercube method for sampling in the presence of ancillary information. Computers & Geosciences, v. 32, p. 1378–1388, 2006.

MONTANARI, R.; MARQUES JÚNIOR, J.; PEREIRA, G. T.; SOUZA, Z. M. Forma da paisagem como critério para otimização amostral de Latossolos sob cultivo de cana-de-açúcar. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 40, p. 69–77, 2005.

PANOSSO, A. R.; MARQUES JÚNIOR, J.; PEREIRA, G. T.; LA SCALA JUNIOR, N. Spatial and temporal variability of soil CO2 emission in a sugarcane area under green and slash-and-burn managements. Soil & Tillage Research, v. 105, p. 275–282, 2009.

PEBESMA, E. J. Multivariable geostatistics in S: the gstat package. Computers & Geosciences, v. 30, p. 683–691, 2004.

R CORE TEAM. R: A Language and Environment for Statistical Computing. Viena, Áustria: R Foundation for Statistical Computing, 2015.

RODRIGUES, H. M.; VASQUES, G. M. Propriedades eletromagnéticas mostram potencial para mapear atributos do solo correlacionados em R. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE ESTATÍSTICA COM R, 1., 2016, Niterói. Anais... Niterói: Universidade Federal Fluminense, 2016.

RODRIGUES, H. M.; VASQUES, G. M.; COELHO, M. R. Sensores proximais como auxílio para tomadas de decisão em manejo do solo. In:

REUNIÃO BRASILEIRA DE MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA, 20., 2016, Foz do Iguaçu. Anais... Londrina: Instituto Agronômico do Paraná, 2016.

SANCHEZ, R. B.; MARQUES JÚNIOR, J.; PEREIRA, G. T.; SOUZA, Z. M. Variabilidade espacial de propriedades de Latossolo e da produção de café em diferentes superfícies geomórficas. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 9, p. 489–495, 2005.

SILVA, A. M.; MELLO, C. R.; CURI, N. I.; OLIVEIRA, P. M. Simulação da variabilidade espacial da erosão hídrica em uma sub-bacia hidrográfica de Latossolos no sul de Minas Gerais. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 32, p. 2125–2134, 2008.

WEBSTER, R.; OLIVER, M. A. Geostatistics for Environmental Scientists. 2.ed. Chichester: John Wiley & Sons, 2007.

WILFORD, J. R., BIERWIRTH, P. N., CRAIG, M. A. Application of airborne gamma-ray spectrometry in soil/regolith mapping and applied geomorphology. AGSO Journal of Australian Geology and Geophysics, v. 17, p. 201–216, 1997.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Solos e Paisagens