Caracterização ombrotérmica da bacia hidrográfica do rio São Francisco e indicativos de mudanças climáticas de curto prazo

Autores

  • Junia Kacenelenbogen Guimarães Universidade Federal da Bahia
  • Leidyane Sampaio Bispo Universidade Federal da Bahia
  • Adeylan Nascimento Santos Faculdade Salvador

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2092

Palavras-chave:

Rio São Francisco. Precipitação. Temperatura. Mudanças climáticas

Resumo

A dinâmica climática da bacia hidrográfica do rio São Francisco é muito importante para os diversos usos que nela se realizam. Neste trabalho foram estudadas séries históricas de precipitação e temperatura média compensada de dezoito estações distribuídas na bacia. Com base nos dados climatológicos analisados, a bacia foi dividida em cinco setores com diferentes características climatológicas. Também foram ajustadas retas de tendência às séries históricas de temperatura média compensada anual e precipitação total anual. Observou-se uma tendência de aumento de temperatura, em taxas que variaram de 0,009°C/ano, na região mais a leste da bacia, a 0,039°C/ano, na região mais interiorana. No que diz respeito à precipitação, esta apresentou tendências de redução em quase toda a bacia, com taxas que variaram de -4,5 mm/ano a -13,5mm/ano, exceto no seu setor mais meridional, no qual houve aumento de precipitação, com taxa média de 0,16 mm/ano.

Biografia do Autor

Junia Kacenelenbogen Guimarães, Universidade Federal da Bahia

Departamento de Geografia/Instituto de Geociências, Universidade Federal da Bahia

Leidyane Sampaio Bispo, Universidade Federal da Bahia

Departamento de Geografia/Instituto de Geociências, Universidade Federal da Bahia

Adeylan Nascimento Santos, Faculdade Salvador

Escola de Arquitetura, Engenharia e Tecnologia da Informação/Faculdade Salvador.

Referências

ANA. Região Hidrográfica do São Francisco. Disponível em: http://www2.ana.gov.br/Paginas/portais/bacias/SaoFrancisco.aspx. Acesso em: 21/12/2016.

CARVALHO, L.M.V; JONES, C. Zona de Convergência do Atlântico Sul. In: In: CAVALCANTI, I.F.A.; FERREIRA, N.J.; SILVA, M.G.A.J.; DIAS, M.A.F.S. Tempo e Clima no Brasil. São Paulo: Oficina de Textos, 2009, p. 95-110.

CBHSF. A Bacia. Disponível em: http://cbhsaofrancisco.org.br/a-bacia/. Acesso em: 21/12/2016.

EMBRAPA. Brasil em relevo. Disponível em: https://www.cnpm.embrapa.br/projetos/relevobr/download/index.htm. Acesso em: 07/01/2017.

EMBRAPA. Monitoramento por Satélite. Mapa de Cobertura Vegetal do Brasil. – CNPM. Disponível em: <http://www.cobveget.cnpm.embrapa.br/. Acessado em: 08/08/2013>.

IBGE. Manual Técnico da Vegetação Brasileira. 2ª Edição. Rio de Janeiro: IBGE, 2012.

IPCC. Chapter 27: Central and South America. In: IPCC. Climate Change 2014: Impacts, Adaptation and Vulnerability. Part B: Regional Aspects. IPCC, 2014, p. 1499-1566. Disponível em: https://www.ipcc.ch/pdf/assessment-report/ar5/wg2/WGIIAR5-Chap27_FINAL.pdf. Acesso em: 14/02/2017.

MENDONÇA, F.; DANNI-OLIVEIRA, I.M. Climatologia: noções básicas e climas do Brasil. São Paulo: Oficina de Textos, 2007.

NIMER, E. Climatologia do Brasil. Rio de Janeiro: IBGE, 1989.

SANTOS, C. A. C.; BRITO, J. I. B. Análise dos índices de extremos para o semi-árido do Brasil e suas relações com TSM e IVDN. Revista Brasileira de Meteorologia, v. 22, n.3, p. 303-312, 2007.

SANTOS, C. A. C.; BRITO, J. I. B.; RAO, T.V.R; MENEZES, H.E.A. Tendências dos índices de precipitação no estado do Ceará. Revista Brasileira de Meteorologia, v.24, n.1, 39-47, 2009.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Climatologia em diferentes níveis escalares: mudanças e variabilidades