Cobertura das terras da bacia hidrográfica do Longá, Piauí, Brasil

Autores

  • Diana Silva Melo Universidade Federal do Piauí
  • Cláudia Maria Sabóia Aquino Universidade Federal do Piauí
  • Andréa Maciel Lima Universidade Federal do Piauí

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2114

Palavras-chave:

SIG. Cobertura das terras. Bacia Hidrográfica

Resumo

O presente trabalho visa identificar as diferentes classes de cobertura atual das terras da Bacia Hidrográfica do Rio Longá. As imagens de satélites foram processadas a partir de aplicativos do sistema de informação geográfica ArcGIS, sendo as mesmas posteriormente interpretadas. A metodologia empregada assemelhou-se ao trabalho de Amorim (2015), que adotou uma pesquisa exploratória via computador. Foram gerados três mapas de cobertura, de acordo com as três cenas das imagens de satélite correspondentes ao pontos/órbitas 219/62, 219/63 e 218/63 respectivamente. Para cada cena foram identificadas as diferentes tipologias como segue: Área de Tensão Ecológica, Cerrado, Caatinga Arbustiva, Caatinga Arbustiva Aberta, Caatinga Arbustiva Densa, Campos Abertos/Playas, Corpos de Água e Solo Exposto, distribuídas nas cenas 1, 2 e 3. A presente classificação indicou predomínio expressivo das classes: caatinga, cerrado e áreas de tensão ecológica. O predomínio destas classes sugere um bom estado de conservação da cobertura vegetal na área de estudo. 

Biografia do Autor

Diana Silva Melo, Universidade Federal do Piauí

Departamento de Geografia. Universidade Federal do Piauí

Cláudia Maria Sabóia Aquino, Universidade Federal do Piauí

Departamento de Geografia. Universidade Federal do Piauí

Andréa Maciel Lima, Universidade Federal do Piauí

Departamento de Geografia. Universidade Federal do Piauí

Referências

AMORIM, João Victor Alves; VALLADARES, Gustavo Souza. Classificação não-supervisionada em imagens RapidEye do Delta do Parnaíba-PI. JORNADA DE ESTUDOS DE GEOGRAFIA FÍSICA, 3, Teresina, PI. In: Anais... Teresina, PI, 2015. Disponível em: < http://www.jornadageofisicaufpi.com.br/2015/arquivos/anais.pdf> Acesso em: 29 mai. 2016.

COELHO, V.H. Dinâmica do uso e ocupação do solo em uma bacia hidrográfica do semiárido brasileiro. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental. v.18, n.1, p. 64-72, Campina Grande, PB, 2014.

IBGE. Manual técnico de uso da terra. 3ª ed. Rio de Janeiro: IBGE, 2013. 172p. (Manuais técnico em Geociências, nº 7).

PIAUÍ. Coordenadoria de Comunicação Social do Governo (CCOM). Bacia do Longá. Disponível em: <http://www.ccom.pi.gov.br/download/longa.pdf>. Acesso em: 20 abr. 2016.

SILVA, R.K. de O. Risco de degradação do alto curso da sub-bacia do Rio Longá- PIAUÍ. 2015. 85 f. Dissertação de Mestrado (Programa de Pós- Graduação em Geografia – Universidade Federal do Piauí) Teresina, 2015.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Bacias Hidrográficas e Recursos Hídricos: Análise, Planejamento e Gestão