Análise ambiental do trecho urbano do rio Barra Nova no município de Caicó/RN

Autores

  • Ana Clara Damasceno Souza Medeiros Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Ana Caroline Damasceno Souza Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Roberta Kelly Cardoso Fernandes Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Diógenes Félix da Silva Costa Universidade Federal do Rio Grande do Norte

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2125

Palavras-chave:

Rios Urbanos. Ocupação Desordenada. Degradação

Resumo

Um recurso natural indispensável para a sobrevivência da vida é a água, sua utilidade é insubstituível para os seres que dela dependem. Desde as primeiras civilizações, as comunidades procuravam se estabelecer próximos a lugares que apresentavam disponibilidade hídrica. Neste estudo buscou-se realizar a análise preliminar dos impactos ambientais no trecho urbano do rio Barra Nova em Caicó/RN, em que foi possível constatar durante seu percurso vários problemas existentes em decorrência da falta de ordenamento territorial, como o lançamento de esgotos domésticos sem tratamento, poluição de lixo e entulho, além da presença de animais soltos. A situação em que se encontra o rio demonstra que devemos tomá-la como uma situação emergencial, necessitando de ações e políticas públicas voltadas para a adequação do planejamento urbano com intervenções imediatas, provocando debates políticos intermunicipais para buscar soluções para que seja possível uma revitalização, pois seguindo seu curso esta água é utilizada para o abastecimento de várias cidades.

Biografia do Autor

Ana Clara Damasceno Souza Medeiros, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Grupo de Pesquisa em Geoecologia e Biogeografia de Ambientes Tropicais. Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Ana Caroline Damasceno Souza, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Grupo de Pesquisa em Geoecologia e Biogeografia de Ambientes Tropicais. Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Roberta Kelly Cardoso Fernandes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Grupo de Pesquisa em Geoecologia e Biogeografia de Ambientes Tropicais. Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Diógenes Félix da Silva Costa, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Grupo de Pesquisa em Geoecologia e Biogeografia de Ambientes Tropicais. Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Referências

FARIA, C. E. Os eventos geográficos e a expansão urbana de Caicó: Desigualdades e Coexistências na URBE. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Instituto Federal do Rio Grande do Norte – 2011. 177 f. IFRN, Natal, 2011. p.83-130.

FERNANDES, R.K.C. Análise da ocupação das margens do Rio Barra Nova no trecho urbano de Caicó – RN. Monografia (Bacharel em Geografia) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Centro de Ensino Superior do Seridó, Caicó, 2014.

OLIVEIRA, A.M.; COSTA, D.F.S.; ARAÚJO,W.S.; SILVA, E.E.S. Análise dos serviços ecossistêmicos em reservatórios da Região Nordeste Semiárida do Brasil. REGNE, v. 2, n. especial, p.1447-1458, 2016.

PRADO, R. B. Geotecnologias aplicadas à análise espaço-temporal do uso e cobertura da terra e qualidade da água do reservatório de Barra Bonita, SP, como suporte à gestão de recursos hídricos. 2004. 172 f. Tese (Doutorado) - Centro de Recursos Hídricos e Ecologia Aplicada, Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, São Carlos. 2004.

REBOUÇAS, A. C.; BRAGA, B. B.; TUNDISI, J. G.; Águas Doces no Brasil. 3 ed. São Paulo: Escrituras, 2006.

SÁNCHEZ, L. E. Avaliação de Impacto Ambiental: conceitos e métodos. 2 ed. São Paulo: Oficina de Textos, 2013.

SANTOS, A. R.; CUNHA, D. M.; CRUZ, F. M. O trecho urbano do Rio Doce no bairro São Tarcísio em Governador Valadares/MG: análise descritiva da degradação ambiental. In XVI SIMPÓSIO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA FÍSICA APLICADA, 2015, Teresina/PI. Anais... Terezina/PI, 2015.

SILVA, R. M. A. Entre o combate à seca e a convivência com o semi-árido: transições paradigmáticas e sustentabilidade do desenvolvimento. 2006. 298 f.. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Sustentável)-Universidade de Brasília, Brasília, 2006.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Bacias Hidrográficas e Recursos Hídricos: Análise, Planejamento e Gestão