Análise comparativas de variáveis limnológicas na bacia do Arroio Grande

Autores

  • Victor Daitx Lima Universidade Federal de Santa Maria
  • Marinéli Moraes Gaberti Universidade Federal de Santa Maria
  • Waterloo Pereira Filho Universidade Federal de Santa Maria

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2141

Palavras-chave:

Limnologia. Uso da terra. Precipitação pluviométrica

Resumo

O presente artigo comparou os dados limnológicos encontrados em amostras do Arroio Grande e o seu afluente Arroio do Veado relacionado com o uso da terra e a precipitação pluviométrica. As variáveis limnológicas utilizadas foram o pH e condutividade elétrica e os dados de precipitação foram identificados em um período de 15 dias antes de cada amostragem. O Arroio Grande apresentou dados que mostram ser uma área mais afetada pelo uso do solo. Portanto, observou se que a presença de lavoura de arroz faz com que aumente a condutividade elétrica e diminua o valor do pH. Em relação as condições de chuvas mais intensas observaram-se diminuição tanto da condutividade elétrica quanto do pH. O uso da terra e as condições da precipitação pluviométrica são determinantes nas condições limnológicas do arroio estudado.

Biografia do Autor

Victor Daitx Lima, Universidade Federal de Santa Maria

Centro de ciências Naturais e exatas, Curso De Geografia Da Universidade Federal de Santa Maria

Marinéli Moraes Gaberti, Universidade Federal de Santa Maria

Centro de ciências Naturais e exatas, Curso De Geografia Da Universidade Federal de Santa Maria

Waterloo Pereira Filho, Universidade Federal de Santa Maria

Centro de ciências Naturais e exatas, Curso De Geografia Da Universidade Federal de Santa Maria

Referências

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Bacias Hidrográficas e Recursos Hídricos: Análise, Planejamento e Gestão