Caracterização morfométrica de um sistema flúvio-lagunar no litoral semiárido do Brasil (Porto do Mangue - RN)

Autores

  • Iago Bezerra Azevedo Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Wanderson Silva Araújo Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Ana Caroline Damasceno Souza Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Diógenes Félix da Silva Costa Universidade Federal do Rio Grande do Norte

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2149

Palavras-chave:

Sistemas flúvio-lagunares. Laguna. Morfometria. Geoprocessamento. Porto do Mangue

Resumo

Os sistemas flúvio-lagunares são ambientes comuns nas planícies costeiras mundiais, ocupam aproximadamente 12% da costa Sul-americana, maior número no Brasil. Consideram-se como laguna, corpos d’água rasos, separado do oceano por uma barreira natural.  Ao longo do litoral setentrional do Rio Grande do Norte, existe uma variedade de sistemas flúvio-lagunares. Portanto, este trabalho teve como objetivo realizar a caracterização do padrão morfométrico do sistema flúvio-lagunar lagamar de Porto do Mangue (RN), a partir do uso de Sistema de Informações Geográficas e de imagens de satélite Landsat TM 5, Landsat TM 8 e Resourcesat 2 LIS3. O padrão morfométrico atibuíu-se através do índice F que o caracterizou como dendrítico. Constatou-se que o sistema é abastecido na dinâmica de maré alta, através do estuário do rio dos Cavalos. Apresenta ao longo de suas margens um solo hipersalino, vegetação de Savana-Estépica e mangue, com uma área inundada de acordo com a maré.

Biografia do Autor

Iago Bezerra Azevedo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Wanderson Silva Araújo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Ana Caroline Damasceno Souza, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Diógenes Félix da Silva Costa, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Referências

Bibliografia

COSTA, D. F. S.; ROCHA, R. M.; CESTARO, L. A. Análise fitoecológica e zonação de manguezal em estuário hipersalino. Mercator, v. 13, n. 1, p. 119-126, jan./abr. 2014.

COSTA, D. F. S.; GUEDES, D.R.C. ; MOREIRA DA SILVA, D. E.. Identificação dos padrões morfométricos dos sistemas lacustres e flúvio-lagunares no litoral setentrional do Rio Grande do Norte. Boletim Paulista de Geografia, v. 94, p. 65-83, 2016.

GUEDES, D. R. C. Identificação dos padrões morfométricos dos ecossistemas aquáticos costeiros no litoral setentrional do Rio Grande do Norte. 2014. Monografia (Bacharelado em Geografia) – Departamento de Geografia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Caicó, 2014.

KJERFVE, B. Coastal Lagoon Processes. Elsevier Oceanography Series, Amsterdan, 1994, 577 p.

MAIA, R. P.; AMARAL, R. F.; GURGEL, S. P. P. Geomorfologia do Estado do Rio Grande do Norte. ALBANO, G. P; FERREIRA, L. S; ALVES, A. M. (Org.). Capítulos de Geografia do Rio Grande do Norte. Natal: Fundação José Augusto, 2013. p. 21- 59.

SILVA, D. E. M.; GUEDES, D. R. C.; COSTA, D. F. S. Caracterização morfométrica de sistemas flúvio-lagunares no litoral Semiárido do Brasil. Encontro Estadual de Geografia do Rio Grande do Norte, 2014, Caicó. Anais... Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2014.

TUNDISI, J. G.; MATSUMURA-TUNDISI, T. Limnologia. São Paulo: Oficina de textos, 2008.

ZEDLER, J. B. Wetlands at your service: reducing impacts of agriculture at the watershed scale. Frontiers in the Ecology and the Environment, v. 1, n. 2, p. 65- 72, 2003.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Biogeografia, Manejo de Áreas Naturais e Protegidas: Conservação da Biodiversidade