Emprego de geotécnicas no estudo da variação morfológica da laguna do rio Barra Nova, Caucaia – CE

Autores

  • Arthur Melo Nobrega Universidade Estadual do Ceara
  • Antônio Emanuel dos Santos Silva Universidade Estadual do Ceara
  • José Wellington Severiano Lima Universidade Estadual do Ceara
  • Davis Pereira Paula Universidade Estadual do Ceara

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2170

Palavras-chave:

Laguna costeira. Rio Barra Nova. DGPS. Imagens de satélite

Resumo

As lagunas costeiras são ambientes rebaixados em relação ao nível médio de preamar com comunicação efêmera ou permanente com o mar, esses ambientes desempenham um importante papel no turismo e na dinâmica cultural das comunidades praianas, como é o caso da região litorânea em que a Laguna do rio Barra Nova em Caucaia-CE está localizada. Este é um ambiente com desenvolvimento de múltiplas atividades como pesca artesanal, kitesurf e banho. Destarte, esse estudo tem como objetivo analisar as alterações na morfologia da Laguna do Rio Barra Nova, entre os anos de 2004 e 2016. 

Biografia do Autor

Arthur Melo Nobrega, Universidade Estadual do Ceara

Universidade Estadual do Ceara

Antônio Emanuel dos Santos Silva, Universidade Estadual do Ceara

Universidade Estadual do Ceara

José Wellington Severiano Lima, Universidade Estadual do Ceara

Universidade Estadual do Ceara

Davis Pereira Paula, Universidade Estadual do Ceara

Universidade Estadual do Ceara

Referências

FREITAS, Maria da Conceição. Lagunas costeiras: ambientes em evolução. Seminário sobre Lagunas Costeiras e Ilhas-barreira da Zona Costeira de Portugal. Associação Eurocoast-Portugal, p. 107-123, 1996.

SANTOS, R. J.; ARANTES, E. M. Turismo e Dinâmica Cultural em uma Comunidade de Pescadores Artesanais: o Caso do Farol de Santa Marta em Laguna (SC). Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo, v.4, n. 1, p. 5-23, 2010.

SILVA, Carlos Pereira da. Gestão Litoral: integração de estudos de percepção da paisagem e imagens digitais na definição da capacidade de carga de praias. O Troço Litoral S. Torpes-Ilha do Pessegueiro. 2001.

URANO, D. G.; COCHAND, A.; FIGUEIREDE, S. L.; NOBREGA, W. R. M.; SONAGLIO, K. E. Turismo e Desenvolvimento em Comunidades Litorâneas do Nordeste Brasileiro: Os Casos de Canoa Quebrada, CE, e Maracajaú, RN. Revista Rosa dos Ventos Turismo e Hospitalidade, v. 7, n. 4, p. 574-590, out-dez, 2015.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Dinâmica e Gestão de Zonas Costeiras