Poluição por lixo nas praias de Abraão e Preta na borda setentrional-oriental da Ilha Grande (Angra dos Reis, RJ) e o impacto socio-ambiental

Autores

  • Andrea Viana Macedo Universidade do Estadual do Rio de Janeiro
  • André Luiz Carvalho da Silva Universidade do Estadual do Rio de Janeiro
  • Emanuelle Assunção Loureiro Madureira Universidade do Estadual do Rio de Janeiro
  • Carolina Perreira Silvestre Universidade Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2180

Palavras-chave:

Iha Grande. Dinâmica costeira. Lixo marinho. Plástico. Uso e ocupação

Resumo

O presente trabalho objetivou compreender os usos relacionados a distribuição, composição e fonte de resíduos sólidos nas praias de Abraão e Preta no litoral setentrional-oriental da Ilha Grande em Angra dos Reis (RJ). Essa área impressiona pela beleza natural e biodiversidade que atrai turistas do Brasil e do mundo, o que tem gerado problemas relacionados a produção de lixo na ilha. Os monitoramentos foram realizados nas estações de inverno (2015) e verão (2016), em dois locais na praia de Abraão e um na praia Preta. Plásticos, cigarros e restos de obras foram os materiais mais encontrados nas praias estudadas. Apesar da coleta diária, observou-se a presença de lixo em ambas as praias, com destaque para o setor sudeste de Abraão, onde a estrutura voltada para o turismo é maior. Na praia Preta, embora localizada dentro do PEIG, o lixo encontrado é deixado em grande parte por frequentadores. 

Biografia do Autor

Andrea Viana Macedo, Universidade do Estadual do Rio de Janeiro

Departamento de Geografia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – FFP-UERJ.

André Luiz Carvalho da Silva, Universidade do Estadual do Rio de Janeiro

Departamento de Geografia da - UERJ.

Emanuelle Assunção Loureiro Madureira, Universidade do Estadual do Rio de Janeiro

Departamento de Geografia da - UERJ.

Carolina Perreira Silvestre, Universidade Federal Fluminense

Dinâmica dos Oceanos e da Terra da Universidade Federal Fluminense – UFF.

Referências

BAPTISTA NETO, J.A., FONSECA, E.M. 2011. Seasonal, spatial and compositional variation of beach debris along of the eastern margin of Guanabara Bay (Rio de Janeiro) in the period of 1999–2008. J. Journal of Integrated Coastal Zone Management. Vol. 11, pp. 31–39.

GODOI, V. A., CALADO, L., WATANABLE, W. de B., YAGINUMA, L. E., Bastos, M. Evento extremo de ondas na Baía da Ilha Grande: um estudo de caso. Boletim do Observatório Ambiental Alberto Ribeiro Lamego, Campos dos Goytacazes/RJ, v. 5 n. 2, p. 27-44, jul. / dez. 2011.

GRALATO, J. C. A.; SILVA, A. L. C.; SILVESTRE. C. P.; BATISTA, A. S. 2015. Caracterização fisiográfica e textural das praias no litoral oriental da Ilha Grande no município de Angra dos Reis, RJ. Anais do XVI Simpósio de Geografia Física e Aplicada. Teresina, pp. 1720-1727.

PRADO, R. M. 2003. Tensão no Paraíso: Aspectos da Intensificação do Turismo na Ilha Grande. Caderno Virtual de Turismo. Vol. 3, N° 1.

SANTOS, I.R., WALLNER-KERSANACH, M., BAPTISTA NETO, J. A., 2008. Poluição marinha, por resíduos sólidos. pp. 309-330.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Dinâmica e Gestão de Zonas Costeiras