Compartimentação morfopedológica das bacias hidrográficas dos rios Ferreira e Itapirapuã e o processo de fragmentação das coberturas e usos de terras

Autores

  • Janete Rêgo Silva Universidade Estadual de Goiás
  • Flávia Regina de Queiroz Batista Universidade Federal de Goias
  • Ernane Ferreira Costa Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2218

Palavras-chave:

Compartimentação morfopedológica. Bacia Hidrográfica. Fragmentação da paisagem

Resumo

As bacias hidrográficas dos rios Ferreira e Itapirapuã, no estado de Goiás passaram por um processo histórico de intensa conversão da cobertura vegetal nativa e ocupação das terras, e sofreram expressivos impactos ambientais. Este trabalho tem por objetivo analisar a relação entre os compartimentos morfopedológicos e os processos de fragamentação da cobertura e uso das terras relacionadas a este, em escala de detalhe. A definição dos compartimentos foi realizada com base nos dados do SRTM, utilizou-se imagens LANDSAT e RapidEye. Para tanto, foram produzidos mapas de cobertura e uso das terras, da compartimentação morfopedológica da área e calculadas as métricas de fragmentação da paisagem. Como resultado constatou-se que, as áreas dos topos dos morros e as próximas aos cursos d’água ainda possuem uma cobertura remanecesnte bem conservada, por manterem uma maior proporção de fitofisionomias florestal e savânica, enquanto as áreas mais aplainadas estão convertidas em pastagem.

Biografia do Autor

Janete Rêgo Silva, Universidade Estadual de Goiás

Campus Universitário de Niquelândia, Universidade Estadual de Goiás.

Flávia Regina de Queiroz Batista, Universidade Federal de Goias

Programa de pós-gradução em Ciências Ambientais, Universidade Federal de Goias.

Ernane Ferreira Costa, Universidade Federal de Goiás

Instituto de Estudos Sociambientais, Universidade Federal de Goiás.

Referências

BARREIRA, C. C. M. A.; Região da Estrada do Boi: Usos e Abusos da Natureza. 1. ed. Goiânia: UFG, 1997. v. 1. 154p.

BRASIL, MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. Mapeamento do Uso e Cobertura do Cerrado: Projeto TerraClass Cerrado, 2013, MMA, sbf. Brasília: MMA, 2015. 67p.,

ESTEVAM, L. O tempo da transformação – estrutura e dinâmica da formação econômica de Goiás. Goiânia: ed. do autor, 1998.

EMBRAPA-EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA. Sistema Brasileiro de Classificação dos Solos. Brasília: DF, 1999.

JESUS, S. C., MIURA, A.K., Análise espacial de fragmentos de Cerrado como subsídio para a seleção de áreas prioritárias para a conservação. Anais do XIV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, Natal, Brasil, 25-30 abril, 2009, INPE, 3943-3950 p.;

HERMUCHE, P. M., GUIMARÃES, G., M., A., CASTRO, S. S., Análise dos Compartimentos Morfopedológicos como Subsídios ao Planejamento do Uso do Solo em Jataí- GO. GEOUSP – Espaço e Tempo, n° 26, São Paulo, 2009, 113-131 p.,

MACHADO, L. E D; LIMA, C. V; Compartimentação geomorfológica da bacia hidrográfica do Rio Vermelho (GO) utilizando imagens ASTER. XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto – SBSR. 2011 Curitiba - PR.

NUNES, E. D; Modelagem de processos hídricos lineares no município de Mineiros – GO: Compartimentação morfopedológica, parâmentros morfométricos e morfográficos do relevo e sistemas pedológicos associados. Tese de Doutorado. IESA-UFG. 2015. 242 p.

SCARAMUZZA, C. A. M. et al., Áreas prioritárias para a conservação da biodiversidade em Goiás. In. A encruzilhada socioambiental: Biodiversidade, economia e sustentabilidade no Cerrado. Org. Ferreira, L. G. Editora UFG. 2008.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente – MMA. Mapeamento do Uso e Cobertura do Cerrado: TerraClass Cerrado 2013. MMA, SBF. Brasília: MMA, 2015. 67 p.

TURNER, I.M.; CHOONG, M.F.; TAN, H.T.; LUCAS P.W. How tough are sclerophylls? Annals of Botany, 71, 1996, 343-345 p.;

VALENTE, C. R. Geotectonic, geologic evolution and regional geomorphology of the Araguaia river basin, Central Brazil. Tese de Doutorado. CIAMB-UFG. 2007. 204 p.

VIEIRA, P. A. Dinâmica de ocupação, vulnerabilidade e cenários para a Bacia Hidrográfica do Rio Vermelho, Goiás. Tese de doutorado. CIAMB-UFG. 2013. 93p.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Geotecnologias e Modelagem Espacial em Geografia Física