Mapeamento de unidades de paisagem como análise da planície costeira: reserva extrativista marinha Caeté-Taperaçú/Bragança-PA

Autores

  • Thais Sousa Universidade Federal do Pará
  • Erlen Assis Universidade Federal do Pará
  • Bruna Pontes Universidade Federal do Pará
  • Estevão Barbosa Universidade Federal do Pará

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2280

Palavras-chave:

Unidades de paisagem. RESEX. Geoprocessamento. Planícies costeiras. Manguezal

Resumo

O presente trabalho produziu como resultado um mapa de unidades de paisagem na Planície Costeira Bragantina por meio de geotecnologias, utilizando uma abordagem metodológica que inclui técnicas de geoprocessamento, revisão bibliográfica e pesquisa de campo, no qual se tencionou demonstrar a eficiência do SIG para a análise de geossistemas costeiros e a importância da delimitação de unidades de paisagem dentro de reservas extrativistas marinhas.

Biografia do Autor

Thais Sousa, Universidade Federal do Pará

Universidade Federal do Pará

Erlen Assis, Universidade Federal do Pará

Universidade Federal do Pará

Bruna Pontes, Universidade Federal do Pará

Universidade Federal do Pará

Estevão Barbosa, Universidade Federal do Pará

Universidade Federal do Pará

Referências

BERTRAND, G. Paisagem e geografia física global. Esboço metodológico. R. RAEGA, Curitiba, n. 8, Editora UFPR, p. 141-152, 2004.

CONTENTE, A. C. P. Bragança: um breve olhar sobre a reserva extrativista caeté-taperaçú. Amazônia, Revista Antropologia, p.682-706, 2013.

ROSS, J. L. S. O registro cartográfico dos fatos geomórficos e a questão da taxonomia do relevo. Revista do Departamento de Geografia, n. 6, São Paulo,1992.

SOUZA FILHO, P. W. M & EL-ROBRINI, M. Morfologia, processos de sedimentação e litofácies dos ambientes morfosedimentares de Planície Costeira Bragantina – Nordeste do Pará (Brasil). Geonomos, 4: 1-16, 1996.

TEIXEIRA, E.; SOUZA FILHO, P. W. M Mapeamento de ambientes costeiros tropicais (Golfão Maranhense, Brasil) utilizando imagens de sensores remotos orbitais. Revista Brassileira de Geofísica. vol.27. São Paulo 2009.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Dinâmica e Gestão de Zonas Costeiras