Paisagem e percepção de riscos ambientais: aproximação de conceitos

Autores

  • Ronivaldo Silva Magno Universidade Federal do Pará
  • Jorge Alex de Almeida Souza Universidade Federal do Pará
  • Vanessa Aparecida do Nascimento Gomes Universidade Federal do Pará
  • Marcia Aparecida da Silva Pimentel Universidade Federal do Pará

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2332

Palavras-chave:

Paisagem. Percepção de risco. Vulnerabilidade. Resiliência

Resumo

Paisagem, percepção de risco, vulnerabilidade e resiliência são temas de conferências nacionais e internacionais, sobretudo quando relacionado às mudanças climáticas e seus efeitos sobre os ambientes naturais e sobre a sociedade. A noção de risco está relacionada tanto às ciências naturais quanto às ciências da sociedade. Quando se utiliza o conceito de risco ambiental é necessário compreender a dinâmica de dois componentes que funcionam como sistema, ou seja, o sistema natural e o sistema social, ambos apresentam dinâmica própria, mas nesse nível de interpretação (dimensão da paisagem) devem ser tomados de forma integrada. Este trabalho objetiva fazer uma aproximação entre os conceitos de paisagem e percepção de risco, por meio de revisão de literatura.

Biografia do Autor

Ronivaldo Silva Magno, Universidade Federal do Pará

Instituto de Filosofia e Ciências Humanas/ Faculdade de Geografia e Cartografia, Universidade Federal do Pará.

Jorge Alex de Almeida Souza, Universidade Federal do Pará

Instituto de Filosofia e Ciências Humanas/ Faculdade de Geografia e Cartografia, Universidade Federal do Pará.

Vanessa Aparecida do Nascimento Gomes, Universidade Federal do Pará

Instituto de Filosofia e Ciências Humanas/ Faculdade de Geografia e Cartografia, Universidade Federal do Pará.

Marcia Aparecida da Silva Pimentel, Universidade Federal do Pará

Instituto de Filosofia e Ciências Humanas/ Faculdade de Geografia e Cartografia, Universidade Federal do Pará.

Referências

BERTRAND, G. Paisagem e Geografia Física Global. Esboço metodológico. R.RA’EGA, n.8. p. 141-152. Curitiba: UFPR, 2004.

CASTRO, M.; PEIXOTO, M. N. O.; PIRES DO RIO, G. A. Riscos ambientais e geografia: conceituações, abordagens e escalas. Anuário do Instituto de Geociências, Rio de Janeiro: UFRJ, v.28, n.2, p.11-30, 2005. Disponível em: <http://www.ppegeo.igc.usp.br/index.php/anigeo/article/view/4830>. Acesso em:07 jan. 2017.

CAVALCANTE, J.; ALOUFA, M. Percepção de Riscos Ambientais: uma análise sobre riscos de inundações em Natal-RN, Brasil. Investigaciones Geográficas, Boletín del instituto de Geografía, Universidad Nacional Autónoma de México, n. 84, p. 54-68. 2014. Disponível em:< http://www.revistas.unam.mx/index.php/rig/article/view/33709/41820>. Acesso em:25 jan. 2017.

ESTEVES, C. J. O. Risco e vulnerabilidade socioambiental: Aspectos Conceituais. Cad. Ipardes – Estudos e Pesquisas, Curitiba, v.1, n.2, p. 62-79, jul./dez. 2011. Disponível em:<http://www.ipardes.pr.gov.br/ojs/index.php/cadernoipardes/article/view/421>. Acessado em: 12 nov. 2016.

MARANDOLA JR; HOGAN, D. J. As dimensões da vulnerabilidade. São Paulo em Perspectiva, São Paulo: Fundação SEADE, v.20, n.1, p.33-43, jan./mar. 2006. Disponível em:< http://produtos.seade.gov.br/produtos/spp/v20n01/v20n01_03.pdf>. Acesso em: 13 out. 2016.

MARQUES, J. C. Ciência Geomorfológica In: GUERRA, A.J.T.; CUNHA, S.B. Geomorfologia: uma atualização de bases e conceitos. 8ed. RJ: Bertrand, p.23-50, 2008.

MENDONÇA, F. A. Riscos, vulnerabilidade e abordagem socioambiental urbana: uma reflexão a partir da RMC e de Curitiba. Desenvolvimento e Meio Ambiente, Curitiba: Ed. da UFPR, n.10, p.139-148, jul./dez. 2004.

MENDONÇA, F. Riscos, vulnerabilidades e resiliência socioambientais urbanas: Inovações na análise geográfica. Curitiba: Anpege, v.7, n1, número especial, p. 111-118, out. 2011.

PASSOS, M. M.. Biogeografia e Paisagem.2.ed. Maringá, 2003.

PROST, M.T.R. da C.; FRANÇA, C.F. de; PIMENTEL, M. A. da S.; MENDES, A. C. Geomorfologia e Paisagem Costeira Amazônica. In: OLIVEIRA, J. M. G. C. de. Espaço, natureza e sociedade: olhares e perspectivas. Belém: GAPTA/UFPA, p.231-256, 2013.

SANDEVILLE J. E. Paisagem. Paisagem Ambiente: ensaios - n. 20 - São Paulo - p. 47 - 60 – 2005. Disponível em:<http://www.revistas.usp.br/paam/article/view/40228/0>. Acesso em : 3 fev. 2017.

TUAN,Y.F. Topofilia: um estudo da percepção, atitudes e valores do meio ambiente. São Paulo: DIFEL,1980.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Geografia Física e Desastres Naturais