Vulnerabilidade sociambiental em decorrência de enchentes do rio Itapecuru no município de Cantanhede, Maranhão

Autores

  • Igor de Luccas Santos Universidade Federal do Maranhão
  • Ulisses Denache Vieira Souza Universidade Federal do Maranhão
  • Antonio Cordeiro Feitosa Universidade Federal do Maranhão

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2353

Palavras-chave:

Vulnerabilidade socioambiental. Enchentes. Rio Itapecuru. Cantanhede-MA

Resumo

A ocupação do espaço às margens dos leitos fluviais constitui fator de vulnerabilidade de populações rurais e urbanas submetidas a diferentes níveis de vulnerabilidade socioambiental, situação recorrente nos grandes rios do Norte e Nordeste do Brasil. Nesse estudo, abordam-se os impactos das enchentes para evidenciar a vulnerabilidade socioambiental das famílias residentes nas áreas marginais ao rio Itapecuru no Município de Cantanhede, estado do Maranhão, em especial no ano de 2009, para localizar os povoados atingidos e demonstrar a situação de risco das ocupações irregulares.

Biografia do Autor

Igor de Luccas Santos, Universidade Federal do Maranhão

Núcleo de Estudos e Pesquisas Ambientais - NEPA, UFMA.

Ulisses Denache Vieira Souza, Universidade Federal do Maranhão

Núcleo de Estudos e Pesquisas Ambientais - NEPA, UFMA.

Antonio Cordeiro Feitosa, Universidade Federal do Maranhão

Núcleo de Estudos e Pesquisas Ambientais - NEPA, UFMA.

Referências

CEDEC-MA - COORDENADORIA ESTADUAL DE PROTEÇÃO E DEFESA CIVIL DO ESTADO DO MARANHÃO. Relatório de Ações da CEDECMA “ANO 2009”. São Luís: CEPDECMA, 2014.

FEITOSA, A. C.; ALMEIDA, E. P. de. A Degradação Ambiental do Rio Itapecuru na Sede do Município de Codó – MA. São Luís: Caderno Pesquisa, n. 13, n 1, p 31-45, jan./jun., 2002.

Jornal Pequeno. Cheia do Itapecuru deixa desabrigados em Cantanhede. Publicado no dia 26 de março de 2009. Disponível em: <https://jornalpequeno.com.br/2009/04/26/cheia-do-itapecuru-deixa-desabrigados-em-cantanhede/>. Acesso em 15 de março de 2017.

FERREIRA, V. Cantanhede também sofre com enchente do rio Itapecuru. Jornal Pequeno. Publicado no dia 05 de maio de 2009. Disponível em: < https://edicao.jornalpequeno.com.br/impresso/2009/05/05/cantanhede-tambem-sofre-com-a-enchente-do-rio-itapecuru/>. Acesso em 15 de março de 2017.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. de A. Fundamentos da Metodologia Cientifica. 5ª ed. São Paulo: Atlas S. A. 2003.

NUGEO - Núcleo Geoambiental. Regiões Hidrográficas do Maranhão. UEMA/NUGEO, 2009. Disponível em < http://www.nugeo.uema.br/?page_id=233>. Acesso em 13 de março de 2017.

SANTOS, R. F. dos; CALDEYRO, V. S. Paisagens, Condicionantes e Mudanças. Cap. 2. In: SANTOS, R. F. dos (org). Vulnerabilidade Ambiental. Brasília: MMA, 2007.

SILVA, D. de J.; CONCEIÇÃO, G. M. da. Rio Itapecuru: caracterização geoambiental e socioambiental, município de Caxias, Maranhão, Brasil. Scentia Plena. Volume 7, nº 01, 2011.

TUCCI, C. E. M. Inundações e Drenaem Urbana. In: TUCCI, C. E. M.; BERTONI, Juan C. Inundações Urbanas na América do Sul. Porto Alegre: ABRH, 2003.

UEMA. Atlas do Maranhão. São Luís: GEPLAN, 2002.

RABELO, T. O.; LOUZEIRO, A. S.; DENACHE, U. D. V.; FEITOSA, A. C. Catástrofes Naturais no Maranhão: as principais cidades afetadas pelas enchentes do rio Itapecuru. N° 663 In: 9° SIMPÓSIO NACIONAL DE GEOMORFOLOGIA, 2012, Rio de Janeiro. Anais do 9° SINAGEO (online), 2012.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Geografia Física e Desastres Naturais