A cartografia e as geotecnologias como subsídio para o ensino de geografia: capacitação de professores de geografia da rede pública

Autores

  • Renata Cristina Zanilatto Universidade Estadual Paulista
  • Alexandre Magnum Leme Universidade Estadual Paulista
  • Andréia Medinilha Pancher Universidade Estadual Paulista
  • Ivan Shieh Basotti Universidade Estadual Paulista

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2365

Palavras-chave:

Cartografia. Geotecnologias. Ensino. Capacitação

Resumo

Na Era da Globalização a qual nos encontramos, o ensino traz novos desafios aos educadores. A Cartografia e suas tecnologias vêm sendo empregadas de forma crescente no ensino público paulista, e esta integração da cartografia e das geotecnologias à educação escolar contribui para que os alunos sejam capazes de melhor entender as relações entre meio-ambiente e sociedade (no caso da Geografia).Para tanto, é necessário difundir, popularizar e explorar essas geotecnologias no ensino básico, conforme sugere o INPE.O presente artigo é componente de um Projeto de Extensão intitulado “Geotecnologias para alfabetização cartográfica de professores de Geografia do ensino da rede pública”, realizado na Universidade Estadual Paulista  e financiado pela PROEX.O projeto não se restringiu a tão somente apresentar os recursos das geotecnologias, mas também em mostrar aos educadores a contribuição dessa tecnologia para a construção do conhecimento e compreensão da realidade, possibilitando-os exercer a cidadania e o poder de intervir na realidade.

Biografia do Autor

Renata Cristina Zanilatto, Universidade Estadual Paulista

Departamento de Planejamento Territorial e Geoprocessamento/ Geografia, UNESP.

Alexandre Magnum Leme, Universidade Estadual Paulista

Departamento de Planejamento Territorial e Geoprocessamento/Geografia, UNESP.

Andréia Medinilha Pancher, Universidade Estadual Paulista

Departamento de Planejamento Territorial e Geoprocessamento/Geografia, UNESP.

Ivan Shieh Basotti, Universidade Estadual Paulista

Departamento de Planejamento Territorial e Geoprocessamento/Geografia, UNESP.

Referências

ANDRADE, M. A; Caminhos e Descaminhos da Geografia, 2006.

BASOTI, I., LEME, A., PANCHER, M., ZANILATTO, R. O uso das geotecnologias para o ensino da Geografia: uma análise do caderno do professor. Rio Claro. 2013.

CORREA, M. G. G.; FERNANDES, R. R.; PAINI, L. D. Os avanços tecnológicos na educação: o uso das geotecnologias no ensino de geografia, os desafios e a realidade escolar. Maringa, v. 32, n. 1 p. 91-96, 2010.

DEETZ, C. H; Cartografia. 2006.

DUARTE, P. A; Fundamentos de Cartografia. 1994.

FITZ, P. R; Cartografia básica. 2008.

GONÇALVES, M.I; Uso do sensoriamento remoto na produção do conhecimento escolar como proposta para utilização das tecnologias espaciais na sala de aula. In. Anais XII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto. Goiânia, 2005, p. 1289-1296.

JOLY, F. A cartografia. Campinas: Papirus, 2004.

SANTOS, S. R.; SANTOS, V. P. dos.; SOUZA, U. B. de.; BORGES, E. F.; SANTOS, P. S. Geotecnologias aplicadas ao ensino de Geografia: Um estudo de caso na cidade de Barreiras-BA. Anais XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR, Curitiba, PR, Brasil, 30 de abril a 05 de maio de 2011, INPE p.3394-3399.

Santos, V. M. N; O uso escolar de dados de sensoriamento remoto como recurso didático pedagógico no estudo do meio ambiente. São José dos Campos, INPE, 2002.

SILVA, F. G. da.; CARNEIRO, C. D. R. As geotecnologias nos livros didáticos: uma análise para o ensino médio. Anais XV Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto - SBSR, Curitiba, PR, Brasil, 30 de abril a 05 de maio de 2011, INPE p.3295-3301.

Silva, A. S; Sistemas de informações geo-referenciadas. 1999.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Geografia Física: Currículo, Formação e Práticas de Ensino