Uso de oficinas de maquete como subsídio pedagógico para o ensino de geografia física: experiência na bacia hidrográfica do rio Alcântara, São Gonçalo, RJ

Autores

  • Antônio Enagio Farias de Oliveira Universidade do Estado do Rio de Janeiro
  • Cilene Daudt Vieira Universidade do Estado do Rio de Janeiro
  • Wendel Guimarães Alves Universidade do Estado do Rio de Janeiro
  • Otávio Miguez Rocha Leão Universidade do Estado do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2369

Palavras-chave:

Ensino de geografia física. Bacia hidrográfica. Educação ambiental. Recurso didático

Resumo

Com a intensificação do processo de urbanização, os recursos hídricos estão sendo cada vez mais poluídos, principalmente os rios. Esse processo vem ocorrendo no município de São Gonçalo, leste metropolitano do Rio de Janeiro, onde os rios da região encontram-se em sua maioria em estados de degradação, devido sobretudo à ocupação desordenada. Uma das soluções viáveis a serem apresentadas nesse cenário, que pode amenizar essa problemática, é a educação ambiental. O presente trabalho busca apresentar reflexões acerca da importância do ensino da Geografia física nas escolas. O uso de recursos didáticos em sala de aula vem ganhando força na atualidade devido ao grande interesse que o alunado mostra ao ser apresentado a tal experiência. As atividades foram desenvolvidas com turmas do 7° e 8° ano do ensino fundamental e 1° e 2° ano do ensino médio, as oficinas fazem parte do projeto do PIBID. A maquete foi o recurso didático escolhido para ser aplicados nas oficinas, pois, a mesma proporciona ao discente participação integral com a atividade, pois, se tornam os principais agentes e uma gama de conteúdos é trabalhada ao mesmo tempo, assim também permiti a criatividade dos mesmos, transformando o abstrato em algo concreto para o mesmo.

Biografia do Autor

Antônio Enagio Farias de Oliveira, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Cilene Daudt Vieira, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ/FFP.

Wendel Guimarães Alves, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ/FFP.

Otávio Miguez Rocha Leão, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ/FFP.

Referências

CHRISTOFOLETTI, A. Geomorfologia. São Paulo: Eggard Blucher, 1980.

DIAS, Genebaldo Freire. Educação Ambiental: princípios e práticas. Editora Gaia, São

Fiscarelli, Rosilene. Material didático: discursos e saberes. Junqueira&Marin: Araraquara, São Paulo, 2008.

FONSECA, S. F.; SANTOS, S. M.; MARINS NETO, W. 2011. A Geografia Como Instrumento de Análise das áreas de Potencial Turístico em Buritizeiro – MG. I Seminário de Ciência, Tecnologia e Gestão. Faculdade de Ciência e Tecnologia Alto Médio São Francisco FAC-FUNAM. p. 02-10.

Macedo, L. d.; Petty, A. L. S.; Passos, N. C. Os Jogos e Lúdico na Aprendizagem Escolar. Porto Alegre: Editora Artmed, 2005.

ROSS, Jurandyr Luciano Sanches. Ecogeografia do Brasil: subsídios para planejamento ambiental. São Paulo: Oficina de Textos, 2009. 1ª reimpressão.

VIEIRA, Elaine; VOLQUIND, Lea. Oficinas de ensino: O quê? Por quê? Como? 4. ed. Porto Alegre: Edipucrs, 2002.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Geografia Física: Currículo, Formação e Práticas de Ensino