Geo-localização de eventos extremos de chuva na bacia hidrográfica do Rio Preto – MG/RJ

Autores

  • Daiane Evangelista Oliveira Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Cássia de Castro Martins de Ferreira Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Débora Couto Assis Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Franciele de Oliveira Pimentel Universidade Federal de Juiz de Fora

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2391

Palavras-chave:

Eventos extremos. Chuva. Análise estatística

Resumo

Eventos extremos, ou arritimias, são os responsáveis pelos maiores e mais intensos transtornos que as chuvas podem causar à sociedade. Percebidos de forma mais atenta que o próprio ritmo habitual, são um tipo de alteração no regime das chuvas que necessita ser estudado, pois podem vir a trazer perdas materiais e de vida. Neste contexto, o presente estudo teve por objetivo pesquisar as excepcionalidades das chuvas na bacia hidrográfica do rio Preto-MG/RJ, identificando os eventos que seriam considerados como extremos para a climatologia da região (p95 e acima de 50mm). O banco de dados utilizado compreedeu séries meteorológicas arquivadas no Hidroweb da ANA e cartas sinóticas da marinha. A análise temporal foi realizada em planilhas do Ecxel e a espacialização dos dados em software ArcGIS10. Constatou-se que a somatória de dias com registros considerados como extremos não foi similar entre as estatísticas, nem teve uma distribuição espacial homogênea. 

Biografia do Autor

Daiane Evangelista Oliveira, Universidade Federal de Juiz de Fora

Departamento de Geociências, Universidade Federal de Juiz de Fora. 

Mestre em geografia.

 

Cássia de Castro Martins de Ferreira, Universidade Federal de Juiz de Fora

Departamento de Geociências, Universidade Federal de Juiz de Fora. 

Docente PPGEO/UFJF.

 

Débora Couto Assis, Universidade Federal de Juiz de Fora

Departamento de Geociências, Universidade Federal de Juiz de Fora. 

Mestre em geografia.

 

Franciele de Oliveira Pimentel, Universidade Federal de Juiz de Fora

Departamento de Geociências, Universidade Federal de Juiz de Fora. 

Mestranda em geografia. 

 

Referências

- ANA – Agencia Nacional das Águas. http://hidroweb.ana.gov.br/

- AB’SÁBER, A. N. Províncias geológicas e domínios morfoclimáticos no Brasil. Geomorfologia: São Paulo. 1970.

- CAVALCANTI, I. F.A.; FERREIRA, N.J.; SILVA, M.G.A.J.; DIAS, M.A.F.S. Tempo e clima no Brasil. Oficina de textos: São Paulo. 2009.

- IBGE – INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATISTICA. http://cidades.ibge.gov.br/xtras/home.php/

- FERREIRA, C. C. M. Tipos de tempo de categorias climáticas na Bacia do Rio Paraibuna – MG. São Paulo: USP, 2002. Tese (Doutorado), Universidade de São Paulo.

- GALVANI, E.; LUCHIARI, A. Critérios para classificação de anos com regime pluviométrico normal, seco e úmido. In: GALVANI, E.; LIMA, N. G. B. Climatologia aplicada: resgate aos estudos de caso. 1. Ed. Curitiba: CRV, 2012.

- NASCIMENTO JÚNIOR, L. As chuvas no Paraná: Variabilidade, teleconexões, e impactos de eventos extremos. 2013. Presidente Prudente: UNESP. 2013. Dissertação (mestrado) -

- NIMER, E. Climatologia do Brasil. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística: Rio de Janeiro. 1979.

- MONTEIRO, C. A. M. Análise rítmica em climatologia: problemas da atualidade em São Paulo e achegas para um programa de trabalho. Instituto de Geografia da USP: São Paulo. 1971.

- MONTEIRO, C. A. F. A dinâmica climática e as chuvas do estado de São Paulo: estudo geográfico sob forma de atlas. IGEOG: São Paulo. 1973.

- MONTEIRO, C.A.F.M. Clima e excepcionalismo: conjecturas sobre o desempenho da atmosfera como fenômeno geográfico. UFSC: Florianópolis. 1991.

- NUMES, L.H. Impacto Pluvial na Serra do Paranapiacaba e Baixada Santista. São Paulo: USP, 1990. Dissertação (Mestrado), Universidade de São Paulo.

- NUMES, L.H. Distribuição espaço-temporal da pluviosidade no Estado de São Paulo: tendências, variabilidade, processos intervenientes. São Paulo: USP, 1997. Tese (Doutorado), Universidade de São Paulo.

- OLIVEIRA, D.E.; ASSIS, D.C.; FERREIRA, C.C.M.; Definição de unidades climáticas para a bacia hidrográfica do rio Paraibuna, MG/RJ. In: Simpósio Brasileiro de Climatologia Geográfica, 2014, Curitiba-PR diponilizado em midia (pendrive do evento).

- OLIVEIRA, D.E.; ASSIS, D.C.; FERREIRA, C.C.M. Distribuição espacial da sazonalidade nos tipos de tempo para a bacia do rio Preto, MG/RJ. In: XI Encontro da ANPEGE, 2015, Presidente Prudente-SP. Cd de Anais, 2015.

- OLIVEIRA, D. E. Participação dos sistemas atmosféricos na gênese e ritmo das chuvas na bacia hidrográfica do rio Preto, MG/RJ - anos de 2006, 2007, 2008. Juiz de Fora: UFJF, 2016. Dissertação (Mestrado), Universidade Federal de Juiz de Fora.

- ROCHA, G. C. Riscos Ambientais: Analise e Mapeamento em Minas Gerais. UFJF: Juiz de Fora. 2005.

- SANT’ANNA NETO, J.L. Por uma Geografia do Clima, antecedentes históricos, paradigmas contemporâneos e uma nova razão para um novo conhecimento. Revista Terra Livre, n° 17, 2° semestre de 2001, p. 49-62.

- SANTOS, M. A natureza do espaço. Hucitec: São Paulo. 1996. Reimpressão 2014.

- VEYRET, Y. Os riscos: O homem como agressor e vitima do meio ambiente. Contexto: São Paulo. 2003. Reimpressão 2015.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Climatologia em diferentes níveis escalares: mudanças e variabilidades