A influência da bacia hidrográfica no clima urbano da Amazônia: análise do clima na bacia do Igarapé Ambé no perímetro urbano de Altamira - PA, no período de implantação da UHE Belo Monte, 2011 à 2015.

Autores

  • Alexandre Augusto Cardoso Lobato Universidade Federal do Pará
  • Paulo Marcio Sousa Goveia Universidade Federal do Pará
  • Thiago Silva dos Santos Universidade Federal do Pará
  • Wellington de Pinho Alvarez Universidade Federal do Pará

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2449

Palavras-chave:

Temperatura. Bacia hidrográfica. Paisagem. Espaço urbano

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo analisar a temperatura (°C) da superfície do perímetro urbano de Altamira - Pará e suas relação com a bacia do igarapé Ambé, neste o uso de geotecnologias, especialmente o sensoriamento remoto, na região do infravermelho termal dos sensores Landsat-5/TM e Landsat-8/OLI permitiu a espacialização da temperatura, bem como, sua relação com nova dinâmica espacial oriunda dos processos de implementação da Usina da Hidrelétrica de Belo Monte (UHEBM) no Rio Xingu. 

Biografia do Autor

Alexandre Augusto Cardoso Lobato, Universidade Federal do Pará

Bolsista do Laboratório Integrado de Geotecnologia (LABIGEO), Universidade Federal do Pará (UFPA).

Paulo Marcio Sousa Goveia, Universidade Federal do Pará

Bolsista do Laboratório Integrado de Geotecnologia (LABIGEO), Universidade Federal do Pará (UFPA).

Thiago Silva dos Santos, Universidade Federal do Pará

Bolsista do Laboratório Integrado de Geotecnologia (LABIGEO), Universidade Federal do Pará (UFPA).

Wellington de Pinho Alvarez, Universidade Federal do Pará

Docente da Faculdade de Geografia, Coordenador do Laboratório de Geotecnologia, Universidade Federal do Pará (UFPA).

Referências

ANDRADE, A. F.; BOTELHO, M. F.; CENTENO, J. A. S. Classificação de imagens de alta resolução integrando variáveis espectrais e forma utilizando redes neurais artificiais. XI Simpósio Brasileiro de sensoriamento Remoto. Anais. Belo Horizonte, Brasil: INPE, p. 265-272, 2003.

BERQUE, A (1984): Paysage-empreinte, paysage-matrice: eléments de problématique pour une géographie culturelle. L’Espace Géographique. 13 (4): 33-34.

BERTRAND, G; BERTRAND, C. Uma geografia transversal e de travessias: o meio ambiente através de territórios e das temporalidades. PASSOS, M. M. (organizador), Maringá: Ed. Massoni, 2009.

CÂMARA, Gilberto; DAVIS, Clodoveu; MONTEIRO, Antônio Miguel Vieira (org.). Introdução à Ciência da Geoinformação. São José Campos, Inpe, 2001.

CAMPANA, N. A. & TUCCI, C. E. M. Estimativa de Áreas Impermeável de MacroBacias Urbanas. Revista Brasileira de Engenharia. Caderno de Recursos Hídricos, vol.12, n. 2, dez/1994.

CHRISTOFOLETTI, A. Morfologia do relevo na média bacia do Rio Corumbataí. In: Simpósio de Geografia Física Aplicada. São Paulo: Anais, 1994.

CHRISTOFOLETTI, A. A Análise de Bacias Hidrográficas. Geomorfologia. 2. ed.

CORRÊA, Roberto Lobato O Espaço Urbano. Editora Ática, Série Princípios, 3a. edição, n. 174, 1995.

FERRARI, J. L.; SANTOS, A. R.; GARCIA, R. F. Análise da vegetação por meio da subtração de imagem NDVI na sub-bacia hidrográfica do córrego do horizonte, alegre, ES. Engenharia Ambiental - Espírito Santo do Pinhal, v. 8, n. 3, p. 003-018, jul./set. 2011.

FERREIRA, M.J. Estudo do balanço de energia na superfície da cidade de São Paulo. 2010. 183 f. Tese (Doutorado em Meteorologia) – Universidade de São Paulo – Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas, 2010.

FLORENZANO, Tereza Galloti. Iniciação em Sensoriamento Remoto. São Paulo: Oficina de Texto, 2011.

KÖPPEN, W.; GEIGER, R. Klimate der Erde. Gotha: Verlag Justus Perthes. 1928. Wall-map 150cmx200cm.

GRIGG, N.S. 1996. Water resources management: principles, regulations, and cases. McGraw-Hill Book Co., Inc., New York..

MANOSSO, F. C. Estudo Integrado da Paisagem nas Regiões Norte, Oeste e Centro-Sul do Estado do Paraná: relações entre estrutura geoecológica e a organização do espaço. Boletim Geografia, 2009.

MARQUES NETO, R. Considerações sobre a paisagem enquanto recurso metodológico para Geografia Física. Rio de Janeiro. Boletim de Geografia,

NOVO, E.M.L.M. Sensoriamento Remoto: Princípios e Aplicações. Ed. Edgard Blucher Ltda. 3a Edição, São Paulo, 2008. 363 p.

PAIVA, J. B. D. de; PAIVA, E. M. C. D. de. (Orgs.). Hidrologia aplicada à gestão de pequenas bacias hidrográficas. Porto Alegre: ABRH, 2001. 625 p.

ROSA, R.; Brito. J.L.S.; Lima. E.F.; Siqueira, C.A.; Macedo, D. Elaboração de uma

SILVA, C. S.; AUGUSTO, S. G.; ANDRADE, A. U. Caracterização agrometeorológica de Altamira, PA. SEMANA DE INTEGRAÇÃO DAS CIÊNCIAS AGRÁRIAS, UFPA, IX Altamira, PA: Anais... p. 148-154. 2009.

TUCCI, C. E. M. (Org.). Hidrologia: ciência e aplicação. 2. ed. Porto Alegre: ABRH, 1997. 943 p.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Climatologia em diferentes níveis escalares: mudanças e variabilidades