Variabilidade da precipitação pluvial na região de Angra Doce

Autores

  • Marina Gama Diotto Universidade Estadual Paulista
  • Jonas Teixeira Nery Universidade Estadual Paulista

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2456

Palavras-chave:

Variabilidade. Precipitação. Angra Doce. Anomalias

Resumo

Através da análise da dinâmica da precipitação em determinada região, torna-se possível compreender o clima que a caracteriza, pois permite reconhecer áreas com maior intensidade de precipitação e áreas com escassez. Esse trabalho teve como objetivo analisar a variabilidade da precipitação na região Angra Doce, constituída por municípios do estado do Paraná e de São Paulo, analisando-se a média climatológica do período estudado (1976-2010) e também os períodos com maior e menor volume de precipítação. Esse estudo busca também verificar a variabilidade espacial e temporal da concentração da precipitação na região Angra Doce.

Biografia do Autor

Marina Gama Diotto, Universidade Estadual Paulista

UNESP/Ourinhos, Universidade Estadual Paulista.

Jonas Teixeira Nery, Universidade Estadual Paulista

UNESP/Ourinhos, Universidade Estadual Paulista.

Referências

ANA. Agencia Nacional de Águas. . Disponível em<http://hidroweb.ana.gov.br/default.asp>. Acesso em: 10/agosto/2016.

Ayoade, J.O. Introdução à Climatologia para os Trópicos / J.O. Ayoade; tradução de Maria Juraci Zani dos Santos; revisão de Suely Bastos, coordenação editorial de Antônio Christofoletti. – 12º ed. – Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2007.

CEPAGRI. Clima dos municípios paulistas. Disponível em: <http://www.cpa.unicamp.br/outras-informacoes/clima-dos-municipios-paulistas.html> Acesso em: Acesso em: 10/agosto/2016.

EMBREPA. Clima. Disponível em: <http://www.cnpf.embrapa.br/pesquisa/efb/clima.htm>. Acesso em: Acesso em: 10/agosto/2016.

FRAGOSO, M; CORREIA, E; SANTOS, M. Avaliação da concentração diária da precipitação em Portugal Continental e no Arquipélago de Cabo Verde. II Workshop Internacional obre Clima e Recursos Naturais nos Países de Língua Portuguesa, Bragança, Portugal. Novembro 2010.

MARTÍN-VIDE, J. Spatial Distribution of a daily precipitation concentration index in Peninsular Spain. Int. J. Climatol. 2004.

Projeto Angra Doce. Disponível em: <http://angradoce.com.br/?page_id=240>. Acesso em Acesso em: 10/agosto/2016.

RAMPAZO, N. A. M.; NUNES, L. H. Aplicação do Índice de Concentração (IC) para avaliação das tendências da precipitação no Estado de São Paulo. 2014. Universidade de Campinas, São Paulo.

SILVA, L.; CARVALHO, D. Hidrologia. Capítulo 4 - Precipitação, 2006. Disponível em <http://www.ufrrj.br/institutos/it/deng/leonardo/downloads/APOSTILA/HIDRO-Cap4-PPT.pdf> Acesso em: 25/janeiro/2017.

TEIXEIRA, N. F; MARTÍN-VIDE, J. Influência do ENOS na distribuição das precipitações no Estado do Paraná, Brasil. Jan-Jul 2013. Departamento de Geografia Física e Análise Geográfica Regional - Universidade de Barcelona/Espanha.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Climatologia em diferentes níveis escalares: mudanças e variabilidades