Influência dos aspectos climáticos na formação dos espaços urbanos

Autores

  • Laiane Cristina de Freitas Universidade Federal Uberlândia
  • Rildo Aparecido Costa Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2469

Palavras-chave:

Clima urbano. Planejamento urbano. Conforto

Resumo

O clima como processo dinâmico está vinculado aos processos físicos atmosféricos e reflete em relação às condições ambientais de uma determinada escala. Nesse sentido, o presente trabalho pretende analisar o comportamento térmico dos espaços urbanos, a partir da integração de perspectivas teóricas sobre o clima urbano, úteis à geração de subsídios para o planejamento e projeto urbanos, ou seja, mediante a utilização de uma abordagem cujas variáveis estabelecem uma ligação entre os fenômenos do clima e o espaço da cidade. Pois, a crescente urbanização, juntamente com a falta de um planejamento atento a questão ambiental, resulta muitas vezes baixa qualidade de vida, pouco investimento econômico e degradação do meio ambiente. 

Biografia do Autor

Laiane Cristina de Freitas, Universidade Federal Uberlândia

Graduanda em Geografia pela Universidade Federal Uberlândia - UFU, Campus Pontal.

Rildo Aparecido Costa, Universidade Federal de Uberlândia

Professor Adjunto I do Departamento de Geografia da Universidade Federal de Uberlândia - UFU, Campus Pontal.

Referências

HIGUERAS, Ester. URBANISMO BIOCLIMÁTICO. Disponível em: < http://fongdcam.org/manuales/sostenibilidad/datos/docs/1_ARTICULOS_Y_DOCUMENTOS_DE_REFERENCIA/H_URBANISMO/urbanismo_bioclimatico.pdf>. Acesso em: 15 de fevereiro de 2017.

LANDSBERG, Helmut Erich. O CLIMA DAS CIDADES. Peródicos Usp (2006). p. 95-111. Disponível em: < http://www.periodicos.usp.br/rdg/article/viewFile/47269/51005>. Acesso em: 09 de Abril de 2017.

LOMBARDO, Magda Adelaide. ILHA DE CALOR NAS METRÓPOLES: o exemplo de São Paulo. Disponível em:< http://books.scielo.org/id/n9brm/pdf/ortigoza-9788579830075-06.pdf>. Acesso em: 15 de fevereiro de 2017.

MENDONÇA, Francisco; DANNI-OLIVEIRA, Inês Moresco. CLIMATOLOGIA: NOÇÕES BÁSICAS E CLIMAS DO BRASIL. Disponível em: <http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=321327200017>. Acesso em: 15 de fevereiro de 2017.

MIYAMOTO, Mirian Tatiyama. A INFLUÊNCIA DAS CONFIGURAÇÕES URBANAS NA FORMAÇÃO DE MICROCLIMAS: estudo de casos no município de Vitória-ES.

Disponível em: <http://portais4.ufes.br/posgrad/teses/tese_5502_Mirian%20Tatiyama.pdf>. Acesso em: 15 de fevereiro de 2017.

MONTEIRO, C. A.; MENDONÇA, F. (Org.). CLIMA URBANO. Disponível em: < http://periodicos.ufes.br/geografares/article/viewFile/1721/1700>. Acesso em: 09 de abril de 2017.

MONTEIRO, Carlos Augusto de Figueiredo. A CIDADE COMO PROCESSO DERIVADOR AMBIENTAL E ESTRUTURA GERADORA DE UM CLIMA URBANO. Disponível em: . Acesso em: 15 de fevereiro de 2017.

MONTEIRO, Carlos Augusto de Figueiredo. TEORIA E CLIMA URBANO. Disponível em: <http://www.geografia.fflch.usp.br/graduacao/apoio/Apoio/Apoio_Emerson/2015/noturno/Referencias_Bibliograficas/Geosul9.pdf>. Acesso em: 15 de fevereiro de 2017.

SERRA, Rafael. ARQUITECTURA Y CLIMAS. Disponível em: < http://recursos.ort.edu.ar/static/archivos/docum/73069/56854.pdf>. Acesso em: 15 de fevereiro de 2017.

STRAMANDINOLI, Cristina Malafaia Caetano. ANÁLISE DA QUALIDADE AMBIENTAL DE ESPAÇOS URBANOS EM CLIMA TROPICAL ÚMIDO: uma proposta metodológica para espaços residuais. Disponível em: < http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=108130>. Acesso em: 15 de fevereiro de 2017.

TUAN, Yi-Fu. ESPAÇO E LUGAR: a perspectiva da experiência. Disponível em: < https://pt.scribd.com/doc/89206068/ESPACO-E-LUGAR-A-perspectiva-da-Experiencia-Yi-Fu-Tuan>. Acesso em: 09 de Abril de 2017.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Climatologia em diferentes níveis escalares: mudanças e variabilidades