Análises das variações termo-higrométricas da cidade de Sobral-CE a partir da técnica dos transectos móveis e da aplicação de questionários

Autores

  • Rodrigo Leonardo Gomes Universidade Estadual Vale do Acaraú
  • Francisco Valdesio Oliveira Lima Universidade Estadual Vale do Acaraú
  • Fátima Leiliana Sales Ferreira Universidade Estadual Vale do Acaraú
  • Isorlanda Caracristi Universidade Estadual Vale do Acaraú

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2470

Palavras-chave:

Clima urbano. Desconforto térmico. Degradação ambiental

Resumo

A presente pesquisa objetiva analisar as variações termo-higrométricas que geram desconforto térmico na cidade de Sobral (CE) pelo processo de urbanização. Para tanto, buscou-se identificar os fatores que contribuem para o aumento de calor no referido espaço urbano. Foram utilizados como referencial metodológico os pressupostos de Monteiro (2003), “Clima Urbano”. Na etapa atual da pesquisa (2016.2), aplicaram-se questionários junto à população dos principais bairros da cidade em estudo, seguindo as rotas onde foi feito, na etapa anterior (2015.2), o levantamento dos parâmetros de temperatura, umidade e ventos por meio dos Transectos Móveis. A associação das análises dos parâmetros climáticos levantados com as informações obtidas pelos questionários sobre a percepção da população local proporcionará as interpretações e conclusões necessárias a respeito da relação entre o desconforto térmico e o crescimento urbano, em que a degradação das áreas verdes e o intenso asfaltamento das vias públicas se procedem de forma acelerada.

Biografia do Autor

Rodrigo Leonardo Gomes, Universidade Estadual Vale do Acaraú

Curso de Geografia/Centro de Ciências Humanas (CCH), Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA).

Francisco Valdesio Oliveira Lima, Universidade Estadual Vale do Acaraú

Curso de Geografia/Centro de Ciências Humanas (CCH), Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA).

Fátima Leiliana Sales Ferreira, Universidade Estadual Vale do Acaraú

Curso de Geografia/Centro de Ciências Humanas (CCH), Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA).

Isorlanda Caracristi, Universidade Estadual Vale do Acaraú

Curso de Geografia/Centro de Ciências Humanas (CCH), Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA).

Referências

CARACRISTI, I.. Estudo Integrado do Clima da Região do Médio Curso do Rio Acaraú: uma análise geográfica do clima local. Revista Essentia. Ano 1. nº 01-UVA – Sobral/CE, 2000.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. CIDADES. Perfil da cidade de Sobral, Ceará: Disponível em: <http://cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?codmun=231290>. Acesso em: 01/02/2017.

MENDONÇA, F. e MONTEIRO, C.A.F. (orgs.). Clima Urbano. São Paulo: Contexto, 2003.

MUNIZ, F. G. L.. Urbanização e Conforto Térmico: Análise Climática Do Centro Da Cidade e Sobral – CE. 2015. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Geografia). Universidade Estadual Vale do Acaraú, Sobral, 2015.

FONSECA, V. N.. Uso e Ocupação e os Impactos no Sistema Climático da Cidade de Sobral - CE e Área Circunjacente. 2015. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Geografia). Universidade Estadual Vale do Acaraú, Sobral, 2015.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Climatologia em diferentes níveis escalares: mudanças e variabilidades