Antropogeomorfologia e problemática erosiva em área rural degradada, Marabá Paulista (SP)

Autores

  • Felipe Augusto Scudeller Zanatta Departamento de Planejamento, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista
  • Cenira Maria Lupinacci Departamento de Planejamento, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista
  • Marcos Norberto Boin Departamento de Pós-Graduação em Geografia, Universidade Federal da Grande Dourados
  • Rodrigo Braga Moruzzi Departamento de Planejamento, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2477

Palavras-chave:

Dinâmica erosiva. Cartografia retrospectiva. Coeficiente de Correlação de Pearson (CCP). Ação antrópica

Resumo

A erosão do solo representa um problema significativo nas áreas rurais do país, uma vez que causa prejuízos e perdas de recursos naturais, área agricultável e produtividade dos solos. Considerando a problemática, buscou-se nesse artigo compreender a dinâmica erosiva avaliando as correlações existentes entre as mudanças nas feições geomorfológicas e o uso da terra, ao longo de cinquenta anos, em área rural degradada, no município de Marabá Paulista (SP). Como resultado, identificou-se a correlação positiva de forte à perfeita entre as pastagens e os processos erosivos e destes, também, com os terraços agrícolas e bacias de contenção, uma vez que a infiltração abastece a voçoroca existente na área, aumentando o fluxo de água no talvegue e promovendo desbarrancamentos nas laterais e cabeceira dessa forma erosiva.

Biografia do Autor

Felipe Augusto Scudeller Zanatta, Departamento de Planejamento, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista

Departamento de Planejamento, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista

Cenira Maria Lupinacci, Departamento de Planejamento, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista

Departamento de Planejamento, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista

Marcos Norberto Boin, Departamento de Pós-Graduação em Geografia, Universidade Federal da Grande Dourados

Departamento de Pós-Graduação em Geografia, Universidade Federal da Grande Dourados

Rodrigo Braga Moruzzi, Departamento de Planejamento, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista

Departamento de Planejamento, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista

Referências

BOIN, M. N. Chuvas e erosão no Oeste Paulista: uma análise climatológica aplicada. Rio Claro: UNESP, 2000, 246p. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-Graduação em Geociências e Meio Ambiente, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2000.

CARVALHO, W. A. (coord.). Levantamento semidetalhado dos solos da bacia do rio Santo Anastácio-SP. Presidente Prudente, São Paulo: FCT-UNESP, 1997, vol. I e vol. II.

FOOD AND AGRICULTURE ORGANIZATION OF THE UNITED NATIONS (FAO). Status of the World’s Soil Resources. Roma: Food and Agriculture Organization of the United Nations, 2015.

INSTUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Manual técnico de uso da terra. Rio de Janeiro: IBGE, 2006.

LEPSCH, I. F.; BELLINAZZI Jr., R.; ESPINDOLA, C. R. Manual para levantamento utilitário do meio físico e classificação de terras no sistema de capacidade de uso. 4ª aproximação. Campinas: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 1993.

MENDES, I. A. A dinâmica erosiva do escoamento pluvial na bacia do córrego Lafon – Araçatuba-SP. São Paulo: USP, 1993. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-Graduação em Geografia (Geografia Física). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1993.

MONBEIG, P. Pioneiros e Fazendeiros de São Paulo. São Paulo: HUCITEC, 1984.

TRICART, J. Principles et méthodes de la géomorphologie. Paris: Maisson, 1965.

VERSTAPPEN, H. T.; ZUIDAN, R. A. ITC system of geomorphological survey. Netherlands: Manuel ITC Textbook, Vol. VII, Chapter VII, 1975.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Sistemas Geomorfológicos: Estrutura, Dinâmicas e Processos