Análise da morfometria do relevo da bacia do rio Cabeça (SP)

Autores

  • Patricia Borges Silveira Departamento de Planejamento Territorial e Geoprocessamento /Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Fiho”
  • Cenira Maria Lupinacci Departamento de Planejamento Territorial e Geoprocessamento /Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Fiho”

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2479

Palavras-chave:

Bacia hidrográfica. Declividade. Profundidade de rios. Depressão Periférica Paulista. Cuesta

Resumo

O presente artigo tem por objetivo analisar os elementos morfométricos da Bacia do Rio Cabeça (SP), a fim de avaliar as áreas potencialmente mais suscetível aos processos geomorfolóficos. Para isso foram elaborados mapeamentos de declividade e profundidade de drenagem. Dessa maneira, através da análise desses mapeamentos, foi possível identicar as zonas com maiores e menores índices morfométricos e consequentemente aquelas que necessitam de maior preservação.

Biografia do Autor

Patricia Borges Silveira, Departamento de Planejamento Territorial e Geoprocessamento /Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Fiho”

Departamento de Planejamento Territorial e Geoprocessamento /Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Fiho”

Cenira Maria Lupinacci, Departamento de Planejamento Territorial e Geoprocessamento /Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Fiho”

Departamento de Planejamento Territorial e Geoprocessamento /Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Fiho”

Referências

AB’SABER, A. N. Um conceito de Geomorfologia a serviço das pesquisas sobre o Quaternário. Geomorfologia, São Paulo, v.18, p.01-23, 1969.

ALMEIDA, F. F. M. Fundamentos geológicos do relevo paulista. São Paulo: Universidade de São Paulo, 1974. (Série Teses e Monografias n.14).

FACINCANI, E. M. Morfotectônica da Depressão Periférica Paulista e Cuesta Basáltica: regiões de São Carlos, Rio Claro e Piracicaba – SP. 2000. 222 f. Tese (Doutorado em Geologia Regional) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2000.

FÚLFARO, V. J; BARCELOS, J.H. Movimentação verticais e a evolução da Depressão Periférica e a escarpa da Serra Geral em São Paulo: In: SIMPÓSIO DE GEOLOGIA DO SUDESTE DO SUDESTE,1, Rio de Janeiro, Boletim de Resumos ...Rio de Janeiro, SGB, 1989, p. 109-110.

HUBP, J. I. L. Elementos de Geomorfologia Aplicada (Metodos Cartograficos). Mexico, D. F.: Instituto de Geografia, Universidad Nacional Autonoma de Mexico, 1988. 128 p.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Sistemas Geomorfológicos: Estrutura, Dinâmicas e Processos