Caracterização geológica-geomorfológica da bacia do rio Juara (Espírito Santo, sudeste do Brasil)

Autores

  • Luiza Leonardi Bricalli Universidade Federal do Espírito Santo
  • Breno Scardua de Souza Universidade Federal do Espírito Santo

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2517

Palavras-chave:

Neotectônica. Morfotectônica. Litoestrutura

Resumo

Esta pesquisa teve como objetivo principal caracterizar a geologia e geomorfologia da bacia do Juara (Espírito Santo, sudeste do Brasil). A base metodológica utilizada integrou a elaboração de  mapeamentos, perfil geológico-geomorfológico e análises de campo. Os mapas foram elaborados a partir do Modelo Digital de Elevação (MDE) – TOPODATA e processados no software ArcGIS 10.1™. Em campo, foram verificadas, analisadas e validadas variáveis de litologia, de estrutura geológica, de altimetria, de declividade de talude, de rugosidade do relevo, de feições morfotectônicas,de  falhas neotectônicas e de morfologias, registrados com máquina fotográfica com resolução de 26 megapixels e GPS (Global Position System). Com base na análise do relevo, litologia e estrutura em gabinete e em campo, foi possível identificar que a bacia do rio Juara está controlada pela litoestrutura, litologia e reflete as tensões neotectônicas, atuando nas rochas do Embasamento Pré-Cambriano e nas rochas dos Depósitos Sedimentares.

Biografia do Autor

Luiza Leonardi Bricalli, Universidade Federal do Espírito Santo

Centro de Ciências Humanas e Naturais/Universidade Federal do Espírito Santo.

Breno Scardua de Souza, Universidade Federal do Espírito Santo

Centro de Ciências Humanas e Naturais / Universidade Federal do Espírito Santo.

Referências

AB’SABER, A.N. Megageomorfologia do território brasileiro. In: CUNHA,.S.B.; GUERRA,A.J.T – Geomorfologia do Brasil.Rio de Janeiro: Bertrand Brasil,1998.

BEZERRA, F.H.R; AMARO, V.E; VITA-FINZI, C; SAADI, A. 2001. Pliocene-Quaternary fault control of sedimentation and coastal plain morphology in NE Brazil. Journal of South American Earth Sciences, 14: 61-75.

GATTO, L.C.S; RAMOS, V.L.S; NUNES, B.T.A; MAMEDE, L; GÓES, M.H; MAURO, C.A; ALVARENGA, S.M; FRANCO, E.M.S; QUIRICO, A.F; NEVES, L.B. Geomorfologia. Projeto Radam Brasil. Folhas 23/24 Rio de Janeiro/Vitória .V 32. Rio de Janeiro, 1983.

BRICALLI, L.L; MELLO, C.L.Controle Neotectônico na rede de drenagem da bacia do rio Barra Seca (Porção emersa da Bacia do Espírito Santo). In: XII SNET (SIMPÓSIO NACIONAL DE ESTUDOS TECTÔNICOS),VI INTERNATIONAL SYMPOSIUM ON TECTONICS, 12, 2009, Ouro Preto (MG). Anais...Outro Preto: Xii Snet (Simpósio Nacional de Estudos Tectônicos), VI International Symposium On Tectonics, 2009, p.55.

BRICALLI, L. L. Padrões de lineamento e faturamento neotectônico no estado do Espírito Santo. 2011. 221 p. Tese, Instituto de Geociências – IGEO/UFRJ, DSc., Programa de pós-graduação em Geologia – Rio de Janeiro. 2011.

BRICALLI, L. L.; MELLO, C. L. ; CIANFARRA, P.; SALVINI, F. Tectonic Implications from Manual and Semi-Automatic Analyses of Lineament Patterns in the Espírito Santo State (Southeastern Brazil). In: 47 CONGRESSO BRASILEIRO DE GEOLOGIA, 2014, Salvador. Anais do 47 CONGRESSO BRASILEIRO DE GEOLOGIA, 2014.

BUSATO, C. Landforms tectônicos e controle neotectônico na rede de drenagem da bacia do rio Piraquê-Açu (Espírito Santo-Sudeste do Brasil). Trabalho de Conclusão de Curso. (Graduação em Geografia) — Universidade Federal do Espírito Santo, 2014.

BUSATO, C.; BRICALLI, L. L. . Morfotectônica e Análise da Rede de Drenagem da Bacia do Rio Piraquê-Açu (Espírito Santo-Sudeste do Brasil). In: XV SIMPÓSIO NACIONAL DE ESTUDOS TECTÔNICOS(XV SNET), 2015, Vitoria. XV SIMPÓSIO NACIONAL DE ESTUDOS TECTÔNICOS IX INTERNATIONAL SYMPOSIUM ON TECTONICS. São Paulo: SBG, 2015. v. 1.

COSTA, J. A. V.; FALCÃO, M. T. Compartimentação morfotectônica e implicações de evolução do relevo do hemigráben do Tacutu no Estado de Roraima. Revista Brasileira de Geomorfologia, v.12, n.1, p.85-94, 2011.

COSTA, J. S. ; BRICALLI, L. L. . Caracterização geológica e geomorfológica da bacia do rio Santa Maria da vitória a partir de técnicas de geoprocessamento (Espírito Santo, sudeste do Brasil). In: GEOSUDESTE 2015 14º Simpósio de Geologia do Sudeste 8º Simpósio do Cretáceo do Brasil VI Simpósio Nacional de Ensino e História de Ciências da Terra, 2015, Campos do Jordão. Geosudeste 2015 - Anais. São Paulo: Sociedade Brasileira de Geologia, 2015. v. 1. p. 39-44.

CPRM – Companhia de Pesquisa e Recursos Mineirais, Serviço Geológico do Brasil. 2014. Carta Geológica de Vitória (ES). 1:100.000.

ESRI. ArcGIS® 10.1 - ArcMap™ Tutorial. 2012. Disponível em: . Acesso em: 31 jul. 2012.

HASUI, Y. CARNEIRO, C. D. R, ALMEIDA, F. F. M. de A., BARTORELLI, A. Geologia do Brasil. 2012, 900p.

HEILBRON, M.; PEDROSA-SOARES, A. C.; CAMPOS NETO, M. C.; SILVA, L. C.; TROUW, R. A. J.; JANASI, V. A. Província Mantiqueira. In: MANTESSO-NETO, V. M.; BARTORELLI, A.; CARNEIRO, C. D. R.; BRITO-NEVES, B. B. (orgs.). Geologia do Continente Sul-Americano: evolução da obra de Fernando Flávio Marques de Almeida. São Paulo: Editora Beca, 2004. p. 203-234.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1978a. Carta Topográfica do Brasil. Folhas SF-24-V-B-I-1 (Serra). Escala 1: 50.000.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1978b. Carta Topográfica do Brasil. SF-24-V-B-I-2 (Nova Almeida). Escala 1: 50.000.

IEMA- Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado do Espírito Santo. Ortofotos Digitais. 2008.

MACHADO FILHO, L.M; RIBEIRO, M.W; GONZALEZ, S.R; SCHENINI, C.A; NETO, A.S; PALMEIRA, R.C.B; PIRES, J.L; TEIXEIRA, W; CASTRO, H.E.F. Geologia. Projeto Radam Brasil. Folhas 23/24 Rio de Janeiro/Vitória .V 32. Rio de Janeiro, 1983.

MARIN, S. P. ; BRICALLI, L. L. . Anomalias e Padrões de Drenagem da Bacia do rio Formates e Correlação com a Geologia e Deformação Neotectônica no Estado do Espírito Santo (Sudeste do Brasil). In: GEOSUDESTE 2015 ,14º Simpósio de Geologia do Sudeste 8º Simpósio do Cretáceo do Brasil VI Simpósio Nacional de Ensino e História de Ciências da Terra, 2015, Campos do Jordão. Geosudeste 2015. Anais... São Paulo: Sociedade Brasileira de Geologia, 2015. v. 1. p. 14-18.

MARQUES NETO, R.; PEREZ FILHO, A. Compartimentação morfoestrutural da bacia do rio verde, sul de Minas Gerais. Revista Brasileira de Geomorfologia, v.15, n.1, (Jan-Mar) p.119-135, 2014.

MENKE, A. B.; GUIMARÃES, R. F.; OLIVEIRA, S. N.; GOMES, R.; CARVALHO JÚNIOR, O. A. Compartimentação geomorfológica preliminar do Rio Ipanema (AL/PE) utilizando análise multivariada em bacias hidrográficas de 1a ordem. In: VII Simpósio Nacional de Geomorfologia & II Encontro Latino-Americano de Geomorfologia, 2008, Belo Horizonte. Anais... Belo Horizonte: VII Simpósio Nacional de Geomorfologia & II Encontro Latino-Americano de Geomorfologia, 2008.

PEDROSA-SOARES, A.C; WIEDEMANN-LEONARDOS, C.M.2000.Evolution of the Araçuaí Belt and its connection to the Ribeira Belt, Eastern Brazil. IN: CORDANI,U.G; MILANI, E,J; THOMAZ FILHO, A; CAMPOS, D.A (ed.)Tectonic Evolution of South America.2000. p. 265-285.

RIBEIRO, C.S. Influência da tectônica pós-deposicional na distribuição da Formação Barreiras entre o rio Paraíba do Sul (RJ) e o rio Doce (ES). 2010. 164 p. Dissertação (Mestrado em Geologia) - Instituto de Geociências, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2010.

SALAMUNI, E.; NASCIMENTO, E.R; SILVA, H.A.P; FIORI, O.C. Geomorfologia do Município de Curitiba-PR. Revista Brasileira de Geomorfologia. n 14. n4. 2013.

SCHIRMER, G. J.; ROBAINA, L. E. de S. Compartimentação de unidades geomorfológicas do município de Agudo/RS. Revista Brasileira de Geomorfologia. v.14, n.1, (Jan-Mar) p.03-12, 2013.

TRENTIN, R.; SANTOS, L. J. C.; ROBAINA, L. E. de S. Compartimentação geomorfológica da bacia hidrográfica do rio Itu – Oeste do Rio Grande do Sul - Brasil. Soc. & Nat., Uberlândia, ano 24 n. 1, 127-142, jan/abr. 2012.

XAVIER, A. R; NETTO, C.L.A. Caracterização Geomorfológica da Bacia do rio Turvo-RJ:Médio Vale do rio Paraíba do Sul (MVPRS). Revista Brasileira de Geomorfologia. V.15.n1.2104

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Sistemas Geomorfológicos: Estrutura, Dinâmicas e Processos