Caracterização de depósito tecnogênico no médio curso do ribeirão Quati, Londrina-PR

Autores

  • Edmiler José da Silva Universidade Estadual de londrina
  • Gilnei Machado Universidade Estadual de londrina
  • Rafael Dantas Universidade Estadual de londrina

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2522

Palavras-chave:

Depósitos tecnogênicos. Ribeirão Quati. Londrina-PR

Resumo

Este trabalho visa entender o processo de ocupação da bacia hidrográfica do ribeirão Quati, em Londrina-PR, e sua relação com a formação de depósitos tecnogênicos ao longo de seu médio e baixo curso. Em campo, pôde-se identificar doze depósitos tecnogênicos, porém, em apenas um deles foi feita a coleta para a amostragem, este, situado no médio curso do ribeirão. Para a coleta foi utilizado cano de PVC de 100 mm de diâmetro por 40 cm de comprimento. Em laboratório, pôde-se identificar a influência antrópica em cada amostra por meio das análises quali-quatitativas. Os resultados mostraram que a maior parte do material constituinte da amostra é de origem tecnogênica sendo classificado quanto a sua composição como úrbico, ou seja, apresenta grande quantidade de materiais como vidro, tijolo, pedra brita, asfalto, entre outros.

Biografia do Autor

Edmiler José da Silva, Universidade Estadual de londrina

Departamento de Geociências/ Universidade Estadual de londrina.

Gilnei Machado, Universidade Estadual de londrina

Departamento de Geociências/ Universidade Estadual de londrina.

Rafael Dantas, Universidade Estadual de londrina

Departamento de Geociências/ Universidade Estadual de londrina.

Referências

CUNHA, F. Crescimento urbano e poluição hídrica na Zona Norte de Londrina-PR. Presidente Prudente, 1996. 138f. Dissertação (Mestrado em Geografia)- Universidade Estadual de São Paulo, 1996.

EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisas de Solos. Sistema Brasileiro de Classificação de Solos. 2.ed. Rio de Janeiro: EMBRAPA-SPI, 2006.

KORB, C.C. Identificação de Depósitos Tecnogênicos no Reservatório Santa Bárbara, Pelotas (RS). 2006. 189f. Dissertação (Mestrado em Geografia). Instituto de Geociências, Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2006.

PELOGGIA, A.U.G. Sobre a classificação, enquadramento estratigráfico e cartográfico dos solos e depósitos tecnogênicos. In: PELOGGIA, A.U.G. Manual Geotécnico 3: Estudos de Geotécnica e Geologia Urbana (I). São Paulo,1999. P. 35-50.

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE LONDRINA. IPPUL. Mapas temáticos: zoneamento de Londrina. Instituto de Pesquisa Planejamento Urbano de Londrina, 2001. Disponível em: www.londrina.pr.gov.br.

TER-STEPANIAN, G. 1988. Beginning of the Technogene. Bulletin I.A.G. 38: 133-142.

VICENTE, M. A. Diagnóstico ambiental. A bacia do ribeirão Quati. Londrina: UEL, 1989. (Monografia). Departamento de Geociências, Universidade Estadual de Londrina.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Sistemas Geomorfológicos: Estrutura, Dinâmicas e Processos