Análise bibliométrica das tendências do uso do índice DRASTIC

Autores

  • Francisco Afonso Cavalcanti-Júnior Universidade de São Paulo
  • Déborah Oliveira Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2557

Palavras-chave:

Águas subterrâneas. Vulnerabilidade. Contaminação

Resumo

As águas subterrâneas são recursos naturais importantes para o abastecimento humano, principalmente em regiões onde há escassez de água superficial. Muitos trabalhos, e vários métodos, vêm sendo desenvolvidos para estudar o seu grau de exposição à contaminação. O Índice DRASTIC é atualmente um dos principais no estudo da sua vulnerabilidade a essa condição, porém em uma breve busca no site Web of Science não foram encontrados trabalhos bibliométricos que analisassem as tendências do seu uso e nem do termo “vulnerabilidade” presente na maioria dos trabalhos. Desta forma, buscou-se realizar um estudo dessas tendências por meio da análise bibliométrica. Os resultados, até o momento, indicam uma tendência do Índice DRASTIC em consolidar o conceito de vulnerabilidade entre os pesquisadores da área como a condição ou estado a ser estudado das águas subterrâneas, apontando ainda um crescimento de produção na temática, sobretudo, em países emergentes e em desenvolvimento. 

Biografia do Autor

Francisco Afonso Cavalcanti-Júnior, Universidade de São Paulo

Departamento de Geografia/Faculdade Filosofia, Letras e Ciências Humanas/ Universidade de São Paulo.

Déborah Oliveira, Universidade de São Paulo

Departamento de Geografia/Faculdade Filosofia, Letras e Ciências Humanas/ Universidade de São Paulo.

Referências

ALLER, L. et al. DRASTIC: a standardized system to evaluate groundwater pollution potential using hydrogeologic settings. National Water Well Association, Worthington, Ohio, United States of America, 1987.

CARVALHO, G. Vulnerabilidade à Contaminação de Águas Subterrâneas: Comparação de Modelos Baseados no Método DRASTIC. Cadernos de Geografia, n. no 32-2013, p. 289–299, 2013.

GAO, C. et al. A bibliometric analysis based review on wind power price. Applied Energy, v. 182, p. 602–612, 2016.

GRÁCIO, M. C. C.; OLIVEIRA, E. F. T. DE. Estudos de Análise de Cocitação de Autores: uma abordagem teórico-metodológica para a compreensão de um domínio. Anais XIV Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação. Anais...Florianópolis: 2013Disponível em: <http://enancib2013.ufsc.br/index.php/enancib2013/XIVenancib/paper/viewFile/105/162>

GUIGUER, N.; KOHNKE, M. W. Métodos para Determinação da Vulnerabilidade de Aquíferos. XII Congresso Brasileiro de Águas Subterrâneas. Anais...São Paulo: Águas Subterrâneas, 2002Disponível em:

MARTINE, G.; ALVES, J. E. D. Economia, sociedade e meio ambiente no século 21: tripé ou trilema da sustentabilidade? Revista Brasileira de Estudos de População, v. 32, n. 3, p. 433–460, 2015.

OLIVEIRA, M. M.; LOBO FERREIRA, J. P. C. Cartografia da vulnerabilidade à poluição das águas subterrâneas do Concelho de Montemor-o-Novo utilizando om étodo DRASTIC. Lisboa: Laboratorio Nacional de Engenharia Civil (LNEC), 2002.

RICHTS, A.; VRBA, J. Groundwater resources and hydroclimatic extremes: mapping global groundwater vulnerability to floods and droughts. Environmental Earth Sciences, v. 75, n. 10, p. 926, 2016.

SELINUS, O. Geologia Médica. Geologia Médica no Brasil: efeitos dos materiais e fatores geológicos na saúde humana, animal e meio ambiente. Textos do 2005 Workshop Internacional de Geologia Médica. Anais...Rio de Janeiro: CPRM -Serviço Geológico do Brasil, 2006

VAN ECK, N. J. et al. A comparison of two techniques for bibliometric mapping: Multidimensional scaling and VOS. Journal of the American Society for Information Science and Technology, v. 61, n. 12, p. 2405–2416, 15 dez. 2010.

VAN ECK, N. J.; WALTMAN, L. Software survey: VOSviewer, a computer program for bibliometric mapping. Scientometrics, v. 84, n. 2, p. 523–538, 2010.

VIEIRA, F. V.; VERÍSSIMO, M. P. Crescimento econômico em economias emergentes selecionadas: Brasil, Rússia, Índia, China (BRIC) e África do Sul. Economia e Sociedade, Campinas, v. 18, n. 3, p. 37, 2009.

VRBA, J.; ZAPOROŽEC, A. Guidebook on mapping groundwater vulnerability. 1994.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Geografia Física e Desastres Naturais