Uso de modelagens espaciais para análise de risco a incêndio: análise preliminar para a região norte de Goiás

Autores

  • Matheus Blesa Santos Bolsitsta PIBIC. Instituto de Estudos Sócio Ambientais, Universidade Federal de Goiás
  • Karla Maria Silva de Faria Instituto de Estudos Sócio Ambientais, Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2584

Palavras-chave:

SIG. Análise multicriterial. Cerrado

Resumo

O uso de Sistemas de informações geográficas otimiza modelagens preditivas de processos naturais ou induzidos por ações antrópicas. O objetivo do trabalho foi o avaliar o risco de incêndios na região norte do estado de Goiás, que apresenta as manchas mais continuas e expressivas de vegetação remanescente do Bioma Cerrado. Utilizando-se de avaliação multicriterial foram selecionadas para a modelagem variáveis como: orientação das encostas, focos de queimadas e estradas que foram ponderados e integrados resultando no mapa de risco de incêndio, zoneado para em cinco classes. Os resultados preliminares indicam que as estradas e suas diferentes tipologias, associadas com encostas com orientação especifica conduziram a indicação de alto de risco e que se faz necessário testar o modelo com dados de uso do solo.    

Biografia do Autor

Matheus Blesa Santos, Bolsitsta PIBIC. Instituto de Estudos Sócio Ambientais, Universidade Federal de Goiás

Bolsitsta PIBIC. Instituto de Estudos Sócio Ambientais, Universidade Federal de Goiás

Karla Maria Silva de Faria, Instituto de Estudos Sócio Ambientais, Universidade Federal de Goiás

Instituto de Estudos Sócio Ambientais, Universidade Federal de Goiás

Referências

FARIA, K. M. S de; SANTOS, R. A. ; SOARES NETO, G. B. . Avaliação multicriterial com Sistemas de Informações Geográficas ao risco de incêndios na Reserva da Biosfera do Bioma Cerrado. In: VIII Simpósio Latino Americano de Geografia Física Aplicada, 2014, Santiago. Anais do VIII Simpósio Latino Americano de Geografia Física Aplicada, 2014. v. 1.

PEZZOPANE, J. E. M.; OLIVEIRA NETO, S.N.; VILELA, M. F. Risco de incêndios em função da característica do clima, relevo e cobertura do solo. Floresta e Ambiente, 8 (1),161-165. 2001

RIBEIRO, J.F. & WALTER, B.M.T.. As principais fitofisionomias do Bioma Cerrado. In Cerrado: ecologia e flora (S.M. Sano, S.P. Almeida & J.F. Ribeiro, eds.). Embrapa Cerrados, Planaltina. p.151 -212. 2008

S

AATY, T. Decision making with the analytic hierarchy process. Int. J. Services Sciences, 1(1). 2008

SANO, E. E. ; ROSA, R. ; BRITO, J. L. ; FERREIRA JR, L. G. . Mapeamento de cobertura vegetal do bioma Cerrado: estratégias e resultados. Planaltina: Embrapa Cerrados, 2007 (Boletim de Pesquisa).

SILVERMAN, B. W. Density Estimation for Statistics and Data Analysis. Nova York: Chapman and Hall,1986.

TEDIM, F.; CARVALHO, S. A vulnerabilidade aos incêndios florestais: reflexões em torno de aspectos conceptuais e metodológicos. Territorium, 20,85-99. 2013

VETORAZZI, C. A. Avaliação Multicritérios, em ambiente SIG, na Definição de Áreas Prioritárias à restauração florestal visando à conservação de recursos hídricos. 2007. Tese de Livre Docência. (Departamento de Engenharia Rural. Piracicaba. 2007

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Geotecnologias e Modelagem Espacial em Geografia Física