As chuvas na região de São Carlos/SP: análise dos valores máximos diários na série histórica, 1993-2014

Autores

  • Rafael Greco Sanches Laboratório de Climatologia e Conforto Térmico, Centro de Recursos Hídrico e Educação Ambiental (CRHEA), Escola de Engenharia de São Carlos (EESC), Universidade de São Paulo (USP)
  • Bruno César dos Santos Laboratório de Climatologia e Conforto Térmico, Centro de Recursos Hídrico e Educação Ambiental (CRHEA), Escola de Engenharia de São Carlos (EESC), Universidade de São Paulo (USP)
  • Mauricio Sanches Duarte Silva Laboratório de Climatologia e Conforto Térmico, Centro de Recursos Hídrico e Educação Ambiental (CRHEA), Escola de Engenharia de São Carlos (EESC), Universidade de São Paulo (USP)
  • Francisco Arthur Silva Vecchia Programa de Pós-Graduação em Ciências da Engenharia Ambiental/Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo (USP)

DOI:

https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.2589

Palavras-chave:

Climatologia. Climatologia Geográfica. Mudança climática. Climatologia estatística. RClimdex

Resumo

O presente estudo objetivou analisar o comportamento pluviométrico em um único dia de chuvoso na região de São Carlos/SP a partir de três estações climatológicas na série histórica de 1993-2014 com a aplicação da ferramenta RClimdex e do índice climático RX 1, que expressa o valor máximo de chuva em um dia. Notou-se que o valor médio do RX 1 dia fora de 79,8 mm e, em todos os anos, houve ao menos um dia acima de 48 mm e, em média, 80% dos anos estiveram próximos ao valor médio. Além disso, a média do valor máximo acumulado em um único encontrou-se próxima a 80mm, bem como espera-se que ocorram dias chuvosos com, ao menos, 45 mm num único dia. Entretanto, notou-se que os valores sazonais apontam para uma concentração nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro, sendo que os valores médios são superiores aos outros meses do período hidrológico. 

Biografia do Autor

Rafael Greco Sanches, Laboratório de Climatologia e Conforto Térmico, Centro de Recursos Hídrico e Educação Ambiental (CRHEA), Escola de Engenharia de São Carlos (EESC), Universidade de São Paulo (USP)

Laboratório de Climatologia e Conforto Térmico, Centro de Recursos Hídrico e Educação Ambiental (CRHEA), Escola de Engenharia de São Carlos (EESC), Universidade de São Paulo (USP)

Bruno César dos Santos, Laboratório de Climatologia e Conforto Térmico, Centro de Recursos Hídrico e Educação Ambiental (CRHEA), Escola de Engenharia de São Carlos (EESC), Universidade de São Paulo (USP)

Laboratório de Climatologia e Conforto Térmico, Centro de Recursos Hídrico e Educação Ambiental (CRHEA), Escola de Engenharia de São Carlos (EESC), Universidade de São Paulo (USP)

Mauricio Sanches Duarte Silva, Laboratório de Climatologia e Conforto Térmico, Centro de Recursos Hídrico e Educação Ambiental (CRHEA), Escola de Engenharia de São Carlos (EESC), Universidade de São Paulo (USP)

Laboratório de Climatologia e Conforto Térmico, Centro de Recursos Hídrico e Educação Ambiental (CRHEA), Escola de Engenharia de São Carlos (EESC), Universidade de São Paulo (USP)

Francisco Arthur Silva Vecchia, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Engenharia Ambiental/Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo (USP)

Programa de Pós-Graduação em Ciências da Engenharia Ambiental/Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo (USP)

Referências

BOOTH, E. L. J.; BYRNE, J. M.; JOHNSON, D. L. Climatic changes in western North America, 1950-2005. International Journal of Climatology, 32(15), 2283–2300, 2012.

HAYLOCK, M. R. et al. Trends in Total and Extreme South American Rainfall in 1960–2000 and Links with Sea Surface Temperature. Journal of Climate. Vol. 19. 1490-1512, 2006.

KIOUTSIOUKIS, I.; MELAS, D.; & ZEREFOS, C. Statistical assessment of changes in climate extremes over Greece (1955-2002). International Journal of Climatology, 30(11), 1723–1737, 2010.

MEKASHA, A.; TESFAYE, K.; DUNCAN, A. Trends in daily observed temperature and precipitation extremes over three Ethiopian eco-environments. International Journal of Climatology, 34(6), 1990-1999, 2013.

MONTEIRO, C. A. F.; MENDONÇA, F. A;, ZAVATTINI, J. A.; NETO, J. L. S.. A Construção da Climatologia Geográfica no Brasil. Campinas: Alínea, 2015.

RAHIMZADEH, F.; ASGARI, A.; FATTAHI, E. Variability of extreme temperature and precipitation in Iran during recent decades. International Journal of Climatology, 343(August 2008), 329–343. 2009.

SANTOS, C. A.; SATYAMURTY, P.; GOMES, O. M.; DA SILVA, L. E. M. G. Variability Of Extreme Climate Indices At Rio Claro, São Paulo, Brazil. Revista Brasileira de Meteorologia. v.27, n.4, 395 - 400, 2012.

SHARMA, D.; BABEL, M. S. Trends in extreme rainfall and temperature indices in the western Thailand. International Journal of Climatology, 2013.

STEPHENSON, T. S.; VINCENT, L. A.; ALLEN, T.; VAN MEERBEECK, C. J.; MCLEAN, N.; PETERSON, T. C.; … TROTMAN, A. R. Changes in extreme temperature and precipitation in the Caribbean region, 1961-2010. International Journal of Climatology, 2014.

ZHANG, X.; YANG, F. RClimDex (1.0) User Guide. Climate Research Branch Environment Canada: Downsview, Ontario, Canada, 2004.

ZWIERS, F. W.; VON STORCH, H. On the role of statistics in climate research. International Journal of Climatology, 24(6), 665–680, 2004.

Downloads

Publicado

2018-02-04

Edição

Seção

Climatologia em diferentes níveis escalares: mudanças e variabilidades