A ESCRITA NARRATIVA: CONSTRUINDO NOVOS SENTIDOS PARA O ESTÁGIO SUPERVISIONADO

  • Anniele Sarah Ferreira de Freitas
  • Thiara Vichiato Breda
Palavras-chave: Formação de professores; Prática educativa; Ensino de Geografia;

Resumo

Neste trabalho são apresentadas algumas reflexões sobre a produção de narrativas durante as disciplinas de Estágios Supervisionados com alunos da Licenciatura de Geografia em duas universidades federais. Nossa opção teórico-metodológica insere-se numa perspectiva que possibilita uma relação não só entre os saberes didáticos e os saberes científicos, mas também as relações humanas dos sujeitos envolvidos. Para evidenciar tais questões, apresentamos alguns trechos das narrativas, em que é possível identificar indícios do desenvolvimento pessoal e profissional dos alunos/narradores. Nesse sentido, o exercício da escrita narrativa se tornou um momento de sistematização e reflexão dos registros do estágio, que favoreceu não só a descrição/explicação de um acontecimento, mas a sua teorização do vivido, instigando um movimento de interrogar a formação/trabalho docente a partir das experiências vividas nas escolas.

Publicado
2019-12-05
Edição
Seção
Saberes docentes e a produção do conhecimento da Geografia Escolar