TESSITURAS METODOLÓGICAS EM PRÁTICAS ESCOLARES MOBILIZADORAS AO ENSINO DE ESPAÇO GEOGRÁFICO: UM ESTUDO DE CASO DA ESCOLA MUNICIPAL CLARO LIMA, EM FRANCISCO AYRES (PI)

  • Adaires Nunes de Sousa
  • Igor de Araújo Pinheiro
Palavras-chave: Espaço geográfico, ensino e aprendizagem, metodologias.

Resumo

O presente trabalho intitula-se “Tessituras metodológicas em práticas escolares mobilizadoras ao ensino de espaço geográfico: um estudo de caso da Escola Municipal Claro Lima, em Francisco Ayres (PI)”, desse modo se questiona: como as aulas de geografia ministradas no ensino fundamental II contribuem para a compreensão dos alunos acerca do espaço geográfico? As metodologias adotadas têm conseguido direcionar a uma aprendizagem reflexiva sobre o espaço geográfico? Com base nos expostos, para produção deste trabalho foram preconcebidos objetivos que potencializaram sua execução. Partindo dessa temática, o objetivo geral, assim esteve em: analisar o processo de ensino do espaço geográfico e as metodologias aplicadas no ensino fundamental II, na Escola Municipal Claro Lima em Francisco Ayres (PI). Para execução do objetivo geral, foram traçados os seguintes objetivos específicos: Conhecer o arcabouço teórico sobre espaço geográfico; compreender as perspectivas teórico-metodológicos para ensino de geografia; verificar as práticas escolares da professora de geografia e seus reflexos na aprendizagem sobre o espaço geográfico. A metodologia da pesquisa seguiu uma abordagem quanti-qualitativa, estando fundamentada e apoiada em autores da Geografia e publicações que corroboram essa temática e potencializam a importância da ciência geográfica, esse trabalho teve o embasamento teórico em autores como: Santos (2002, 2006, 2008), Corrêa (2007), Lefebvre (2001), Cavalcanti (2012) Callai (2001), Pinheiro (2015) dentre outros que formaram o conjunto dos autores pesquisados. Conseguinte, a pesquisa de campo foi realizada na escola elegida, constituída por entrevista semiestruturada junto à professora selecionada. Por fim, os resultados obtidos revelaram as práticas escolares da professora de geografia e suas orientações metodológicas, bem como demonstraram as fragilidades de tais metodologias na abordagem, discussão e reflexão do objeto de estudo da ciência geográfica: o espaço.

Publicado
2019-12-06
Edição
Seção
Conceitos e conteúdos no Ensino de Geografia