PROCESSOS FORMATIVOS DO ENSINO DE GEOGRAFIA: O TRABALHO DE CAMPO EM LAGOINHA E MORRO DA TORRE, MUNICÍPIO DE DUQUE DE CAXIAS, RJ.

  • Bruna da Silva Cavalcante Bosio
  • Ana Maria Marques Santos
Palavras-chave: Ensino de Geografia; Formação de Professores; Trabalho de Campo

Resumo

Este trabalho se propõe a avançar no debate formativo sobre o potencial do trabalho de campo no ensino de geografia. O lócus da pesquisa teve sua origem nas experiências das propostas de estágios supervisionados. A partir de grupos de trabalhos, realizados por estudantes em formação, se realizou a escolha do lugar, pelo lugar de vivência dos alunos do ensino fundamental, segundo segmento, do Colégio Estadual Irineu Marinho, localizado no bairro do Centenário, Duque de Caxias, RJ. Tendo como metodologia, a busca de um olhar geográfico, que pudesse desvelar e descobrir possíveis potenciais do lugar, desenvolvemos o trabalho de campo, para o ensino da disciplina de Geografia, de forma ampliada a uma geografia crítica da cidade-lugar-território. O trabalho foi realizado no período de dois semestres e envolveu estudantes em formação no curso de geografia, incluindo esta pesquisadora sob orientação. Propusemos-nos a pensar os lugares e suas geografias, e que estas podem ser usadas para um ensino de geografia escolar mais encarnado e potente em sua inscrição social. O lugar de vivência dos alunos pode ter potencial para tornar o ensino-aprendizagem de geografia mais significativa, acessível e contextualizada, para os estudantes. O Bairro de Lagoinha é uma localidade do bairro do Centenário, Duque de Caxias, RJ, que assim se denomina, porque nele existia uma lagoa. Segundo os relatos de campo, de moradores, as crianças tomavam banho e se divertiam. O Morro da Torre fica próximo da Lagoinha, nesse lugar é possível ter uma visão de toda Bacia hidrográfica da Baía de Guanabara, RJ. Atualmente, dada a atual urbanização, a lagoa não existe, e no lugar, a prefeitura fez uma praça. Entretanto, é possível identificar sua formação geomorfológica. Nessa direção, os conceitos de Lugar (NEVES, 2010), Paisagem (NEVES, 2010), Espaço (SANTOS, 2012) e Região (Região Metropolitana do Rio de Janeiro), foram nossos nortes nesse estudo, assim como os temas: Relevo, Ilhas de Calor, Bacia Hidrográfica,Urbanização e Localização. Nesse contexto, objetivamos referendar o trabalho de campo em si e por si, guardas suas metodologias que o encaminhem para um educar do olhar (GUEDIN & FRANCO, 2008), um sentido de ver a geografia no lugar de vivência dos seus, sejam eles estudantes, professores, moradores, conduzindo-os a um lugar de vivência dos conteúdos, conceitos e temas geográficos. Enfim, conduzindo-os à vida.

Publicado
2019-12-09
Edição
Seção
Saberes e Práticas no Ensino de Geografia Infantil e Anos Iniciais do Ens. Fund.